1.7.16

SOLTEIRO E FABULOSO?


Entrei na fila comemorando, o filme ia começar em meia hora, e alguém teve a brilhante ideia de colocar duas pessoas na bilheteria. Normalmente, encontro apenas uma pessoa ali, e uma fila enorme. O pessoal do cinema parece ter levado meses para notar que havia um problema.
Peguei a mocinha do lado direito.
- Boa dia, disse ela.
- Procurando Dory, meio dia, inteira.
(pausa, ela vai dizer ''é 2D viu?'')
Mas ela não disse nada, que bom.
Ah, mas ela disse sim. Enquanto eu tirava as moedas da bolsinha.
- Ótimo filme ... gostei da sua camisa.
Uma mulher que curte Jurassic Park? Uau. Ou talvez não.
- É Jurassic Park (presente do Anselmo) - caso ela não tenha notado.
- É legal, é diferente.
(hã?)
- Inteira ou meia?
(preciso repetir?)
- O senhor é tão legal, está me dando dinheiro trocadinho.
Ela me estendeu um cardápio.
- Gostaria de comprar também um combo?
Que bonitinho, tão atenciosa, deve ser seu primeiro dia. Isso não vai durar uma semana.
- Não obrigado, acabei de almoçar.
Haviam alguns produtos do filme ao lado do caixa. Peguei uma tigela da Dory e dei uma olhada.
- Ah, sempre que vejo essa tigela, penso em açaí dentro dela.
Ok, ela gosta de bater papo. Coloquei a tigela de volta. Evitei pegar o copo. Esse ingresso sai ou não sai?
Espera um pouco. 
Ela tá me cantando? 
Primeiro elogia a camisa, depois agradece, duas vezes, o dinheiro trocado. Empurra o cardápio e puxa uma conversa sobre açaí. Esse tipo de situação nunca passa pela minha cabeça. E quando rola, a ficha demora pra cair.
Peguei o ingresso.
- Bom filme, disse ela.
Me virei para ir embora. Ela vai dizer alguma coisa sobre a minha bunda? Muita gente elogia a minha bunda.
Mas ela disse outra coisa.
- Belos olhos.

Sério? Ser hétero é tão fácil assim? Alguns filmes estão me enganando.

Acho que vai ser interessante aparecer nesse cinema em agosto, com o Anselmo a tira colo. Se a mocinha ainda estiver lá, eu meto minha língua na orelha dele.

5 comentários:

Anselmo disse...

Eu que vou meter a minha na sua boca!!!

Anónimo disse...

Facebook me deixou mal acostumado, quis curtir seu texto, mas tornou-se inevitável comentar.

Adoro relatos cotidianos! E parabén pelo blog, sempre.

Anónimo disse...

Ainda bem que a língua é na orelha hahahahah

Anónimo disse...

Pois é, mulheres desavisadas, de vez em quando, se encantam por um cara lindo que, por acaso, é gay. Elas precisam ficar mais atentas, porque a ideia de que homem gay é só aquele que fala com voz de mulher e tem trejeitos já caiu por terra. rsrsrs. Está correndo um ditado que alerta: homem bonito e interessante é safado ou padre ou gay. Pelo que a gente viu do Anselmo, ele também já deve ter recebido cantadas femininas. É ou não é? Enquanto isso, Alessandro provocando suspiros por aí... Eita casal arrasante!

Raul disse...

Menino, o Anselmo rasgou tudo...
;-)