19.8.17

LIGADO EM VOCÊ


Programa para depois da escola, passar na casa do Alexandre e fazer aquilo com ele. Esse esquema já tinha algumas semanas e nenhum de nós estava interessado em namorar com o outro, a gente tava só de brincadeira. Naquele dia em questão a brincadeira ficou estranha. Eu havia tido um orgasmo mega blaster e fiquei alguns minutos deitado ali, em cima do cara.
Quando comecei a me mover, ele me disse pra não fazer isso.
- Não se mexe. Tem que tirar pra fora enquanto ainda está duro. Se tirar agora vai machucar nós dois.
Isso é verdade? Talvez seja, ele deve saber mais do que eu, ele é mais velho, tem 17 anos (quase um idoso).
- O que quer que eu faça então? perguntei.
- Espera ficar duro de novo e aí você tira. Ele disse.
Certo. Esperar. Estamos esperando. Resolvi fazer uma piada.
- E então, viu algum filme legal no cinema ultimamente?
- O último filme que vi no cinema foi o do Roger Rabbit. Não gostei.
Hein? Como assim ''não gostei''? Eu (ainda) amo aquele filme, ele é incrível.
- Acho que você não entendeu o filme. Ele tem efeitos especiais incríveis, a animação, a trilha musical ...
- Não, não gostei mesmo. Achei um filme bobo.
Ah, essa não, agora fiquei brabo. Eu deveria ... ''machucar nós dois''? Melhor deixar pra discutir isso depois.
- Anda logo, cara. Minha mãe vai chegar do trabalho a qualquer momento.
Eu tinha medo da mãe dele, ela parecia a madame Medusa de ''Bernardo e Bianca''. Mas o pai dele ... caramba ... aquele bigode, o peito peludo, mãos enormes ... senti uma reação. Estávamos livres !!!

Levantei da cama e comecei a me vestir.
- Olha, quando sair o vhs do filme, eu acho que a gente poderia ver ele juntos e ...
- Nem vem cara, aquele filme é uma droga.
Essa foi a gota.
- Quer saber? Só fiquei duro de novo porque pensei no seu pai.

Depois disso, ele não entrou em contato comigo no dia seguinte e nem na semana seguinte. Certo dia, ele apareceu na minha frente e me convidou pra ir na casa dele, mas com uma condição - se você pensar no meu pai de novo, eu te mato.
Tudo bem, vou pensar em algum filme bobo ...

1 comentário:

Lucas Romeiro disse...

Você tem as melhores histórias!!!