21.12.14

POR ONDE ANDA ESSE FILME? (2014)


Já vai fazer um ano que FRANK estreou no festival de Sundance. O filme passou por vários festivais de cinema, até pelo Festival de cinema internacional do Rio de Janeiro, no final de setembro. E ele ainda não tem data para estrear em circuito nacional? O filme já ganhou um dvd e um blu lá fora, e até um box com cards. Acho que a gente só vai conferir esse filme em 2015, e em dvd. 
Qual é o problema? O problema é que o filme é muito esquisito e não é para todos os públicos? Ao longo de 2014, FRANK só recebeu boas críticas por onde passou, mas é complicado, estreou em poucas salas nos isteites e só teve temporadas completas na Europa. Ainda assim, está virando cult.
Na trama, um rapaz, que quer ser músico, entra para uma banda cujo líder usa uma cabeça de papel machê, praticamente o tempo todo. Parece que Michael Fassbender usa essa coisa durante todo o filme.
FRANK parece não estar preocupado com o Oscar, o filme passou por Los Angeles em junho, mas foi num festival de cinema. Segundo as regras do Oscar, o filme precisa estrear num cinema comercial de LA e deve ficar em cartaz por no mínimo sete dias. Logo, não somos os únicos a perguntar por onde anda esse filme.

FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: Frank
ANO: 2014
PAÍSES: reino unido, irlanda, eua
DURAÇÃO: 95 min
DIRETOR: Lenny Abrahamson
ELENCO: Michael Fassbender, Domhnall Gleeson e Maggie Gyllenhaal.

DIGA ''SIM'' ÀS DROGAS (2014)


Essa foi a minha primeira grande surpresa de 2014. Eu esperava por um filme mais pipoca, com lutas do tipo matrix, clichês e cenas do tipo ''mamãe quero ganhar um mtv movie awards''. Kit Jon Snow Harington está no elenco mas ele não fica tirando a camisa a cada 3 minutos. POMPEIA não é um filme pop, é um filme catástrofe, ok, tem uma história de amor tipo ''romance adolescente'' e ela deixa o filme meio bobo e meio lento. Mas o restante do filme é legal. Durante boa parte do tempo, POMPEIA fica se preocupando com o teor histórico, lembra um pouco o seriado Spartacus. Mas quando o vulcão explode, o filme exagera em tudo, só para criar cenas impressionantes, e os efeitos são ótimos. 
O tal romance poderia ter sido mais desenvolvido ou completamente esquecido, porque ele atrapalha um pouco no final. Chega a ser meio estranho ver o Jon Snow e o Kiefer Sutherland se matando, por causa de uma mulher, enquanto a cidade ao redor deles está desmoronando.
Ah, mas é um filme do Paul W.S. Anderson, eu gosto do cara, ele faz (escreve) coisas divertidas (tirando ''corrida mortal'' e ''os 3 mosqueteiros'' é claro).
POMPEIA já foi lançado em vídeo, mas apenas em blu3D e em dvd, por isso ainda não comprei o filme...
 












FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: pompeii
ANO: 2014
PAÍSES: eua, alemanha, canadá
DURAÇÃO: 105 min
DIRETOR: Paul WS Anderson
ELENCO: Kit Harington, Emily Browning, Carrie-Anne Moss e Kiefer Sutherland.

DÊ UMA CHANCE PARA ... (2014)


