16.2.19

chp apresenta


O REI LEÃO
EDIÇÃO ESPECIAL 


♬Nants ingonyama bagithi baba, sithi uhm ingonyama. Nants ingonyama bagithi baba, sithi uhm ingonyama. Ingonyama siyo nqoba. Ingonyama ingonyama nengw enamabala ♫

Ah, você sabe cantar isso sim. Até o estalo de língua no meio do ''nqoba''. O filme vai celebrar 25 anos este ano (em julho) e vai ganhar até um live action (também em julho). Eu bem que tava querendo uma desculpa pra fazer mais uma edição especial (costumava fazer várias por ano) e me deparei com o número 11111. É isso aí, essa é a minha postagem de número onze mil cento e onze, tinha que fazer algo diferente. Essa é a quarta vez que faço uma edição especial sobre um único filme, tem muita coisa pra se falar sobre os 25 anos do Rei. Bastidores, easter eggs, final alternativo. O filme surgiu no meio do ''renascimento'' da Disney e o estúdio não tinha muita fé nele. Se tornou um sucesso absurdo e tudo começou em 1988.




NÃO TEMOS UMA SELVA 
(o esboço do roteiro)


Linda Woolverton estava sobrecarregada. Ela estava escrevendo dois roteiros ao mesmo tempo, ''A bela e a Fera'' e ''King of the jungle''. Acabou investindo mais na ''Bela e a Fera''. O produtor Thomas Schumacher estava finalizando ''Bernardo e Bianca na terra dos cangurus'' e resolveu investir no filme ''King of the jungle'', porque ele acha os leões legais. Na trama, havia uma guerra entre leões e babuínos, os babuínos eram liderados por Scar (um babuíno do mal). E tinha um leopardo chamado Rafiki. Mais tarde, resolveram fazer uma guerra entre leões e mabecos (um cão selvagem africano), depois trocaram os mabecos por hienas (porque, na natureza, leões e hienas são inimigos naturais). Os mabecos foram reutilizados no seriado ''A guarda do leão'', em 2016. Não demorou muito, alguém fez a pergunta fatal: tem selva na África? O ''Jungle'' no título precisava ser removido.





Então tá, hienas. Scar, um leão sem bando, seria o líder das hienas. Seu braço direito era Chong. Essa hiena foi substituída pelo famoso trio Shenzi, Banzai e Ed. Chong foi trazida de volta em 2016, em ''Zootopia''. Scar queria roubar o trono de Mufasa, mas, para deixar a trama mais interessante, os dois se tornaram irmãos. Essa decisão surgiu após a criação dos personagens, é por isso que os dois são tão diferentes na aparência e na cor.




IRMÃO DO REI

Para o produtor Don Hahn, Scar e Mufasa não são irmãos de sangue. Um dos diretores disse que Scar e Mufasa foram criados juntos, desde filhotes. ''Scar'' é o apelido do leão, ele ganhou sua cicatriz quando era pequeno, foi arranhado por Mufasa. Havia também o leãozinho Meetoo, ou Mhe etu, amigo de Simba e Nala. Virou irmão de Nala mais tarde e ficou no caminho do estouro da manada. Simba foi até lá para salvá-lo, Mufasa também, e assim acabou morrendo. O pai de Nala também foi cortado do roteiro final, ele era o rei de outro bando de leões. Havia um gorila, amigo de Simba, que foi parar no jogo do filme, como chefe de fase.




Em 1992, Irene Mecchi finalizou o roteiro, ela criou uma dupla cômica, Timão e Pumba, amigos de Simba desde sempre (depois isso mudou) e o filme, com o fantasma do rei, passou a lembrar Hamlet, uma obra de Shakespeare, com pitadas de Bambi, e foi apelidado de ''Bamlet''.



 O PLÁGIO 

Mas o filme também lembrava, e muito, o clássico japonês ''Kimba, o leão branco''. Curiosamente, quando Matthew Broderick pegou o papel de Simba, ele achava que o filme seria uma versão americana de Kimba. Quando pintou a polêmica, a Disney apenas disse que tudo não passava de uma coincidência. 




