2.7.15

em cartaz - O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS


Ao contrário do resto do mundo, eu não gostei do terceiro filme. Muitos clichês, muitas frases de efeito e um roteiro com furos (o dia do julgamento final foi adiado? Ok) só para poder trazer os personagens de volta e eu adorei o quarto filme. Esse filme pelo menos se encaixava na cronologia da franquia e respeitava os dois primeiros filmes. Depois desse quarto episódio, só faltava mais um filme para fechar o ciclo, um filme que mostrasse John enviando Kyle ao passado para proteger sua mãe. GÊNESIS começa nesse ponto, mas o filme ignora o terceiro e o quarto. Ninguém fala nada sobre o dia do julgamento final de 2004 e Kyle ganhou uma nova origem.


- Me fale outra vez sobre esse papo de acasalamento.


No futuro, John descobre a máquina do tempo da Skynet e envia seu amigo Kyle ao passado. Até aí, tudo bem. Mas ao chegar em 1984, ele é atacado por um T-1000 (?!?) e o exterminador (o Arnie de 84) é atacado por um velho T-800 antes de conseguir vestir alguma roupa (é legar ver as cenas do filme de 1984 sendo refilmadas, mas nada de Bill Paxton...). Não demora muito e Kyle é resgatado pela Sarah Connor Mãe de dragões. O ano de 1984 que a gente conhecia não existe mais, porque Sarah recebeu a visita de um T-800 quando tinha apenas nove anos, ele a salvou de um T-1000 e a criou. O filme não explica quem enviou esse T-800 reprogramado para 1973. Sarah e seu velho exterminador estavam esperando por Kyle e pelo T-1000 em 1984 (pelo T-1000??? Outro furo daqueles). O T-800 montou uma máquina do tempo, Sarah quer ir até 1997 para impedir o dia do julgamento final, mas Kyle quer ir para 2017. Por alguma razão, ele tem memórias de uma outra linha temporal, onde o dia D aconteceu em 2017 (?!?!).
E aí pinta um novo vilão, que o trailer e o poster já entregaram (pfff). Cenas de ação = ok, efeitos especiais = ok, você pode até passar por cima dos furos da trama, mas esse novo capítulo não traz muitas novidades para a franquia. Tem um jeitinho de continuação desnecessária.












FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: terminator, genisys
ANO: 2015
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 126 min
DIRETOR: Alan Taylor (Thor, o mundo sombrio)
ELENCO: Arnold Schwarzenegger, Jason Clarke, Emilia Clarke, Jai Courtney e J.K. Simmons
ESTREIA BR: 2 de julho

1 comentário:

Anónimo disse...

Eu tava assistindo o filme e já imaginando: "Alessandro vai comentar esse T-1000 aparecendo sem lógica".
Morri de ódio por ter que assistir em 3D. Minha cidade foi tomada por isso. Confesso que até assisto animação em 3D, mas filme de ação não dá. Tô perdendo muita coisa por estar apenas em 3D nos cinemas daqui.

Pedro Léo.