26.4.17

DIGA ''SIM'' ÀS DROGAS


A Universal quer fazer um filme que vai contar a história de Madonna. A cantora não gostou da ideia. Pra ela, o estúdio só quer chamar a atenção. Mas essa não vai ser a primeira vez que veremos um filme sobre Madonna sem a bênção de Madonna.
Os mais velhos da tribo se lembram de um obscuro VHS nos cantos mais empoeirados da vídeo locadora. Escondido entre filmes como ''Aprenda Kickboxer com Van Damme'' e ''Aprenda musculação com Dolph Lundgren''. MADONNA: INOCÊNCIA PERDIDA é um filme de 1994, feito para a tv.
O filme pega o básico da história, menina perde a mãe, vive com pai religioso, vai pra niuiorqui, quer ser cantora e tal. A atriz principal já tá na casa dos trinta e é difícil ignorar isso. Madonna surge como uma puta que usa o sexo para subir na vida, uma megera. Faz a gente acreditar que o filme foi feito por pessoas que odeiam a cantora. Eles também não podem fazer uso das canções, apenas Like a Virgin pinta no final. E que final foi aquele? Do nada a moça tira a canção da bolsa e diz: é com essa música que vamos estourar. O filme todo é assim, acho que queriam mostrar Madonna como uma moça ambiciosa, mas na maioria das vezes parece que ela enxerga o futuro.
É uma pena, fãs da cantora devem ter visto a fita e aí eles pensaram - uau, essa é a história verdadeira da Madonna? Agora eu sei tudo.
A história verdadeira da Madonna, só ela sabe. O que diabos a Universal vai produzir, ninguém sabe.









Sem comentários: