29.11.16

DIGA ''SIM'' ÀS DROGAS


Comprei um box com os quatro filmes do Indiana Jones em blu-ray. Uma caixa horrível, nem chega aos pés daquela belíssima caixa de dvds com a (até então) trilogia, lançada em 2003. O novo box nem sequer tem extras.
Fizemos uma maratona aqui em casa e quando REINO DA CAVEIRA DE CRISTAL terminou, o Anselmo perguntou: por que o povo odeia esse filme? 
Boa pergunta.

Sei lá, eu acho que alienígenas (ou, seres de outra dimensão, se preferir) não combinam muito com o mundo do Indiana. O filme faz o tipo ''eram os deuses astronautas?'', algo que já saiu de moda, o autor do livro é realmente maluco, vamos deixar isso pra lá. Se fosse apenas uma suposição e ficasse apenas na suposição, um mistério pairando no ar lá no final do filme, aí tudo bem. Mas eles mostraram os aliens e o maldito disco voador. Isso não parece um Indiana Jones, mas daria um ótimo ''Arquivo X, o filme''.

Ok, o filme comete alguns pecados lá no final. Porém, não se pode ignorar o restante da produção. Esse filme traz algo que não se vê todo dia. O pessoal estava morrendo de medo de decepcionar os fãs, logo, o filme foi pré fabricado, ele precisa satisfazer os fãs, nos mínimos detalhes.
 
E aí entra a receita para se fazer um Indiana Jones com o DNA da franquia.

Spielberg na direção.
História de George Lucas.
Trilha de John Williams, sempre presente, e com o famoso tema musical.
Harrison Ford e Karen Allen.
Uma estátua pro Denholm Elliott (falecido em 1992) e um retrato do Sean Connery.
Um bicho nojento, formigas carnívoras desta vez.
O mapa e o aviãozinho.
E, acima de tudo, o mesmo iluminador que trabalhou nos filmes anteriores. Usando os mesmos recursos dos anos 1980, ele deixou o filme com cara de anos 1980. Foi um toque genial.
Bônus: Harrison Ford imita Han Solo em um determinado momento.
Fora isso tudo, ainda temos o ''garoto de ouro'' de Steven Spielberg, Shia LaBeouf. Se o tal garoto de ouro $%#& a si mesmo algum tempo depois, não é culpa do filme. Ele foi feito para os fãs, agradou alguns poucos fãs, e a maioria dos fãs detestou (tipo assim: mataram minha infância), quem explica isso?
 












1 comentário:

Ribeiro Neto disse...

Tem uma edição com 5 discos recheado de extras em digipack. se procurar acha em algumas lojas.