14.1.16

em cartaz - STEVE JOBS


Segura essa Ashton Kutcher, aquele filmeco de 2013 nem chega aos pés de STEVE JOBS. Com Danny Boyle dirigindo Michael Fassbender, o filme era uma promessa e tanto. Já foi aclamado pela crítica mas o público não deu muita bola para ele. Quem sabe um Oscar pode ajudar? Como se levasse em consideração o filme de 2013, esse filme de 2015 conta a história de Steve Jobs de uma maneira meio superficial, você não precisa saber de todos os detalhes. Na verdade, o filme é bem teatral, poderia ser adaptado para os palcos com muita facilidade.


- Melhor corpão em 2016 ou bang !!


O filme começa em 1984. A gente vê os bastidores de uma apresentação de Steve Jobs. E o filme todo é assim, em 1988, em 1998 ... a gente só vê os bastidores. Jobs gritando com seus funcionários e ignorando a filha pequena, cuja paternidade ele vive negando, é de partir o coração e todos ao redor morrem de medo do cara. Alguns flashbacks mostram Fassbender ao lado de Seth Rogen, criando a Apple numa garagem. Através dos diálogos ficamos por dentro de tudo que rolou entre uma apresentação e outra. O plot do filme é a redenção do personagem. Steve precisa aprender a tratar melhor as pessoas e precisa ser um pai mais dedicado. Sua filha Lisa passa por muitas dificuldades, aí pinta um final ''ohhwww''. Adorei a Kate Winslet e já me esqueci do filme de 2013.













FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: idem
ANO: 2015
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 122 min
DIRETOR: Danny Boyle
ELENCO: Michael Fassbender, Kate Winslet, Jeff Daniels e Seth Rogen
ESTREIA BR: dia 14 de janeiro de 2016
PRÊMIOS: indicado para 2 Oscars (ator, Fassbender, e atriz coadjuvante, Winslet)

Um comentário:

Francisco Almeida disse...

porra mas que merda, o mf não tem nada a ver c o Jobs,caralho, nem vi já acho ruim e ainda é indicado ao Oscar.