29.3.17

GALERIA DO TERROR


Um dos meus primeiros dvds, da época em que eles eram lançados em bancas de jornal, junto com uma revista (com 2 ou 4 páginas), o dvd era ''grátis'', eles diziam. Nem sei se o disco ainda roda. Stephen King e o cinema, um casamento bem longo. Seu primeiro livro virou filme dois anos após a publicação. ''A zona morta'' (1979) demorou um pouco mais, o filme foi lançado em 1983 e ainda virou seriado de tv em 2002.
O filme de 1983 (A HORA DA ZONA MORTA) foi dirigido por David Cronenberg, ele deixou muitas coisas legais do livro de fora, e, ainda assim, o que ficou, gerou um filme muito legal.
Christopher Walken sofre um acidente e entra em coma. Ao acordar, cinco anos depois, ele descobre que perdeu sua noiva, ela se casou com outro, e também descobre um super poder. Ele pode ver o futuro das pessoas ao tocar nelas. O dom se transforma numa maldição quando ele aperta a mão de um político (Martin Sheen - no meu dvd alguém escreveu "Charlie Sheen" no poster. E também escreveram ''Na hora da zona morta'') e descobre que, um dia, o cara vai se tornar presidente dos Estados Unidos, e ele vai começar uma guerra nuclear. O desfecho do filme é perfeito, embora seja um pouquinho diferente do livro. Bem, ambos valem a pena.














Sem comentários: