22.5.15

CLONES ANIMADOS DESCARADOS QUE FIZERAM SUCESSO

O REI LEÃO
Segundo a Disney, o filme conta uma história original, levemente baseada em Hamlet. Mas em 1950, surgiu no Japão um leãozinho branco chamado Kimba, que precisava voltar para a África para assumir o lugar de seu falecido pai, como rei dos animais. Rolou um processo na época contra a Disney, mas os japoneses desistiram algum tempo depois.


CAVALO DE FOGO
Pobre Diabolyn, cercada de lacaios idiotas, só não consegue conquistar o reino porque às vezes seu instinto materno vem a tona e ela não consegue se livrar de uma mera garotinha. Clone misto, metade Rainha Má, metade Malévola, mas não chega aos pés das duas no quesito maldade.


THUNDERCATS
A gente pode tentar ignorar o destino do planeta Thundera e dizer que isso não nos faz lembrar do Superman. Mas quando Jaga resolve aparecer como fantasma para treinar o jovem Lion, isso é star wars meu amigo.


THUNDARR
Em 1994, um cometa passou pela Terra, rachou a Lua e mudou nossa atmosfera, criando muitos monstros. Nesse ''futuro'' pós apocalíptico encontramos bárbaros no estilo Conan, mas o seriado é um clone de star wars, sim de novo, temos a princesa Léia e o Chewbacca. E um cara com uma espada de fogo que entra na bainha. E mais tarde veio o Galtar, com sua lança dourada.


HE-MAN
Opa, e os clones bárbaros não param. Thundarr serviu de inspiração para Blackstar. Um astronauta da Terra que foi parar num mundo bárbaro após atravessar um buraco negro. A Filmation abandonou Blackstar após 13 episódios e criou o He-man. O herói deveria ter sido uma linha de brinquedos baseada no Conan, mas eles mudaram tudo na última hora. E depois veio a She Ra. Um spin of que é um clone do He-man em muitos aspectos (Teela e Arqueiro, Madame Riso e Gorpo, Maligna e Sombria, Feiticeira e Esperança da Luz...). Mas havia algo ''novo'', Hordak e a Horda, digo, Darth Vader e o Império...


DIGIMON
O primeiro clone de Pokemon. Surgiu rapidinho enquanto o Pikachu se espalhava pelo planeta. Mas a empresa que criou o desenho, também criou os games tamagotchi, o bichinho virtual, em 1996, no mesmo ano em que Pokemon estreou nos vídeo games. E aí?


DINOSSAURO
Olha a cara de pau da Disney. O estúdio estava quase fechando o departamento de animação nos anos 1980 quando Steven Spielberg e a Amblin começaram a lançar animações na telona. Por conta do sucesso de ''Fievel'', a Disney resolveu reagir, agora que pintou uma concorrência. Investiram uma fortuna em longas animados e o desenho ''Oliver e sua turma'' atropelou o ''Em busca do vale encantado'', de Spielberg barra Lucas (um dos meus desenhos favoritos). Mais tarde, ''Fievel 2'' não teve chance alguma contra ''A bela e a Fera''. Na década seguinte, a Disney lança um filme com dinossauros, com um fiapo de história, que lembra muito a saga de Littlefoot, mas sem o mesmo charme.
 

PODEROSO MIGHTOR
Longe dos bárbaros dos anos 1980, e de star wars pra variar, a Hanna Barbera lançou em 1967 um seriado sobre um herói que era uma mistura óbvia do Thor da Marvel com o Capitão Marvel da DC Comics. Com direito a um ''martelo'' mágico e uma frase mágica na hora da transformação.


ESQUADRÃO MARTE
Eles são adolescentes, mas não são mutantes, são marcianos. Também não são ninjas, são motoqueiros. E não são tartarugas, são ratos. Você já entendeu.


AMIGOS DA JUSTIÇA
Esse clone dos Vingadores merecia ganhar uma série própria, era muito divertido. Major Glória, Valhallen (o deus do rock) e o inquebrável Crunk dividiam um apartamento e combatiam o crime juntos. Os personagens coadjuvantes eram demais, heróis e vilões chupados da era de prata dos quadrinhos. Impossível não se apaixonar pelo estranho namoro de Crunk com Coisinha.


BIONICÃO
De todos os clones do Scooby Doo, criados pela própria Hanna Barbera, o Bionicão é o mais interessante, ele se afasta bastante do personagem original. Diferente da grande maioria dos Scoobies, ele não tem medo de nada, ele é um super herói. Dinamite é o parceiro do herói Falcão Azul (um clone do Batman), mas o seriado investe muito no cachorro. E aí vemos o Falcão Azul como um mero coadjuvante.

Mais clones? Evitei os clones do Superman (do Vira Lata ao Super Mouse) e os clones do Batman (do Gato Corajoso ao Batfino) porque essa postagem já está grande demais. E que tal o Danger Mouse, o clone do James Bond?

1 comentário:

Raul disse...

Na minha infância eu nem pensava que eram clones, só adorava! Poderoso Mightor, Thundercats, bionicão....