22.7.17

DÊ UMA CHANCE PARA ...


Quando pintou o trailer, o filme se chamava ''Ataque a Casa Branca''. Mas aí, ''Invasão a Casa Branca'' (com Gerard Butler e Aaron Eckhart) estreou antes, então eles mudaram o nome do filme por aqui. Desde então, ele é apenas O ATAQUE.
Esses foram os filmes-clones de 2013. Terroristas atacando a Casa Branca, Aaron Eckhart e Jamie Foxx como presidentes, Gerard Butler e Channing Tatum são os heróis. ''Invasão'' acabou fazendo mais sucesso, até ganhou uma sequência em 2016 (invasão a Londres). Mas eu curti muito mais o ''Ataque''. Em parte por ser tão parecido com ''Duro de matar 1 e 2''. 
O presidente virou refém, Tatum precisa entrar na Casa Branca de fininho. Mas sua maior prioridade é com certeza sua filha Emily, ela estava fazendo um tour pela Casa Branca quando os terroristas (norte americanos!) atacaram. A menina é esperta e não faz o tipo donzela em perigo. Se fosse natal, o filme seria um ''Duro de matar'' descarado.
O elenco ajuda bastante, o filme é divertido. Eu achei ''Invasão'' barulhento demais, super metido a patriótico, só efeitos, a gente não chega a se importar com os personagens. Roland Emmerich é o diretor de ''o ataque'', se fosse pra fazer um teste de olhos fechados eu diria que ele é o diretor de ''Invasão'', é mais a cara dele. Então aproveite esse raro momento em que Emmerich mandou bem.
 

Sem comentários: