24.1.17

GAYS QUE NÃO FAZEM SEXO


Meu amigo tava tentando me arrumar um namorado. Ele pelo menos conhecia vários gays na cidade, eu conhecia apenas ele. Enquanto ele cortava o meu cabelo, um cara lindão entrou no salão. Parecia o Cuba Gooding Jr em ''Jerry Maguire''. Tentei fazer alguns sinais, algo do tipo ''égay?meapresentafaçootipodele?''. E nós três começamos a conversar e eu descobri que o cara tinha um player de dvd em casa (wow, ele é rico. Dvd é barato. O player não é não) e ele já tinha ''Matrix'' em dvd (um dos primeiros lançamentos da Warner neste novo formato).

E eu disse - eu adoraria ver esse filme em dvd - praticamente me convidando pra ir na casa do cara - e deu certo. Ele me convidou. Naquele fim de semana fui até a casa dele ''pra ver o filme'', ele morava lá no fim do mundo, numa casa isolada, numa rua isolada (hoje, naquele bairro, existem muito mais casas), ele fez tantas curvas com o carro que eu fiquei completamente perdido.

Aí nós nos sentamos no sofá pra ver o filme. E eu só conseguia pensar em ''quando começa o sexo?''. Olhei pelo canto do olho, ele tava olhando para a tv. Ah, caramba, vê se cresce, Alessandro. Dois gays podem sentar num sofá, e ver tv, sem que isso termine em sexo. Nós dois somos gays mas isso não quer dizer que a gente tem que ficar se agarrando o tempo todo. Mas eu tô sem sexo há anos. Não, isso não é desculpa. Se comporte como adulto. Não conheço muitos gays mas tenho certeza de que são todos cultos e sofisticados, nada de putaria adolescente, eles não ficam pensando em sexo a cada 4 segundos.

Relaxei e curti o filme. Nada de beijo, nada de mãozinha, cada um no seu canto. Vamos conversar, nos conhecer melhor, deixar o sexo pro décimo quinto encontro, quem sabe. Quando o filme terminou, tava meio tarde pra mim, eu precisava voltar pra casa. Ele me deixou ali na esquina, eu sabia que o meu pai iria estar no portão, me patrulhando (quer ser gay? Seja. Mas faça isso longe da minha vista) e por conta disso eu não podia dar meu número de telefone pra ninguém (meu pai tinha a mania de ficar ouvindo na extensão, privacidade zero).

Segundo o meu amigo, o encontro foi uma decepção. O garotão lhe disse que eu estava mais interessado no filme do que nele. AH, então era pra EU ter pulado em cima dele? Por que ELE não pulou em cima de mim? ''Ele queria ver um filme em casa, viu o filme e depois quis ir embora, acho que não agradei'', ele disse pro meu amigo. E me chamou de frígido !!!

Ah, ok, quando eu (meu amigo) marcar um novo encontro com alguém, eu vou ser mais ''atirado''. Dois gays, quando juntos no mesmo metro quadrado, desejam fazer sexo mais do que tudo, essa deve ser uma regra do meio gay, calma, ainda estou aprendendo.
Mas nunca consegui tomar a iniciativa, sou muito tímido. Acabei bancando o senhor frígido vez após vez após vez. Alguém precisa ser o adulto, certo?
 

3 comentários:

Anônimo disse...

Também sou ruim com iniciativas sexuais. É engraçado como um ficou esperando o outro e teve o mesmo pensamento mútuo. Fico pensamento quantas vezes isso deve ter acontecido comigo e eu achando que o outro é que não queria. hehehehe. Gosto muito das suas histórias.

Jota Farr disse...

Acho que tem de sacar a hora de falar abertamente, fazer a linha sincerão e simplesmente perguntar: e aí? vai rolar?...hehehe, é o tal de quebrar o gelo.

Unknown disse...

Essa é a minha vida, esse é o meu clube.