 O ROTEIRO FINAL

Certo, Scar mata Mufasa e se livra de Simba. Agora ele é o rei, mas está apaixonado por Nala. Ela não retribui esse amor e é expulsa do bando, encontrando Simba mais tarde. Essa tensão sexual precisava ser cortada do roteiro.
Agora só tá faltando dar um jeito no final. Simba e Scar estão caindo no vazio. Scar se agarra numa árvore e se salva. Ele acha que Simba está morto e comemora. Mas sua árvore está em chamas e ele morre queimado. Isso é forte demais para crianças? 
Também precisamos de um mordomo inglês. O estúdio queria muito usar um mordomo inglês. Não deu certo com o Sebastião (A pequena sereia) e nem com o Iago (Aladdin). Rowan Atkinson (o Mr Bean) deu sua voz a Zazu.



James Earl Jones e Madge Sinclair ficaram com as vozes de Mufasa e Sarabi. É engraçado que, no filme ''Um príncipe em Nova York'' (1988), eles eram rei e rainha também. ''O rei leão'' foi o último filme de Madge, que faleceu em 1995. James não se deu muito bem cantando (Darth Vader cantando?), então a canção ''to be king'' foi cortada do filme. Agora, vamos para a África, tá na hora de aprender a desenhar leões.



CORES E MODELOS

Animadores visitaram zoológicos para estudarem os movimentos dos animais. Uma equipe foi até a África para pegar as cores da paisagem africana, entre eles estava o Chris Sanders, criador de ''Lilo e Stitch'', que também contribuiu para a história (por incrível que pareça, a história teve 27 escritores e foi transformada em filme por 3 roteiristas). Muita gente, mas eles não eram o time principal da Disney.





TURMA DO FUNDÃO

A Disney tava tentando botar ordem na casa. Eles queriam lançar um longa animado por ano, mas cada filme leva uns 3 anos para ficar pronto. O estúdio estava investindo pesado em ''Pocahontas''. Eles acreditavam que o filme poderia ganhar uma indicação ao Oscar de melhor filme, como aconteceu com ''A bela e a fera''. Mas ''Pocahontas'' só ficaria pronto em 1995. O que eles lançariam em 1994? Foi assim que ''O rei leão'' caiu nas mãos do ''Time B''. A função do Time B era lançar um longa animado que iria entreter o público até o lançamento de ''Pocahontas'' (produzido pelo Time A), porque, desde ''A pequena sereia'', ficou claro que as pessoas queriam ver mais filmes com seres humanos, e não com bichinhos falantes.




O Time B resolveu levar a coisa pro lado pessoal e decidiram fazer um filme inesquecível. Ou melhor, dois filmes em três anos. Enquanto os animadores cuidavam dos desenhos feitos a mão, outra equipe cuidava da sequência do estouro da manada de gnus. Um programa de computador foi criado, ele fazia os animais correrem, evitando colisões. Toda a sequência do estouro da manada levou 3 anos para ficar pronta (!!!!!).



 SAINDO DO FORNO


Legal, o filme tá nos trilhos. Elton John escreveu uma balada romântica, ''Can you feel the love tonight'', que seria cantada pelo Timão e pelo Pumba. A canção chegou a ser retirada do filme e o cantor insistiu na volta dela. No fim, ela rendeu um Oscar.
Em novembro de 1993, a Disney soltou o trailer do filme nas sessões de ''Os 3 mosqueteiros''. E não foi um trailer qualquer porque o filme não estava 100% pronto. O tal trailer era na verdade a sequência de abertura, com a canção ''Circle of life''. Isso deixou o público maluco. Gerou altas expectativas. E agora? Será que o filme finalizado vai agradar a todos?



O REI DO CINEMA

O filme foi lançado em junho (julho no br). O 32º desenho da Disney se tornou a maior bilheteria de 1994. E também, o longa animado de maior bilheteria da História (esse título ele perdeu para ''Toy Story 3'' em 2010). No ano seguinte, o filme levou o Globo de ouro de melhor filme, musical ou comédia, e dois Oscars, canção e trilha (4 indicações no total, outras duas canções foram indicadas). O vhs se tornou a fita mais vendida da História, foram mais de 55 milhões de cópias.
O filme virou musical, da Broadway, em 1997 e levou 6 Tony Awards. Eu vi o ''Rei leão'' na tela grande em 1994. Antes do filme começar, foi exibido o curta de 1952 ''Lambert, o leão covarde'' (hoje rebatizado, e redublado, como ''Cordeiro, o leão medroso''), bem sombrio, mas fofo.



