30/03/2012

10 CASAS MAL ASSOMBRADAS QUE SÃO DIVERTIDAS

A CASA DO ESPANTO
Um dos primeiros filmes da safra terrormédia anos 1980. Esse primeiro capítulo (existem 4 filmes) é o mais legal, pois tem horror e humor na medida certa. No filme seguinte, só dá comédia, e o terror faz muita falta.


A HORA DO PESADELO
A casa da família Krueger só dá medo se você sonhar com ela. Não se deve entrar lá, mas todo mundo entra! Ninguém ouve os alertas das meninas que estão pulando corda na calçada...


NÃO TENHA MEDO DO ESCURO
Esse remake supera o filme original em duas coisas. Os monstrinhos digitais tem maior liberdade de movimentos e a casa é muito mais bonita.


OS OUTROS
É divertido ver o filme na segunda vez, quando já sabemos qual é o ponto de vista que devemos seguir. Certo, o filme não revela as intenções de Nicole Kidman após a solução do mistério, devemos acreditar que ela ficou louca, mas deveria mostrar as reações dos filhos, mamãe fez o quê? eles aceitaram aquilo numa boa?


UMA NOITE ALUCINANTE
Pobre Ash, quase enlouquecendo dentro desta casa para nos fazer rir muito. Um único cenário, uma noite apenas, uma moto serra, e aconteceu de tudo.


A MULHER DE PRETO
Num filme cheio de clichês, apenas a casa pode ser salva, ela é perfeita, mas foi muito mal aproveitada.

A CASA AMALDIÇOADA
O nome de Steven Spielberg no poster, como produtor, está lá para chamar a sua atenção para este remake bobinho. Uma bela casa, praticamente um castelo, e efeitos especiais caprichados, mas não assusta ninguém. A casa foi muito gentil com seus hóspedes.


TERROR EM AMITYVILLE
Mas a casa de Amityville não perdoa, ela gosta de brincar um pouco com a "comida". Já dizia o famoso poster da época "pelo amor de deus, saiam daí". Vale a pena dar uma espiada no remake de 2005, Ryan Reynolds exibe o corpão.


POLTERGEIST
Indo muito mais longe que a casa de Amityville, esta aqui está mal assombrada porque foi construída em cima de um cemitério indígena. Isso não é justo, tecnicamente, o mundo todo é um cemitério, mas enfim...


O ILUMINADO
Não é casa, é um hotel, um hotel enorme, você pode passear de triciclo pelos corredores. Não tem o mesmo final explosivo do livro, no qual foi baseado, mas traz um final muito mais apavorante.

DÊ UMA CHANCE PARA...

Aconteceu com Blade Runner, aconteceu com Donnie Darko, mas está cada vez mais complicado acontecer nos dias de hoje: um filme é redescoberto e vira cult. CONTRA O TEMPO não foi muito bem nas bilheterias norte americanas, tentou estrear no Brasil em abril de 2011, mas a estreia foi adiada para julho. Ficou perigosamente perto do Capitão América e do último HP, então, sua estreia foi adiada novamente, desta vez para o final de setembro. Muito antes disso, um blu-ray foi lançado lá fora e eu o comprei na mesma hora, já estava ficando sem paciência, vi o filme em casa semanas antes da estreia nacional.
E esse filme é uma ótima sci-fi, é cerebral e tem muita ação também. Jake Gyll-o está sendo enviado até o passado (mesmo dia, pela manhã) para tentar encontrar uma bomba dentro de um trem. Na verdade, apenas sua mente viaja no tempo, e entra no corpo de um dos passageiros do trem 8 minutos antes de sua morte.
Mas é claro que a gente só vê o Jake em cena, o tal passageiro só aparece em espelhos. O filme está quase em tempo real, a gente acompanha os 8 minutos finais do trem várias e várias vezes, até que Jake consiga encontrar e desarmar a bomba.
O filme também brinca bastante com paradoxos temporais e um horrível segredo é revelado antes do final.
O dvd e o blu-ray serão lançados no dia 19 de abril. Um baita de um atraso, esse filme merecia mais.

A HORA DO ESPANTO (2011)

Bem, quando o blog foi criado, esse tipo de coisa não passou pela minha cabeça. Que marcador devo usar? Acabo de ver esse filme (em agádê) na locadora virtual da gêvêtê (que virada, se eu ainda trabalhasse numa locadora, perderia meu emprego), escolhi o filme, cliquei em ok e ele começou no mesmo segundo, adorei isso!! (sim, alguém vai perder o emprego...). Acontece que o filme será lançado em dvd e em blu nas próximas semanas, então vou usar esses dois marcadores para poder encaixar o post no blog. Não pude ver o filme nos cinemas porque só encontrei cópias dub 3D (eca) e queria poder ver o filme antes de comprar o blu. Ceeerto, gostei do filme, mas, comprar o blu... ah, não gostei taaanto assim... Valeu locadora virtual, balconistas de video locadoras são nojentos.


I'M SEXY AND I KNOW IT

Um fiapo de roteiro liga este remake ao filme de 1985. Os nomes dos personagens são os mesmos, o ano é 2011, tem internet e outros bagulhos, a trama está com pressa: de repente, vampiros! sem cerimônia, vamos ao que interessa agora mesmo. Então, não há nenhum clima de mistério (ora, todo mundo conhece o filme original, então pra quê ficar enrolando? essa é a sensação que o remake passa). Tem muito mais ação, efeitos especiais legais, recriando até o "sorriso vampiresco" de 1985, mas nenhum charme. Amy foi transformada numa Megan Transformers Fox (você sabe o que eu quero dizer) e o "Evil" Ed nem chega aos pés do personagem de Stephens Geoffreys, muito bobo. O remake tenta seguir o filme de 1985 durante boa parte do tempo (Chris Sarandon aparece numa ponta desnecessária, fazendo uma homenagem ao filme original), apenas modernizando o ambiente sem acrescentar nada de novo. Não é "O" filme de vampiro, mas é um bom filme de vampiro, pena que o clássico final do Evil Ed foi cortado.









VEJA TAMBÉM: 30 dias de noite, A hora do espanto (1985), Um drink no inferno, Os garotos perdidos.

3 COISAS QUE NÃO QUEREMOS VER. MAS, ELAS ESTÃO AÍ

A WARNER REVELOU O LOGO DO NOVO FILME DO SUPERMAN
ISSO AINDA É UM "S"?

"IRMÃOS GÊMEOS" VAI GANHAR UMA CONTINUAÇÃO
OH, A HUMANIDADE...

ADAM SANDLER NA PISCINA COM A FAMÍLIA
AVISO PARA O MEU "EU" DE 1994:
VOU LHE CONTAR SOBRE O FUTURO...

29/03/2012

MINHA VIDA - A COMÉDIA ROMÂNTICA - PARTE FINAL

Um amigo meu me falou de uns três sites de relacionamentos que, segundo ele, eram muito bons. Depois de tentar nos mais conhecidos, e dar com os burros n'água, estava na hora de tentar os pequenos. Vamos lá internet, faça sua mágica, esta é a sua última chance.

Primeiro site, levei um tempão para criar um perfil. Você não pode usar apelidos que já foram usados. Perdi a paciência e tentei nomes de dinossauros, consegui na terceira tentativa. Não havia ninguém da minha cidade cadastrado no site. Apaguei o perfil e fui embora.

No segundo site, coisas estranhas. "Qual a renda mensal mínima que sua alma gêmea tem que ter?" ou "na cama, ele tem que ser atv ou pass?" ou "altura barra peso limite do seu par perfeito". Haviam pessoas da minha cidade neste site, mas nenhuma foto de rosto, apenas fotos da cintura para baixo, e esse pessoal quer arrumar um namoro sério desse jeito? Não quero um namorado que se apresenta usando esse tipo de foto. Apaguei o perfil e fui embora. Nunca mantive um perfil nesses sites de relacionamentos por 24 horas, em alguns, 24 minutos ou menos. No final, me pediram uma explicação: não encontrei ninguém interessante.

Última chance. Minha cidade? Ok. Fotos de rosto? Ok. Parece ser um site sério. Algum cara interessante? Beleza interior conta? Sim porque... Opa, achei um bonitinho. E ele estava on line. Conversamos por quase uma hora e a coisa estava indo bem até demais. Aí, ele deu uma olhada no meu perfil e disse:
- Aqui diz que você é ateu.
- Sim.
- Isso tá certo?
- Tá sim, por que?
- Nossa cara, achei que você era um sujeito inteligente, vá à merda, espero que pegue AIDS e morra, click, off line.
Depois de ser vitima de preconceito por ser gay (2 vezes), por ser ateu (9 vezes) e por ser vegan (1 vez), a gente acha que acaba desenvolvendo, em algum momento, uma espécie de armadura contra esse tipo de ataque, mas machuca todas as vezes.

O MELHOR E O PIOR DAS MAIORES FRANQUIAS DO CINEMA

SEXTA FEIRA 13 (10 FILMES, 1 REMAKE, 1 CROSSOVER)
Já viu aquela estúpida lista que mostra "quem matou mais gente? Freddy ou Jason"? Jason leva o prêmio com certeza, depois de 12 filmes contra 9, mas não se pode levar em consideração o primeiro e o quinto filme, Jason não está presente nesses dois filmes. Qualquer dia, eu mesmo vou fazer essa contagem do modo certo.
O primeiro filme é legal até o final. No segundo vemos a estreia de Jason, que é morto por Corey Feldman no quarto filme, e volta à vida, pela primeira vez, no sexto filme. No nono filme, essa série de ressurreições ganha uma explicação. Antes de ver o décimo filme (Jason X), você confere o "VS Freddy".
NO FUNDO DO POÇO: Eu nunca gostei do fato do oitavo filme ter tirado Jason do acampamento e levado o cara até niuiorqui. Mas esse filme consegue ser melhor que o maldito remake que pintou em 2009, tentou ser uma "parte dois nos dias de hoje" sem levar com conta os outros sete filmes anteriores. Mesmo sendo ultraviolento, não me conquistou.


STAR TREK (11 FILMES)
Franquia dividida em três partes. A primeira traz o elenco original do famoso seriado de tv. A segunda se passa no futuro, é a "nova geração" com o capitão Picard. E a terceira é uma realidade alternativa da primeira parte, ganhou um filme em 2009 e a sequência está prometida para 2013.
STAR TREK 2 - A IRA DE KHAN ainda é o episódio favorito de muitos trekkers. Quando vimos Khan pela primeira vez, na série clássica, o cara mostrou que poderia se tornar um super vilão, e quando ele voltou do limbo para se vingar neste filme, tirou o capitão Kirk do sério e um personagem famoso morreu. Aconteceu de tudo nesse filme, o inimaginável. Nenhum outro vilão supera esse cara.
NO FUNDO DO POÇO: O elenco original já mostrava sinais de cansaço quando pintou "a terra desconhecida", com um roteiro fraquinho e atuações gélidas, parece que o pessoal não tava com ânimo para mais um filme. A trama brinca com a idade dos atores tirando os personagens da aposentadoria. Era para ser meigo e nostálgico, mas ficou um tanto brega.


HELLRAISER (9 FILMES)
A trama é sempre a mesma. Algum infeliz encontra o cubo, descobre seu segredo e um portal para o inferno se abre.
O primeiro filme é dez, o segundo é legal, o terceiro tem um ator bonitinho e efeitos especiais mais elaborados surgiram a partir daí.
POÇO: E se você pensa que a franquia desceu ladeira abaixo a cada novo filme, você está certo. O nono Hellraiser, de 2011, é um fiasco. Eles acabaram com o "belo" universo criado por Clive Barker.


HALLOWEEN (8 FILMES, 2 REMAKES)
Um marco na história do terror, o pai dos assassinos mascarados que povoaram a década seguinte (os anos 1980).
O primeiro filme nasceu clássico, o segundo tinha gosto de, bem, de segundo. E o terceiro, por incrível que pareça, deixou Mike Myers de lado (?!?). H20 tentou ser comemorativo, trazendo Jamie Lee de volta e seu irmão foi decapitado. É o final? Que nada, agora Myers virou uma espécie de Jason Voorhees, voltando sempre dos mortos.
POÇO: Os dois malditos remakes de Rob Zombie (2007-2009). O primeiro filme começou muito bem, mostrando a infância de Myers. Mas logo veio o festival de clichês. O filme seguinte é bizarro demais.


JAMES BOND (22 FILMES OFICIAIS E 2 NÃO OFICIAIS)
Todo mundo tem o seu James Bond favorito. Eu gosto muito do Pierce Brosnan, foi uma era cheia de ação (Sean Connery dava muitas bofetadas nas mulheres). A espionagem deu lugar para a comédia, que deu lugar para a política e depois veio a ação e o "mamãe quero ser Jason Bourne" com Daniel Craig.
Eu tenho um carinho todo especial por SÓ SE VIVE DUAS VEZES. Começa com a morte de James Bond e depois vemos o clássico Blofeld careca com seu gato branco no colo.
POÇO: James Bond no espaço, por favor, nunca mais. Os filmes de Roger Moore eram pura comédia, sátiras de James Bond num filme de James Bond. Em "007 contra o foguete da morte" nos despedimos do vilão tragicômico Jaws, minha nossa, já foi tarde.

28/03/2012

O DIA EM QUE QUEBRAMOS TODAS AS REGRAS DO PÂNICO E NADA DE RUIM ACONTECEU

Um osso humano. Aletéia queria mais um osso humano para sua coleção (acho que ela estava tentando montar um esqueleto...). Naquela época, era fácil entrar no cemitério aqui ao lado, ele tinha uma cerca de metal com vários buracos, e os traficantes da favela ainda não circulavam pelo local, logo, era um cantinho seguro também.
Lá vamos nós para mais uma caçada ao osso. São dez da noite. Eu tenho uma lanterna comigo, meu namorado (é segredo) está se borrando de medo e quer voltar para casa antes da meia noite, um amigo nosso (não me lembro mais do nome) está tentando ficar com a Aletéia, Aletéia levou uma garrafa de Vodka e pretendia encher a cara e quebrar a garrafa na cabeça do amigo se ele bancasse o abusado.
Encontramos um canto sossegado entre dois túmulos, o céu noturno estava lindamente estrelado, me senti um tanto romântico, querendo dar uns amassos no Cris ali mesmo. Algum tempo depois, Téia pegou minha lanterna e foi até o buraco dos ossos (um lugar onde jogavam caixões velhos, desocupando alguns túmulos antigos). Nosso amigo foi atrás dela (pobre criatura apaixonada). Eu o Cris não bebemos nada (dã, sou eu), mas a Teia virou a garrafa. E foi na direção do buraco dos ossos cambaleando.
- Eu volto já.
Eu queria ver se ela iria cair lá dentro por acidente, mas notei que eu e o Cris ficamos sozinhos.
- Vem comigo, eu disse.
Passamos por um labirinto de túmulos e subi em um deles, eu queria sexo pra ontem.
- Não não, ele tremia, a Isabel vai ficar nervosa.
- Hã? Isabel?
Ele apontou para a plaquinha no túmulo.
- Certo, vamos fazer aqui ao lado então.
- Não, de jeito nenhum, os caixões estão bem aqui embaixo.
- Então vamos fazer aqui em cima, como eu falei.
- Com a foto da Isabel olhando pra gente?
&$%#@%, na escuridão, procurei por um túmulo sem nome e sem fotos. Subimos em cima, puxamos as bermudas até os joelhos e... (como isso pode ser proibido para menores de 18 quando dois menores estão envolvidos?). Tecnicamente, apenas eu curti a transa. O Cris estava tremendo. Ok, a pedra era fria e ele ficou por baixo, mas era puro medo.
- Vamos acabar logo com isso.
Ah, eu adoro ouvir isso durante o sexo...

Téia encontrou um fêmur e tentou bater no amigo com ele. O amigo queria passar mais um tempinho sozinho com ela, mas o Cris não queria se afastar do grupo e logo logo seria meia noite.
- O que vai acontecer a meia noite afinal? Nada, ok? Tá esperando a grande abóbora por acaso?
Anos mais tarde, por conta do filme "pânico", descobri que havíamos quebrado todas as regras, para se sobreviver num filme de terror, numa mesma noite.
Enquanto o Cris foi assolado por vários pesadelos nos dias seguintes, a mãe da Téia encontrou a coleção de ossos enquanto limpava a casa e jogou tudo fora.
Um mês depois, ela queria promover mais uma excursão até o cemitério, para encontrar, logo de cara, a figurinha mais difícil da coleção, um crânio.
Ela foi sozinha, e eu nunca mais a vi.

MISSÃO MADRINHA DE CASAMENTO

Uma das melhores comédias de 2011. Mas esse filme não tem cara de filme, parece um seriado de tv, não está caminhando na direção de nenhum clímax, e desse modo fica meio chatinho lá perto do final. Também tem algumas piadas que funcionam e outras que não, algumas são estranhas. Mas diverte bastante. Me fez lembrar das primeiras temporadas de "sex and the city", afinal, esse filme tem mais cara de "sex and the city O filme" que o próprio "sex and the city O filme". Kristen Wiig, que também assina o roteiro, me surpreendeu no papel da solteirona que ainda não sabe o que quer fazer da vida. E os coadjuvantes também não decepcionam. Comédia no inicio, romance no final. Alguém disse: é um "se beber não case" com mulheres. Que nada, esse é outro tipo de comédia, mais "novela da vida real", humor sem forçar a barra ou insultar seu intelecto.

MOMENTO "PREMONIÇÃO"

O namorado de Annie se mandou, sua confeitaria faliu. Ela agora trabalha numa loja de jóias e divide um apê com dois irmãos malucos. Depois de tantas perdas, ela fica sem ânimo para qualquer coisa, arrumando até um fodamigo bonitão (Jon Hamm) para não ficar na seca, não quer investir numa nova carreira e nem ir atrás de outro relacionamento. Quando sua amiga de infância fica noiva, Annie se torna sua madrinha e agora se ocupa em preparar as festinhas costumeiras. Mas ela bate de frente com outra madrinha, uma nova (e rica) amiga da noiva que tenta lhe roubar o posto de "melhor amiga". Com boas ideias, mas com pouca grana, é difícil competir com a tal moça. Annie parece que vai explodir a qualquer momento e, de fato, ela explode numa cena bem engraçada. O blu é simples (1 disco apenas) mas está cheio de extras. Destaque para o momento Jon Hamm, o momento "Tom Hanks" e para o suspeito restaurante brasileiro.









VEJA TAMBÉM: Vestida para casar, Noivas em guerra, O melhor amigo da noiva, Casamento grego, O casamento do meu melhor amigo.

NOVOS VELHOS FILMES

Parece que, finalmente, o cinema vai descobrir os livros de Marcos Rey (lembra da coleção vaga lume? tenho todos os livros do cara). UM CADÁVER OUVE RÁDIO e O MISTÉRIO DO CINCO ESTRELAS são dois livros que serão adaptados para o cinema, e ao mesmo tempo!
Em alguns livros do escritor, vemos três personagens principais (Ângela, Leo e Gino) resolvendo mistérios no estilo Scooby Doo na cidade de São Paulo. E por conta disso, ambos os filmes serão produzidos pela mesma equipe.
Isso é muito legal, em 2010 fiz uma postagem no blog dizendo que queria ver alguns livros do Marcos Rey sendo adaptados para o cinema. Se essa ideia vingar (ainda não há uma data para o inicio da produção) vou esperar ansiosamente pelas adaptações de SOZINHA NO MUNDO e O RAPTO DO GAROTO DE OURO, meus favoritos.

CONTROLE REMOTO

SMASH chega ao Brasil hoje. Steven Spielberg é o produtor executivo deste seriado. No elenco, nomes como Debra Messing e Anjelica Huston. Nesta nova serie você confere os bastidores de um futuro musical da Broadway sobre a vida de Marilyn Monroe. Atrizes, e aspirantes a atrizes, lutam pelo papel principal, enquanto os produtores enfrentam algumas crises durante a produção e em suas vidas particulares. Vale lembrar que 2012 é o ano do 50º aniversário da morte de Marilyn. "Aniversário da morte"? Que termo mais grotesco...

Quando? Hoje
Onde? no Universal channel
O quê? às 23 horas

O QUE VOCÊ VÊ QUANDO OLHA PARA ESSES BLOCOS DE LEGO?