O filme é legal, tá cheio de ação, a trama não ofende ninguém, é sci-fi cerebral, mas apenas no final. Acho que NO LIMITE DO AMANHÃ não faturou muito porque o filme saiu caro, quase um Titanic, para ser considerado um sucesso o filme tem que faturar três vezes o custo da produção. Mas, caramba, o filme não tá se exibindo nos efeitos especiais, eles são necessários. E o diretor Doug Liman tem estilo, ele mudou a cara dos filmes de ação com a ''Identidade Bourne'' em 2002. 
Então, será que a gente pode botar a culpa no Tom Cruise?
Até ele concorda que seus últimos filmes foram uma droga. De ''Minority Report'' para cá, apenas ''Trovão Tropical'' e ''Missão impossível 4'' podem ser salvos. ''Oblivion'' também é uma sci-fi cabeça, mas o filme dá sono. O ''preconceito Cruise'' pode ser um problema, porém, o cara não tá massageando o ego neste filme, que, olha só, lembra um pouco o ''Minority Report'', logo, é assistível.
No meio de uma guerra entre humanos e aliens, Tom vai parar, contra sua vontade, num campo de batalha. No estilo dia D, ele desembarca numa praia e o massacre começa. O cara morre em cinco minutos e depois desperta no dia anterior. Ele vive o mesmo dia várias e várias vezes durante o filme. Depois de um tempo, o filme deixa de mostrar os detalhes para não ficar cansativo, se concentrando mais na Emily Blunt. A explicação para tudo isso é muito boa e eu adorei o jeitão ''vídeo game'' do filme. Muita gente deixou o ''preconceito Cruise'' de lado este ano, NO LIMITE DO AMANHÃ recebeu ótimas críticas.


FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: edge of tomorrow
ANO: 2014
PAÍSES: eua, austrália
DURAÇÃO: 113 min
DIRETOR: Doug Liman (jumper, sr e sra Smith, vamos nessa, a identidade Bourne)
ELENCO: Tom Cruise, Emily Blunt, Brendan Gleeson, Bill Paxton e Jonas Armstrong.

19.12.14

VOCÊ É TÃO FUCKING HOT, THOM EVANS







FUCK YEAH! CAVILL E UM AMIGUINHO


 

FELIZ ANIVERSÁRIO JAKE




blu-ray - ENTREVISTA COM O VAMPIRO


Eu estava com outro filme na mão e aí quando eu vi esse blu, wow, vou fazer uma troca, aquele outro filme fica para a próxima semana, não dá para voltar pra casa sem ENTREVISTA COM O VAMPIRO, um blu baratinho (40 mangos). Esse é um dos filmes que preciso trocar porque a caixa digipack está enchendo o dvd de fungos, é uma pena que o blu não traz o mesmo poster do dvd. Mas o blu tem extras, o dvd não. Um dos extras é um documentário de 24 minutos sobre vampiros, desde Nosferatu (1922) até os anos 1990. A autora Anne Rice também aparece, para falar sobre o assunto e sobre o filme.



- Quando crescer, vou trocar o Brad Pitt pelo Homem Aranha.


O filme começa com o Christian Slater entrevistando o vampiro Brad Pitt e blá blá blá não sou um humano há duzentos anos. Todo mundo já viu esse filme. E todo mundo ainda o vê, está em todo canto. Anne Rice mudou a cara dos vampiros, eles ganharam uma visão mais romântica, e ela também criou uma nova mitologia. Hoje você vê o Tom Cruise transformando o Brad Pitt em vampiro e logo pensa em ''True Blood'' ou em ''the vampire diaries''. A mesma fórmula ainda é usada. É claro que, nenhum clone jamais chegou aos pés deste filme, a produção é impecável, os diálogos e os figurinos. E tem tanta gente famosa no elenco. Homo-referências foram amenizadas para não chocar o público na época, mas agora, Anne Rice quer ver uma nova versão de ''a rainha dos condenados'' e não quer saber de homo censuras. O HD do blu não decepciona, mas poderia ser melhor.












FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: interview with vampire
ANO: 1994
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 123 min
DIRETOR: Neil Jordan
ELENCO: Brad Pitt, Tom Cruise, Antonio Banderas, Kirsten Dunst e Christian Slater
PRÊMIOS: indicado para 2 Oscars (direção de arte, trilha musical).

dvd - VIZINHOS


Passei a primeira metade do ano mostrando várias fotos do Zéquinha Efron semi nu no set, e nas primeiras imagens divulgadas, deste filme. Na minha opinião, VIZINHOS é o filme mais acidentalmente gay do ano. Temos o Zéquinha com pouca roupa, o bumbum delicioso do Dave Franco e até o Seth Rogen fica pelado. Tem para todos os gostos.


