31.5.16

DIGA "SIM" ÀS DROGAS


Eu não pude ver ''Alice através do espelho'' porque só encontrei cópias dubladas e/ou em 3D por aí. E acabei vendo o filme recebendo péssimas críticas nos últimos dias. Bem, eu não tava muito a fim de ver o filme mesmo, não gostei muito do primeiro. 
Mas não importa se o filme é ruim ou apenas regular. Tem outra Alice pintando em 2016, e esse filme é a maior piração.
Filme de baixo custo, filmado no quintal de alguém, truques de câmera para esconder qualquer vestígio de modernidade em cenas externas (a trama se passa em 1905), THE OTHER SIDE OF THE MIRROR (''Alice: The Darker Side of the Mirror'', no dvd britânico) é uma releitura do livro de Lewis Carroll. Nada de animais falantes, temos apenas atores, é um filme bem mais urbano. Imagine que Alice tomou algum tipo de droga e saiu delirando pela cidade, é mais ou menos isso.

O filme começa com a morte da mãe de Alice, depois vemos a moça na escola, depois jantando com o pai e a irmã, e passeando de carro. Alice e sua irmã estão sentadas no campo, a irmã está lendo um livro e Alice resolve voltar para casa, para buscar um copo para beber o chá, e encontra um homem pelo caminho, com luvas e sapatos brancos. Sem diálogo algum, o cara oferece um comprimido e ela o põe na boca sem cerimônias. Depois ele entra num buraco e ela vai atrás dele.
Ela ainda vai encontrar esse mesmo ator em outros papéis (elenco baratinho). No corredor das portas (pintadas numa lona) ela encontra o cowboy (???) e depois afunda no mar (????) e quando chega na praia encontra veteranos da guerra civil que estão tentando se secar. Como eu disse, temos uma versão humana e urbana do livro. A lagarta fumante, por exemplo, é um cara doidão numa boca de fumo. O Chapeleiro é internado num sanatório com camisa de força e por aí vai. Muitos diálogos foram tirados do próprio livro.
O filme não tem trilha musical original. Ele faz uso de algumas composições clássicas que nunca combinam com o filme. E também gasta longos minutos mostrando Alice rodopiando pela mata (acho que o filme está querendo dizer que ela ficou louca). No final do sonho ela encontra a mãe morta (!?!). E quando ela desperta na frente da irmã, a irmã nem sequer nota que Alice está com as roupas rasgadas (estava sonhando com o Freddy Krueger, irmãzinha?).
Imagine que o filme foi escrito por Terrence Malick e Lars von Trier, e dirigido por Uwe Boll. Detalhe, os três estão viajando no ácido.












FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: idem
ANO: 2016
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 2h 3min
DIRETOR: Zach Hamer

Sem comentários: