19.2.18

CINCO É A COR MAIS QUENTE


Sonho meu, sonho meu, que porra você anda aprontando?
Eu não precisava sonhar que estava fazendo amor com o meu namorado. Ele tá bem ali, dormindo ao meu lado. Mas lá estávamos nós, numa cama de solteiro, e ele sem barba (??). Quando olhei para o outro lado do quarto, vi outra cama, três moças estavam deitadas lá. Duas delas estavam se beijando, eu as reconheci, Natalie Portman e Mila Kunis. 
Eu sabia exatamente de onde meu subconsciente havia tirado essa imagem. Há algumas semanas, eu revi o blu-ray do filme ''Cisne negro'' com o Anselmo (ele ainda não tinha visto o filme. Tô tirando a virgindade cinematográfica dele toda semana). 
Então, lá estavam elas, Mila e Natalie se pegando na cama ao lado. A terceira moça era a Lupita Nyong'o (só por que vi o Pantera Negra na semana passada?). Não demorou muito, ela se juntou aos amassos lésbicos. E eu voltei a me concentrar no Anselmo. Mas quando olhei novamente, a cama das três moças havia se fundido com a nossa.
Opa, sexo a cinco? Pra mim vai ser novidade. Mas, por alguma razão, acordei de repente.
O horário de verão acabou. Eu acordei na mesma hora de sempre mas tava tudo escuro, escuro demais. Senti o Anselmo ao meu lado e estiquei a mão pra fazer um carinho. Acabei enfiando o dedo no olho dele. Por conta do sonho eu havia despertado em estado de alerta. Mostrei pro Anselmo que eu tava excitado. Meio minuto depois, eu tava dando continuidade ao sonho, mas o Selmo agora tava de barba.
No meio da escuridão total eu virei a cabeça e olhei para o outro lado do quarto, onde ficava a cama das meninas no sonho. Eu ainda podia ver as três ali, no maior pique. Não sei o que deu em mim, resolvi manter a imagem na cabeça (ai, caramba, espero que o Anselmo não leia essa postagem).
Com o fim do horário de verão nós ganhamos uma hora a mais na cama. Logo, repetimos a dose. Mas, desta vez, estávamos só nós dois. O sol já entrava pela janela, eu via apenas o Anselmo no quarto.
 

3 comentários:

Anónimo disse...

Tá, o meu é um comentário pouco cinematográfico... Mas qual é a possibilidade de encontrar você e seu namorado no cinema um dia, hipoteticamente, e aí nós três irmos parar na cama? Sou bonitinho o suficiente e esforçado!

(desculpa aí. é que fiquei com tesãozinho ao ler o post)

Não sou "anônimo". Meu nome é Daniel. Abraço

ALESSANDRO SKYWALKER disse...

oi daniel, a gente ficaria só no cinema mesmo rs

Marcelo Doni disse...

já fui no cinema com Alessandro antes dele namorar o Anselmo e ficamos só no cinema mesmo e o ficar para entender e ficar assistindo filme mesmo rsrrss..foi no shopping Higienopolis onde a poucos dias atrás um cara foi agredido dentro do banheiro e parece que foi um caso de homofobia e Anselmo convence o Alessandro a se dedicar a fazer roteiro esse garoto tem talento de escrever.