27/03/2012

TARTARUGAS NINJA - O FILME

Apesar dos protestos na internet, Michael Bay bateu o pé, ele não está nem aí para os fãs, em seu filme, as Tartarugas ninja serão extra terrestres e fim de papo. E o criador dos personagens gostou da ideia. Mas, e os fãs? Como a gente fica nessa história? Aparentemente, nossa opinião não conta, chega de protestos na internet, vamos jogar caca na porta da casa do Michael Bay (ou um míssil).
Certo, "tartarugas extra terrestres", isso existe? (pode esquecer o "mutant" no titulo "teenage mutant ninja turtles", o famoso TMNT), mas isso explica tudo? O mestre Splinter também será um rato extra terrestre ou será cortado do filme?
Está na hora do nosso filme TMNT, e o que queremos? Fidelidade. Mas não precisa ser um filme tão violento quanto o gibi das tartarugas, o famoso desenho animado serve.
Temos a estranha substância chamada Ooze, que foi parar nos esgotos de niuiorqui e acabou criando um rato mutante. Anos depois, o rato usou o Ooze parar criar as tartarugas. Será que isso ainda cola? Pelo menos não é algo do tipo "radiação que dá super poderes".
Leonardo, Rafael, Michelangelo e Donatello aprenderam artes marciais com o mestre Splinter e agora combatem o crime nas ruas lá em cima (mas nada de "furgão de tartaruga", isso era só para vender brinquedos) e também o vilão Destruidor e seu clã do Pé.
Splinter ok, tartarugas ok e Destruidor ok, ninjas e artes marciais, muita luta. Para o "primeiro" filme já está de bom tamanho, nada de Dimensão X por enquanto. Na superfície, as tartarugas recebem a ajuda de April O'Neil (presença obrigatória no elenco do filme) que poderia viver um caso amoroso com Casey Jones (opcional).
Tartarugas digitais e um pouco de "o tigre e o dragão", e muita pizza também, o humor está garantido. Esse filme seria assim tão difícil? Alguma parte da mitologia das tartarugas envelheceu demais para os dias de hoje? O fator ninja talvez? Eu cortaria o Rocksteady e o Bipop, não fazem muito sentido. E não acho que a origem original seria um problema.
É uma pena que pouca gente conheça o filme de 2008, um longa animado digital muito interessante, ele respeita a cronologia da série. Na verdade, respeita tudo! Foi feito para os verdadeiros fãs e a CGI é soberba (não deve nada aos filmes da Pixar). Michael Bay deveria descobrir esse filme.
TMNT deverá estrear em 2013 e Jonathan Liebesman será o diretor. No currículo do cara, pouca coisa interessante, de "o massacre da serra elétrica - o inicio" a "invasão do mundo - batalha de Los Angeles". Este ano, vamos conferir seu "fúria de titãs 2". Ele pode até levar jeito com cenas de ação, mas é o maldito roteiro "extra terrestre" a nossa maior preocupação no momento...

CINEMA, HOMENS (SEM CENSURA) E PIPOCA

Eu estava dando uma voltinha pelos meus "favoritos" e visitei dois blogs do tipo "cinema, mulheres e pipoca". Um deles estava exibindo fotos de uma atriz completamente nua (e precisando urgentemente de uma depilação lá embaixo...), e não era um blog de "conteúdo adulto", digo, não exibe uma tela do tipo "sim, sou maior de 18" e "sou menor de idade, me tire daqui" (você já clicou nessa opção? Mentiroso). Por aqui, um carinha me disse que o blog tem um conteúdo adulto demais, "vou denunciar você" e blá blá blá. Em contra partida, houve um caso de um leitor que levou semanas para notar que este blog tinha um homoconteúdo, embora seja um heterocara, ele gostou do blog e ficou por aqui.
Certo, então, mulé pelada pode? E eu levei uma bronca por mostrar dois caras se beijando numa foto? (ok, havia um bumbum de fora, mas foi apenas isso). Você pode contar nos dedos, quantos pênis você já viu neste blog? E filmes eróticos? Será que eu vou ter que escrever "homoblog" em algum canto? Não tá na cara que o CHP® é um homoblog? Eu não preciso de um aviso do tipo "conteúdo adulto", preciso de um aviso do tipo "homoconteúdo", mas isso seria um prato cheio para os homofóbicos.
O titulo do blog será o único aviso a partir de agora e vai ter que quebrar o galho. Senão, eu mesmo vou denunciar o conteúdo adulto do "CMP", afinal, em comparação, meu blog é bem mais educadinho.