31.5.17

CHP CULT


Eis um filme que chamou a nossa atenção em 1989, era novidade, mas era também uma ideia bem simples, um filme família, e o bebê tinha a voz do Bruce Willis.
Hoje a gente tem que aguentar babaquices como ''Os bebês geniais''. O garotinho de OLHA QUEM ESTÁ FALANDO nem precisava mexer a boca (garotinho? Na verdade foram 4 pivetes). Kirstie Alley tem um caso com um homem casado, e fica grávida dele. Ela entra em trabalho de parto dentro do taxi do John Travolta. Ela quer arrumar um pai exemplar para o garoto, mas ele, desde cedo, parece gostar bastante da companhia do taxista. O filme não envelheceu, continua divertido, tente não se lembrar daquela enxurrada de clones que surgiram na década seguinte (se bem que, ''Ninguém segura esse bebê'', de 1994, dá pro gasto).
A diretora Amy Heckerling também escreveu e dirigiu a continuação em 1990 (olha quem está falando também). Cinco anos depois, ela escreveu e dirigiu ''As patricinhas de Beverly Hills'' (outro cult). Em 1993 alguém teve a brilhante ideia de colocar as vozes de Danny DeVito e de Diane Keaton num casal de cachorros em ''Olha quem está falando agora''. Por essas e outras, apenas o primeiro filme vale a pena.
 

Sem comentários: