25/10/2014

TAMANHO DOCUMENTO TAMANHO


E aí o site wetpaint resolveu fazer uma lista dos caras mais bem dotados de Hollywood. Passei os olhos pela lista e não entendi nada. Já pensei em fazer algo parecido no blog, mas dá pra confiar em fofocas?
Eis a lista:

David Beckham (segundo sua esposa).
Michael Fassbender (todos nós já sabemos).
Vinny Guadagnino (segundo uma amiga).
Steve McQueen (segundo uma ex esposa).
Willem Dafoe (segundo o diretor Lars Von Trier. Hum, a Madonna nunca mencionou isso e ela mencionaria numa boa).
Daniel Craig (já o vimos, não impressiona. Pelo menos não no estado de repouso. Quem sabe depois de uma tosa...).
Owen Wilson (segundo uma foto com cueca molhada. Passou pelo blog em 2008).
Liam Neeson (nenhuma novidade).
Ewan McGregor (idem).
Colin Farrell (idem).
Jared Leto (idem).

Senti falta do Christopher Meloni, do Tom Cruise, do Justin Theroux, do Billy Crudup e do Jon Hamm.

DÊ UMA CHANCE PARA ...


IDIOCRACY é uma das comédias mais inteligentes que já vi e está na lista dos meus filmes favoritos. Essa comédia de 2006 está cheia de easter eggs, é preciso dar um pause em alguns momentos, cada vez que assisto descubro algo diferente. O filme perde um pouco da graça quando fazemos uma comparação com a vida real e percebemos que o futuro apresentado no filme não é tão fantasioso assim. Nada de máquinas inteligentes dominando a Terra, eu acredito que o futuro da humanidade está neste filme. E isso é um pensamento preocupante.
Luke Wilson, sempre bonitão, topa fazer parte de um experimento militar altamente secreto. Ele será congelado por 1 ano. Mas aí surge um problema e o projeto é esquecido. Luke desperta 500 anos no futuro, em 2505. Durante sua hibernação, o mundo mudou bastante.
Pesquisas revelaram que o filme tem razão, a raça humana está ficando cada vez mais idiota. Como é explicado no começo do filme, casais inteligentes não costumam ter filhos, e casais com um QI abaixo da média fazem filhos o tempo todo. A inteligência está em extinção, e isso JÁ começou.
Em 2505, Luke é o homem mais inteligente do mundo. As pessoas estão passando fome porque usam ''gatorade'' para irrigar as lavouras, a água é usada apenas em privadas. Não existem mais letras e números nos teclados, os computadores usam ícones e botões com desenhos para facilitar a vida do povo. O Starbucks, o Google e o Sedex se tornaram empresas que vendem sexo. Um filme que mostra apenas uma bunda na tela, e nada mais, ganhou oito Oscars (incluindo o de melhor roteiro). No telejornal, os âncoras estão semi nus, e tem um outdoor de cigarro super provocante nas ruas. A lista é enorme, há sempre algo novo para se descobrir neste filme.
Luke resolve ajudar todo mundo mas precisa ter muita paciência, o inglês mudou, está bem preguiçoso, e seu jeito de falar faz ele ser chamado de ''gay''. O final revela que a História também mudou, dinossauros americanos da ONU derrotaram os dinos nazistas e por aí vai. 
Escrito e dirigido por Mike Judge, o filme pode ser engraçado, mas tem um pé na dura realidade, é uma tragicomédia com uma mensagem. 
Responda rápido, quando foi a última vez que você fez uma conta sem usar uma calculadora?

FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: idiocracy
ANO: 2006
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 84 min
DIRETOR: Mike Judge
ELENCO: Luke Wilson, Maya Rudolph e Dax Shepard.

24/10/2014

ENTÃO TÁ


NO SET

Jonathan Groff e Russell Tovey
Looking segunda temporada

blu-ray - ELA


E não é que o filme levou mesmo o Oscar de melhor roteiro original? E também um Globo de ouro. Esse foi um dos melhores filmes que vi este ano. A trama não é 100% original, mas a apresentação faz toda a diferença. O filme é um romance bem açucarado, você já viu algo parecido, e a cereja do sundae é a Scarlett Johansson, uma mulher artificial. Todas as vantagens e complicações que podem pintar a partir de um relacionamento deste tipo são exploradas pelo filme. E ainda tem um Chris Pratt fofinho no elenco.


Os extras do blu usam o filme como ponto de partida para discutir relacionamentos modernos. Investem mais no roteiro do que na produção. Bom, tirando alguns efeitos especiais que não são exatamente de ponta, que tipo de making of você gostaria de ver? O filme é ''apenas'' um romance. Disponível também em dvd.

blu-ray - NO LIMITE DO AMANHÃ


Já fazia um tempão que eu não via um filme legal do Tom Cruise, além de ''M:I 4'' é claro. Ele voltou para o gênero sci-fi com tudo. O filme faz a gente se lembrar do Bill Murray e da marmota, mas há uma boa explicação para os eventos que vivem se repetindo. É uma sci-fi cerebral e você pode perder alguma coisa se não ficar atento. Ou pode ficar perdido após a cena final.


O blu simples traz vários making ofs divididos em categorias, como figurinos e a produção da sequência na praia, além de cenas deletadas e uma cópia digital. O filme está disponível em dvd e em blu3D também. O blu3D vem numa luva, com um poster diferente, em 3D. Eu gostei do poster do blu, esses exo trajes passam a impressão de que estou comprando um jogo de video game meio Gears of War e afins.

em cartaz - DRÁCULA, A HISTÓRIA NUNCA CONTADA


E que história nunca contada é essa? Já vimos filmes baseados no livro e filmes baseados nos fatos que serviram de fonte para o livro. Ou seja, tem o conde Drácula e o príncipe Vlad, o empalador. Neste filme, temos ambos. Não é exatamente uma ''história nunca contada'', nem de longe. Em todos os filmes que já vi sobre o príncipe Vlad, o cara está sempre empalando os inimigos da maneira errada (a maneira correta é forte demais para qualquer filme?). E como temos os dois alter egos do cara neste filme, um deles não combina muito com o outro, uma vez que Vlad é o mocinho do filme. E aí pinta o mocinho, um marido exemplar, um pai bacana, empalando todo mundo. Essa escuridão que vive dentro do cara não foi muito explorada, hey, são três roteiristas e apenas 92 minutos, o filme não tem muita história para contar, ele se preocupa mais com a ação, porém ...


- Vamos começar uma guerra. Mas tem que ser durante a noite.


Luke Evans é o príncipe Vlad, o senhor da Transilvânia. Ele é temido por muitos mas prefere negociar com os turcos e evitar uma guerra. E aí, o sultão Dominic Cooper, pede para que Vlad lhe entregue mil meninos porque seu exército precisa de novos soldados. O cara também quer o filho do príncipe. Desesperado, Vlad faz um pacto com um tipo Voldemort que vive numa caverna. O estranho ser lhe dará super poderes vampirescos por 3 dias. Durante esse tempo, ele não pode beber sangue humano, se fizer isso vira vampiro para sempre. Como aspirante a vampiro, Vlad não pode sair durante o dia, o sol pode matá-lo. Para sua sorte, os turcos só atacam durante a noite (?!?), e assim Vlad consegue derrotar mais de mil homens sozinho. E você vai ter que se sentar na última fileira de poltronas do cinema para poder distinguir alguma coisa na tela. A câmera se move demais durante as cenas de luta, e o filme é muito escuro, difícil dizer o que está acontecendo. Valeu a pena pela batalha final (tem um pouco mais de luz ambiente), o clímax é bobinho e o final tenta ser romântico. Não é tão ruim quanto o Frankenstein do Aaron Eckhart que abriu o ano, é um filme assistível, mas não vai mudar a sua vida... espere pelo dvd.














FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: Dracula untold
ANO: 2014
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 92 min
DIRETOR: Gary Shore
ELENCO: Luke Evans, Dominic Cooper e Sarah Gadon
DATA DE ESTREIA NO BRASIL: 23 de outubro
VEJA TAMBÉM: Anjos da noite a rebelião.
 

23/10/2014

ENQUANTO ISSO ...

FELIZ ANIVERSÁRIO RYAN REYNOLDS

Hoje também é o aniversário dos diretores Ang Lee e Sam Raimi 
(e acho que tem também um leitor do blog)

CHEGOU !!!