PODEMOS FALAR SOBRE POCAHONTAS?

Se o povão gostou do leãozinho ... wow, eles vão amar a Pocahontas. O filme resolveu seguir os passos do rei. No trailer, temos na verdade, uma sequência musical tirada do filme. No caso, ''Colors of the wind''. Maaaas, as maiores reclamações foram: clima adulto demais e alterações feitas na história original. Lembre-se do famoso mantra: ''Hollywood foi feita para entreter, e não para ensinar História''. Caramba, Pocahontas era uma criança quando conheceu John Smith (11 ou 12 anos), você gostaria de ver isso no filme? 
O filme foi lançado no dia 23 de junho de 1995, no aniversário de 400 anos da verdadeira Pocahontas. Foi o primeiro filme da Disney a trazer um romance inter racial. Ganhou boas críticas na época, de adultos apenas, teve uma boa bilheteria (4ª posição em 1995, perdendo para ''Apollo 13'', ''Batman eternamente'' e ''Toy story''), levou dois Oscars, a moça entrou para a lista oficial de princesas e o pet dela foi parar em ''Guardiões da galáxia'' (brincadeira). O Time A fez (quase) tudo direitinho.




 CURIOSIDADES DO REI

E vamos começar falando sobre sexo. Rola sexo no filme, já viu a cara de safada da Nala após lamber o Simba? E tem também as famosas letras no vento. Isso era real, mas as letras eram SFX, uma abreviação de ''efeitos especiais'' em inglês. Mas o povo só lia ''sexo''. Então, em 2003, a Disney removeu todas as letras da cena.
Muitos nomes estão em swahili. Simba quer dizer Leão. Sarabi significa Miragem. Rafiki é amigo e Pumba é tolo/simplório. Ainda tá olhando pro céu? Legal. Procure pela constelação de Leão quando Mufasa diz pro filho que um dia ele também estará no céu como estrela. Estrelas formam o rosto de Mufasa quando Simba olha para cima, no final, antes do rugido.
A mãe de Nala se chama Sarafina, tá nos créditos.
A canção ''The morning report'' deixou a Broadway e foi parar no filme quando saiu o dvd. Mais tarde, Zazu ganhou outras canções em vídeos feitos por fãs. No filme ele deveria cantar ''Supercalifragilisticoespialidoso'' (de Mary Poppins) para o Scar, mas mudaram para ''It's a small world''. Vídeos onde Zazu canta ''Let it go'', e outras canções pro Scar, se tornaram virais. No final do filme, antes do rugido do Simba, o bico de Zazu se mexe e ele não diz nada, alguém se esqueceu de colocar a fala ''vossa majestade'' no filme.
''O rei leão'' é o terceiro filme da Disney onde não vemos nenhum ser humano na tela. O primeiro foi Bambi (1942) e depois veio Robin Hood (1973).




Em 2011, na edição diamante (blu-ray), alguém removeu as nuvens, que formavam o espírito de Mufasa, por acidente (no momento em que Simba corre em sua direção). Isso só foi corrigido numa nova edição em 2017.
Aff, o filme tá cheio de erros. Simba ganha e perde bigodes o tempo todo. O número de listras no Timão também vive mudando. Simba e Mufasa observam o nascer do sol (leste) e depois Simba pergunta sobre o ''lugar escuro'' (no sul), mas Scar lhe diz que o cemitério de elefantes fica além da fronteira norte. O rio também muda de posição em relação à pedra do rei.
Tem 3 Mickeys escondidos no filme, procure-os.