Não é nenhuma comédia original ou memorável, mas você vai dar uma espiada porque o filme adora exibir o Zéquinha. Na trama, Seth e sua esposa declaram guerra aos vizinhos, a casa ao lado se tornou a sede de uma fraternidade e os estudantes são muito barulhentos. Efron, Dave e os demais rapazes, fazem muitas brincadeiras de teor sexual, algumas homobrincadeiras que são heterossexualmente aceitas entre eles. Qualquer homocara ali no meio ficaria maluco.

dvd - O CONGRESSO FUTURISTA


Um dos filmes mais estranhos do ano, digo, é de 2013 mas só chegou por aqui em 2014. Assim como ''o teorema zero'', o filme O CONGRESSO FUTURISTA quer passar uma mensagem, mas ela não está muito clara. O filme usa várias cenas bizarras para distrair você, e não para explicar a trama. É um daqueles filmes cuja interpretação depende de você, cada um de nós vai tirar suas próprias conclusões.




A atriz Robin White topa ceder sua imagem para um estúdio que vai usá-la em várias produções no futuro (e assim, a atriz sempre será jovem). Ela não precisa mais trabalhar, muitas celebridades fizeram o mesmo, sua versão digital, na verdade um desenho animado, habita um mundo virtual cheio de gente famosa. Mas esse mundo é um paraíso apenas na fachada. Eu não vou dizer mais nada, fuja de qualquer sinopse e veja o filme com a mente aberta, vai ser uma experiência interessante.

em cartaz - OPERAÇÃO BIG HERO 6



O filme vai entrar em cartaz na semana que vem, eu tirei proveito dessa pré estreia porque, sendo uma animação, os horários são ótimos. Filmes em pré estreia costumam ser exibidos no começo da noite, pra mim isso é um problema, e o mais legal é que isso alivia um pouco a minha carga na próxima semana, um filme a menos para ver. E o natal é um péssimo dia para ver OPERAÇÃO BIG HERO 6. Esse filme não é para crianças pequenas, você vai encontrar muitos pais desavisados dentro do cinema. As crianças não entendem a trama e aí deixam de olhar para a tela e ficam correndo e gritando e aprontando dentro da sala e os pais não fazem nada a respeito (acho que no fim das contas eu não odeio crianças, eu odeio os pais cretinos). Outra coisa chata, a Disney recicla inúmeras fórmulas de sucesso nesse filme, há vários clichês, mas eles ainda funcionam e divertem, talvez você nem ligue para isso.


- Onde você vai colocar essa peça?


O filme se passa num futuro próximo, Hiro é um menino gênio que vive numa cidade que é uma mistura de São Francisco com Tóquio. Seu irmão mais velho, o cara é um gato (!!!), também gosta de criar coisas. Ele criou um robô enfermeiro chamado Baymax. Para poder estudar na mesma escola de nerds que seu irmão, Hiro cria micro robôs que fazem qualquer coisa (você já viu isso em vários filmes). Um incêndio tira a vida de seu irmão bonitão e ele perde os micro robôs também. Mais tarde, o garoto descobre que alguém está usando seus micro robôs, o cara faz o tipo super vilão. E aí Hiro decide adaptar o simpático Baymax, transformando-o num super herói. E com a ajuda dos amigos de escola de seu irmão, Hiro tenta descobrir quem é o vilão mascarado. A trama é previsível, a batalha final é longa (isso é bom), o filme é legal mas o roteiro não tá caprichado. É interessante no começo mas depois não sabe como lidar com a trama. O filme tem um jeitão de animê, mas apenas no visual, o que é uma pena. Big hero 6 tem potencial, só precisa de uma história mais desenvolvida, hey, é um filme de origem, uma continuação seria bem vinda.












FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: big hero 6
ANO: 2014
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 102 min
DIRETORES: Don Hall e Chris Williams
ELENCO DE VOZES: Ryan Potter, Scott Adsit e Jamie Chung
ESTREIA BR: 25 de dezembro
VEJA TAMBÉM: os incríveis, gigantes de aço.



Easter egg: quando Hiro entrar na delegacia de polícia, repare na foto do príncipe Hanz (frozen) num cartaz de ''procurado''.