30.1.17

em cartaz - SETE MINUTOS DEPOIS DA MEIA NOITE


Parece uma fábula, mas não é um filme para crianças. E foi a minha primeira grande surpresa do ano. O filme foi completamente ignorado pelo Oscar, mas eu acho que a culpa é da estreia norte americana, então espero que ele seja lembrado no Oscar do próximo ano. Os atores merecem pelo menos uma indicação. O filme agora está liderando a lista do prêmio Goya com 12 indicações. Você tem que dar uma conferida.


Na sombra do colosso


Conor é um garotinho que está aprendendo a se virar sozinho. Ele toma conta da casa e de sua mãe doente (Felicity Jones). Na escola, ele é um saco de pancadas, apanha todos os dias e nunca reage. Sua mãe está ficando pior a cada dia e assim sua avó (Sigourney Weaver) pinta no pedaço pra dar uma força. O garoto não se dá bem com a avó e é obrigado a morar com ela enquanto sua mãe fica no hospital. Numa noite, sete minutos depois da meia noite, Conor recebe a visita de um monstro (voz do Liam Neeson). A criatura tem três histórias para contar e cada uma delas tem relação com os dramas vividos pelo garoto. Esse filme vai fazer você chorar. Ele parece ter um pequeno segredo lá no final, fique atento.













FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: a monster calls
ANO: 2016
PAÍSES: eua, espanha
DURAÇÃO: 1h 48min
DIRETOR: J.A. Bayona (o orfanato, o impossível)
ELENCO: Lewis MacDougall, Sigourney Weaver, Liam Neeson e Felicity Jones
ESTREIA BR: 5 de janeiro de 2017
VEJA TAMBÉM: ''O labirinto do fauno'', ''Onde vivem os monstros''


NA POLTRONA

10 min - eu sou Groot
30 min - histórias
1 hora - um dia de fúria

Um comentário:

FlavioH disse...

Somente eu fiquei com a impressão de que Connor era gay e ainda estava descobrindo a sua sexualidade? Aqueles olhares para o garoto na escola que tb era quem o atormentava me deixaram em dúvida.