27.9.16

dvd - SUPERGIRL 1ª temporada


Se o time tá ganhando, não mexa nele. O seriado do Flash segue o mesmo esquemão do seriado do Arqueiro. Mas tem mais fantasia, mais comédia e menos violência. O seriado da Supergirl vem logo em seguida, é um Flash bem educadinho (precisa ser assim pra atrair o público feminino???). A série demora bastante pra decolar, aí pintam tramas mais elaboradas, vilões mais interessantes e a gente não consegue ignorar o belo elenco masculino.

A jovem Kara Zor-El foi enviada para a Terra, antes da destruição de Krypton, para proteger seu primo Kal-El. A destruição do planeta tirou a nave de Kara do curso e ela foi parar na zona fantasma, onde o tempo nunca passa. Quando sua nave saiu de lá, abrindo caminho para uma nave prisão cheia de criminosos intergaláticos, ela chegou na Terra e encontrou seu primo, já crescido, atuando como Superman.

Clark deixou Kara com uma família adotiva, ela ganhou o Dean Cain (meio gorducho) como pai (em Krypton, seu pai é o Robert Gant (queer as folk)). Doze anos depois, ela começa a trabalhar como assistente da poderosa rainha da mídia Cat Grant (Calista Flockhart). Sua chefe veste Prada e fica com as melhores piadas do seriado. Jimmy (agora é James) Olsen (o amigão do Superman) trabalha ao lado de Kara na CatCo (é o bonitão Mehcad Brooks, não o vejo desde True Blood).
Um acidente obriga Kara a usar seus poderes em público (ela salva um avião, cena legal). Aí decide seguir os passos do primo famoso. Assim como no seriado do Flash, não demora muito e boa parte do elenco principal descobre sua identidade secreta. Ela é uma assistente atrapalhada e uma heroína atrapalhada, ela precisa de muita ajuda. Kara começa a caçar todos os alienígenas que estavam na nave prisão, inclusive sua tia Astra e o marido dela Non (tesão). E Peter Facinelli (a saga Crepúsculo) é um tipo de Lex Luthor em National City (que universo é esse? Onde estão os descamisados?).

Eu não sei quais personagens foram tirados das HQs e quais são exclusivos do seriado. Tem um Bizarro e um Brainiac em versões femininas. A caixa de dvds traz um spoiler revelando a identidade do Caçador de Marte, muita sacanagem. O Flash aparece no 18º episódio (ele e Kara são de dimensões diferentes) e a esposa do Channing Tatum é irmã da Lois Lane.
A batalha final contra Non foi bem fraquinha, dividir aquilo em dois episódios foi um exagero. O seriado parece ser bem caro, tá cheio de CGI e tem até personagens digitais. Quero ver mais Calista Flockhart na próxima temporada (ela tá com vários quilos de maquiagem no rosto. Se no dvd dá pra notar isso, imagina no blu-ray).













FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: idem
ANO: 2015-2016
TEMPORADA: 1
EPISÓDIOS: 20
DURAÇÃO: 43 min

2 comentários:

Neto Paes disse...

Você sabe que a Calista vai aparecer menos né?! Já que a produção da série foi para o Canadá e ela não quis sair de LA...

Anónimo disse...

A série na CBS era caríssima. Acabou indo para CW... os efeitos ficaram beeem caídos pelo que vi nos trailers da 2ª Temporada.