31.5.15

dvd - ARROW, PRIMEIRA TEMPORADA


Wow, não é Smallville afinal, não tem nada a ver com o Arqueiro Verde de Smallville. E o Arqueiro não é o Superman, ele mata muita gente nesse seriado. Na verdade, quando Oliver Queen veste o capuz, ele dá uma de Batman versão Christian Bale, o mesmo estilo. Ele só sai a noite, mete medo nos bandidos e usa muitos brinquedos (a famosa flecha com luva de boxe vai aparecer algum dia?).
O herói é jovem, vive com a família, uma complicada família cheia de segredos, na casa do Lex Luthor barra X-men, a mesma mansão. A primeira temporada traz uma conspiração secreta interessante, não é nada original, desvendei o mistério alguns episódios antes da revelação, mas ainda assim, os segredos são revelados na dosagem e tempo certos, tudo para manter você interessado na trama.
A origem do Arqueiro se conecta com a origem de outros personagens das HQs, como o Exterminador e a Caçadora (normalmente, ela só atua em Gotham City, e já foi uma Batgirl). E a Canário Negro, a eterna namorada do herói, também está presente, eu acho (reconheci o nome dela, mas nada de super poderes por enquanto).
O maior acerto do seriado são os flashbacks da ilha. É como um Lost ao contrário. Oliver passou cinco anos numa ilha ''deserta'', e quando voltou pra casa virou um vigilante. Cada episódio traz uma trama que se passa no presente e também os flashbacks da ilha, são duas aventuras por episódio. Oliver não está sozinho na ilha e há muita coisa acontecendo.
Ok, e quanto aos homens? Stephen Amell não passa um episódio sem tirar a camisa. David Ramsey e Manu Bennett também valem uma espiada. Colton Haynes (o futuro Ricardito, o parceiro mirim do Arqueiro) só tirou a camisa quando foi parar no hospital (repare que, sempre que alguém vai parar no hospital, todo mundo vai pro mesmo quarto...). Mais Colton Haynes aqui, aqui e aqui.
Mas o cara mais bonitão do seriado, Colin Donnell, não tira a roupa de jeito nenhum. Nos primeiros episódios, as cenas de ação surgem de repente e são bruscamente interrompidas. Não marquei o nome dos diretores, só sei que foram momentos irritantes. Nos últimos episódios, as legendas em português se perdem na tradução, parece que botaram outra pessoa para traduzir os episódios e muitos nomes foram alterados.
O final é explosivo (tanto na cidade quanto na ilha) e os extras no quinto disco são extras típicos de um seriado de tv. Um deles, sobre a criação da série, nem precisava ser tão longo, não tem muito conteúdo ali.













FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: arrow
ANO: 2012
TEMPORADA: 1
EPISÓDIOS: 23
DURAÇÃO: 42 min
ELENCO: Stephen Amell, Katie Cassidy, Colin Donnell, David Ramsey, Willa Holland, Paul Blackthorne, Emily Bett Rickards, Colton Haynes, Susanna Thompson e Manu Bennett.

2 comentários:

Anónimo disse...

Alessandro pode correr e assistir a próxima temporada que é melhor que essa, mas quanto ao "O maior acerto do seriado são os flashbacks da ilha.", amigo, acredite, você vai mudar de ideia, ACREDITE!!

ALESSANDRO SKYWALKER disse...

Nããão, a segunda temporada não vai ser a mesma coisa sem o Tommy, snif