20.1.17

DIGA ''SIM'' ÀS DROGAS


Pra mim foi meio difícil entender por que esse filme foi tão mal recebido. Ele tem alguns méritos. Se trata de um prequel, um prequel de um filme famoso de 1939. E eu fiquei de queixo caído ao ver o quanto esse filme respeitava o original. OZ: MÁGICO E PODEROSO (2013) traz todos os elementos do ''Mágico de Oz'' de 1939. Começa em preto e branco, vemos o mágico James Franco trabalhando num circo. Ele interage com algumas pessoas e depois, quando pisa em Oz, vemos novas versões desses personagens (e em cores). É como quando Dorothy acorda e diz que teve um sonho e ''você estava lá e você também...''.
O filme quer, a todo custo, se conectar ao filme de 1939, ele mostra a origem do mágico de Oz e da bruxa malvada do oeste. Fica meio esquisito quando o filme cria um namorico entre Oz e Glinda, mas não é nada que vai alterar drasticamente o ''futuro''. Aplaudo o filme pela iniciativa, ele poderia ser um prequel do livro, mas resolve ser um prequel do filme produzido pela MGM, e se trata de um filme da Disney (!!!).

Um belo filme de fantasia, ótimos efeitos especiais. A longa duração atrapalha um pouco o ritmo da história.








1 comentário:

Kayo Ewing disse...

Esse filmes fazem uma trilogia de Oz perfeita:
Oz - Mágico e Poderoso
O Mágico de Oz
O mundo Fantástico de Oz