 CONTINUAÇÕES E AFINS

Em 1998 pintou a primeira sequência, direto em vhs. O segundo filme também se baseou numa peça de Shakespeare, nesse caso Romeu e Julieta. A filha de Simba, Kiara, se envolve com o filho de Scar. Caramba, se você levar em conta o modo de vida dos leões de verdade, só dá incesto e adultério nos filmes da Disney. Em 1995, Timão e Pumba ganharam um seriado de tv que durou 5 temporadas. Em 2004 veio o terceiro filme, o ''1 1/2'' (aqui no Brasil é ''3''), onde vemos a origem da dupla. O filme é muito legal e tem um homoconteúdo secreto. 




Em 2015 veio o filme, para a tv, ''A guarda do leão, um novo rugido'', onde conhecemos Kion, filho de Simba. Kiara aparece bem jovem no filme, logo, tem muita gente chata, desde então, se perguntando: por que o Kion não foi visto em ''Rei leão 2''? O filme deu origem a um seriado de tv no ano seguinte. E o seriado quase ganhou um spin of, no mesmo ano, com Timão e Pumba, mas o projeto não vingou.
Este ano vamos conferir mais um ''live action da Disney que ninguém pediu''. Acho que o estúdio só vai parar com a mania dos live actions quando o live action de ''Frozen 3'' encostar na estreia do próprio ''Frozen 3''.



NÃO ESTOU GORDO, ESTOU EM 3D

Em 2011, o filme original voltou aos cinemas num 3D bem tosco. Na verdade, um 2D e meio. O estúdio queria relançar todos os filmes nesse formato. ''A bela e a fera 3D'' chegou em 2012. ''A pequena sereia'' seria o próximo, em 2013, mas a Disney desistiu da ideia.



E, PRA FINALIZAR, SENDO CRUEL ...



15.2.19

É RAPIDINHO


OSCAR

A ACADEMIA ESTÁ DESESPERADA POR AUDIÊNCIA
PARA DEIXAR A ENTREGA MAIS DINÂMICA
QUATRO PRÊMIOS
(maquiagem, edição, fotografia e curta metragem)
SERÃO ENTREGUES NOS INTERVALOS COMERCIAIS

A GENTE NÃO VAI VER NADA

MUITOS FAMOSOS ESTÃO PROTESTANDO
(Atualizando, o Oscar voltou atrás, de novo)


REMAKE

JASON MOMOA
VAI ESTAR EM 
''DUNA''
 COM JOSH BROLIN


CONTINUAÇÃO

AQUAMAN 2 FOI CONFIRMADO

 E SPIN OFFS DE
''AQUAMAN''
TAMBÉM


DC

O CORINGA DO 
JARED LETO
NUNCA MAIS VAI VOLTAR

E ARLEQUINA NÃO VAI ESTAR EM
''ESQUADRÃO SUICIDA 2''

 BEN AFFLECK CONFIRMA
ELE NÃO É MAIS O BATMAN

ROBERT PATTINSON
SERÁ O BATMAN AGORA?
 O NOVO BATMAN DEVERÁ CHEGAR EM
2021


GUERRA DOS TRAILERS

PARECE QUE A DISNEY SOLTOU O TRAILER DE
 ''FROZEN 2''
(já bateu o recorde de visualizações)
ANTES DO TEMPO 
PORQUE O POVO RECEBEU MUITO MAL O TRAILER DE
''ALADDIN''


SPIN OFFS

VEM AÍ OS DERIVADOS DE
''BOB ESPONJA''


MAIS REMAKES

OCTAVIA SPENCER
 VAI ESTAR NA NOVA VERSÃO DE
''CONVENÇÃO DAS BRUXAS''


VERSÃO AMERICANA

MARC WEBB VAI DIRIGIR
O REMAKE DO ANIME
''YOUR NAME''


NICKELODEON

ELES QUEREM FAZER UMA NOVA SÉRIE ANIMADA DE 
''STAR TREK''
E OUTRA DE 
''PADDINGTON''


