13.7.16

TELA FRIA


Olha, a respeito desse tal ''momento histórico na tv brasileira'', eu já havia dito que não seria nada de mais. E, baralho, não foi nada mesmo (!!!). E agora, metade do país tá reclamando daquela cena. Reclamando do quê exatamente? Eu não vi nada, ninguém viu borra nenhuma. Aquilo é sexo gay? Você acha que é sexo gay? Me diga, Charlotte, você ainda quer ser freira?
Em todo caso, foi um passo, um passo beeeem pequeno. Pouca coisa, tarde da noite. Nesse ritmo, veremos ''Praia do futuro'', sem cortes, na Tela Quente em 2089. Mas você não vai conseguir ver nada porque a sua HoloTv não é compatível com filmes antigos.

Rapaz, expectativa versus coito interrompido. Pra isso eu tenho uma cura:


Days of our lives

True blood

Spartacus

Game of Thrones

How to get away with murder

Looking
 
London spy

Queer as folk

Shameless

7 comentários:

Anônimo disse...

by the way 'Praia do Futuro' está pra chegar na Netflix. Próximo mês.

Francisco Almeida disse...

Entenda que nossa TV aberta é extremamente conservadora, principalmente as que não são a globo. Não acho que foi um passo pequeno não, foi uma cena bonita, a primeira vez que os dois iriam fazer sexo, não uma cena de 'meteção'. A vdd é que estamos mal (ou bem) acostumados com a ousadia das séries de canal fechado americanas.

Anônimo disse...

A cena foi bem sutil mesmo, mas sendo a primeira da TV aberta numa sociedade atrasada como a nossa no que diz respeito à visão da homossexualidade, não poderia ser diferente. Um belo começo, diga-se a bem da justiça. A próxima será mais realista e mais quente. rsrsrs. Mas ainda demora pra chegarmos aonde as TVs de outros países já estão. Muitos hipócritas que se escandalizam com essa cena doce de Liberdade, liberdade já devem ter assistido, escondido, as cenas quentíssimas que você colocou nesta postagem.

Elielson disse...

Pois eu acho que foi um passo bem grande sim. O Brasil ainda é super preconceituoso, e mesmo assim a Globo exibiu a cena mostrando que tem culhões. A cena foi bonita, delicada e bem atuada, qual é, é a primeira cena de sexo gay na tv aberta num país super preconceituoso! Vamo dar um desconto, eu não esperava nada explícito ou mais forte. E os gifs do post, a maioria, são de emissoras de TV FECHADA que exibiram essas cenas no horário nobre e que já tem histórico com outras cenas de sexo gay. Estamos falando de Brasil, Globo, tv aberta, hellooo, não vamos comparar.

Anônimo disse...

As cenas de True Blood e Spartacus são maravilhosas, poesia temperada com muita, muita sensualidade e fogo! Erotismo a mil. A gente chega lá, espero, até 2020.

Anônimo disse...

Acabo de saber que essa quentíssima cena da série How to get away with murder foi censurada na TV italiana. Escondido ou não, O povo de lá deve estar doido atrás dessa cena no Youtube. rs

Idalmir R. disse...

Concordo que a cena foi na dose certa para a primeira da TV aberta Brasileira.
Quando começaram os rumores que teria uma cena de "sexo gay" na TV aberta lembro de ter dado de ombros achando que seria como o tal primeiro "beijo gay" que deve ter levado anos de rumores para acontecer.
E confesso que acho até melhor que a tal cena foi sutil, todo cena de dois caras se pegando não precisa ser como dois animais no cio.
Lembro de cenas de alguns filmes (o segredo de broke break mountain) que me são incomodas. Como a do filme citado, os dois parecem estar se machucando e não fazendo sexo.