31/07/2014

MICHAEL FASSBENDER, NENHUM MOTIVO, APENAS O FETICHE


ADORO PRATOS BASEADOS EM FILMES



POR ONDE ANDA ESSE FILME?


Um dos melhores filmes da década de 1990, e eu acho que nunca ganhou um dvd br, ainda estou procurando por ele. O vhs era complicado, mas existia. VELVET GOLDMINE é de 1998, tem Ewan McGregor, Christian Bale e Jonathan Rhys Meyers, e são todos gays no filme.
A trama se passa na década de 1970 e também na década de 1980. Jonathan é Brian Slade, um roqueiro do tipo David Bowie super exagerado (o filme chegou a ser indicado ao Oscar de melhor figurino). Shows exagerados, roupas exageradas e uma vida cheia de exageros, os fãs vão à loucura, mas Brian se cansou de tudo isso depois de algum tempo. Para poder deixar o palco com dignidade, ele forjou sua própria morte. Mas a farsa foi descoberta e sua carreira foi parar no fundo do poço.
Na década seguinte, encontramos Arthur (Christian Bale) um jornalista que trabalha em niuiorqui. O patrão lhe pediu para escrever uma matéria sobre a ''morte'' de Brian. Quando era mais novo, Arthur era fã de Slade. Descobriu sua homossexualidade ao ver uma foto de Brian beijando seu namorado Curt (Ewan McGregor). 
O filme mostra o passado e o presente ao mesmo tempo (com jeitão de video clip), acompanhamos as maluquices de Brian e também a investigação de Arthur, que não consegue encontrar seu ídolo em parte alguma. Mas aí pinta uma revelação no final.
O filme já ganhou até um blu-ray, ele tá caro (é importado) e eu tenho que fazer uma encomenda, às vezes tenho dificuldades com o inglês britânico (é LeviOsa, e não LevioSA) vou deixar pra lá.

TRAILER - INTO THE WOODS

TRAILER - BOB ESPONJA: UM HERÓI FORA D'ÁGUA

TRAILER - HORNS

Celebridades que são assumidamente gays, alguém vai pegar você de surpresa?

FUCK YEAH! BIG BEN



30/07/2014

MEU PAI NÃO TEM ESSE CORPINHO

 HUGH JACKMAN
atendendo a pedidos do ano passado




















ABUSO DE MAIORES


E aí, o meu pai me disse que um amigo dele tinha uma cadela que estava no cio naquele momento. Colocamos nosso cão no carro e o levamos até lá. Eu já estava pensando nos filhotinhos, mas quando a gente chegou, eu só conseguia pensar em sexo.
O amigo do meu pai parecia o Tom fucking Magnum Selleck (sim, eu tive um momento Monica Geller). Quando ele me cumprimentou e sorriu, meu radar disparou, já vi esse sorriso antes, ele gostou de mim. Deixamos os dogs brincando no quintal e entramos na casa. Meu pai não queria ficar lá, ele queria ir até a taberna no Moe, ele bebia muito naquela época. Mas eu disse que queria ficar com o cachorro, e o Tom Selleck disse pro meu pai que nós poderíamos ver um filme enquanto os cães estão, bem, se conhecendo melhor.
Meu pai pegou o carro e se mandou. Me sentei no sofá e o Tom colocou uma fita no vídeo. Ah não, ''Gandhi''??? Quem é que tem paciência para Gandhi?
Tudo bem, não precisamos ver o filme. Daqui a pouco a gente vai estar se agarrando neste sofá. Longos minutos se passaram, e ele não havia feito nenhuma investida. Eu estava muito nervoso, ele devia ser trinta anos mais velho que eu e era eu quem deveria fazer todo o trabalho? Eu tenho que seduzir a senhora Robinson? E ele era uma senhora Robinson muito tímida. Estava na hora de diminuir o espaço entre nós no sofá. Abri as pernas, mas ainda faltavam alguns malditos centímetros para que nossos joelhos se tocassem.
Ok, próximo movimento. Uma espreguiçada. Um braço pra lá, uma torcida no pescoço e uma coçadinha nas partes íntimas. Tudo bem, isso faz parte de uma espreguiçada básica do indivíduo masculino, é normal. Pelo canto do olho vi que ele seguiu meus movimentos, mas, voltou sua atenção para o filme.
Isso vai levar o dia todo. Tenho quinze anos, quase um idoso, não posso esperar tanto. Certo, se ele não quer nada, fazer o quê? Voltei minha atenção para o filme e ...
Opa, por quanto tempo eu dormi? Respirei fundo, me espreguicei, de verdade, e dei uma coçadinha lá na região, de verdade, nem notei que havia feito isso.
Mas ele notou.
- Coçando muito?
- É ... estão crescendo alguns pelinhos, eu disse.
- Posso ver? - ele perguntou.
Antes que eu fizesse algum movimento, meu pai apareceu. Esta é a história da minha vida, ele sempre aparece na hora errada. Essa foi a primeira vez, a última foi no ano passado (2013). 
- Vamos embora - ele disse
- Eu quero ver o resto do filme - eu disse.
Sem chances.
A cadela não engravidou, os dogs não fizeram nada (ninguém se divertiu naquele dia). Eu queria voltar pra lá, e dizia pro meu pai pra ele dar outra chance pro casal. E ele dizia que o amigo havia se enganado, a cadela não estava no cio afinal.
Foda-se a cadela, eu vou te mostrar quem é que está no cio!
Não consegui pensar em outras desculpas e nunca mais voltei pra casa do Magnum. Eu poderia fazer uma tentativa hoje, poderia conseguir o nome e o endereço mas, caramba, será que ele ainda tá vivo?