MAIS REMAKE

DANIEL RADCLIFFE
 ACREDITA QUE OS FILMES DE 
HARRY POTTER
VÃO GANHAR NOVAS VERSÕES ALGUM DIA

 DANNY SERÁ O NOVO WOLVERINE?
NÃO
MAS O CARA TÁ SE DIVERTINDO COM A IDEIA


OUTROS REMAKES

''GUERREIROS DE FOGO''
 FOI PRA GAVETA
NINGUÉM MAIS QUER TRABALHAR COM
BRYAN SINGER


 PRÓXIMO LIVE ACTION DA DISNEY

''O ESTRANHO MUNDO DE JACK''
espero que seja fake news


THE WALKING DEAD

DANAI GURIRA
VAI DEIXAR O SERIADO


CHP

TÔ FAZENDO UMA NOVA EDIÇÃO ESPECIAL

em cartaz - ALITA, ANJO DE COMBATE


Essa não. Mais uma adaptação americana de uma obra japonesa, quando isso já deu certo? Ainda temos pesadelos com o ''Ghost in the shell'' da Scarlett Johansson. Bom, parece que o James Cameron (roteiro) e o Robert Rodriguez (direção) estavam com medo de serem agredidos nas ruas. ALITA é uma versão absurdamente fiel do anime de 1993. Com poucas alterações, ou seja, eu já conhecia o filme todo, tá tudo tudo tudo lá. Só não é tããão violento. Fãs de animes barra mangás não vão reclamar, mas, o filme tem aquele típico roteiro complexo de mangás que afugenta os ocidentais leigos (lembra de ''Final Fantasy'' em 2000?).




Após uma grande guerra, a cidade flutuante de Zalem, no século XXVI, se torna a única cidade flutuante no mundo. Lá se vive bem. De vez em quando, o lixo da cidade é despejado lá do alto, e uma outra cidade nasceu ao redor desse lixão. Ali vivem os mais pobres, mas todos eles trabalham para fornecer recursos para Zalem, ancorada logo acima. Christoph Waltz é o dr Ido. Ele encontra a cabeça de uma ciborgue no lixão e descobre que ela ainda está viva. Ela ganha um novo corpo e o nome de Alita. Ela não tem nenhuma lembrança de sua vida anterior. Mais tarde, Ido descobre que ela é uma ótima lutadora. E tem gente, em Zalem, de olho nela.
O filme tem efeitos especiais incríveis, pena que, em alguns momentos, eles causam um certo cansaço por conta do exagero. O filme também pede por uma continuação, porém, para isso, vai ter que conseguir uma boa bilheteria nos próximos dias.


FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: alita battle angel
ANO: 2019
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 2h 2min
DIRETOR: Robert Rodriguez
ELENCO: Rosa Salazar, Christoph Waltz, Jennifer Connelly, Mahershala Ali, Ed Skrein e Keean Johnson
ESTREIA BR: 14 de fevereiro



13.2.19

FUCK YEAH, CHARLIE BARNETT!

 BONECA RUSSA (2019)


THE HAPPY SAD (2013)
 

FUCK YEAH, FLASHBACK!

MICHAEL B. JORDAN (2015)
 

PRIMEIRA IMPRESSÃO

BATMAN VS TARTARUGAS NINJA
 

FUCK YEAH, SAM SMITH NO INSTAGRAM!

Ele não tá satisfeito com o próprio corpo, que bobagem.
 💛

trailer - TOLKIEN

trailer - FROZEN 2

netflix - BONECA RUSSA


Tá certo, não dá para falar de BONECA RUSSA sem mencionar o clássico ''Feitiço do tempo'', esse filme de 1993 gera clones até hoje. Mas o seriado da netflix consegue trazer algo novo, chega cheio de segredos como Lost, tem humor negro e uma lição de moral no final.
Nadia (Natasha Lyonne faz a série valer a pena) está completando 36 anos. Ela está no banheiro, no ap de uma amiga, e tá rolando a maior festa por conta de seu aniversário. Ao sair de sua própria festa, ela é atropelada por um carro. No segundo seguinte, ela volta pro banheiro. Ela revive sempre o mesmo dia, e os mesmos eventos, que sempre termina com sua morte em algum lugar. Às vezes ela consegue durar algumas horas a mais, mas a morte sempre chega e ela ressurge no banheiro.
Então ela começa a tentar entender o que a prende nesse ciclo e o que ela pode fazer para sair dele. Ela se depara com muitas coisas inexplicáveis, o seriado revela seus segredos sem pressa, segurando você até o oitavo e último episódio.
''Boneca russa'' é uma prova de que o filme de 1993 ainda pode render ótimos enredos.