11.6.18

DÊ UMA CHANCE PARA ...


Cuidado com esse filme. A ENFERMEIRA BETTY (2000) é uma comédia de humor negro. Às vezes choca, às vezes diverte, acidentalmente, o filme é mais puxado pro lance ''filme policial'', não quer ser, oficialmente, chamado de comédia.
Renée Zellweger ganhou um Globo de ouro pelo filme. Ela é Betty, a garçonete. Seu marido, Aaron Eckhart, é um cretino. O cara se envolveu com gente da pesada e dois assassinos bateram em sua porta, Morgan Freeman e Chris Rock (não é um papel cômico). Betty vê a execução do marido e entra em choque. Seu cérebro se reinicia e ela se torna outra pessoa. Agora ela é a enfermeira Betty, ex noiva do famoso cirurgião David Ravell, personagem de uma novela que ela acompanha. Betty pega o carro do marido e vai até LA, atrás do ator que faz o papel do doutor na telinha (Greg Kinnear). Para ela, o personagem é uma pessoa real.
Os dois assassinos também atravessam o país indo atrás da moça, para terminar o serviço e se apoderar do conteúdo do porta malas do carro. Pelo caminho, Freeman vai desenvolvendo um amor platônico pela pobre Betty.

1 comentário:

Eduardo Silva disse...

Eu AMO "Enfermeira Betty"! É engraçado, assustador e romântico! Foi uma comédia que me fez chorar mas, não de rir. Filmaço!