18.2.17

em cartaz - LION, UMA JORNADA PARA CASA


Eu não conheço a história do cara, que se desenrolou em 2012, e não li o livro. Eu só queria curtir o filme. Mas, no mês passado, um site de notícias falou sobre o filme (eu não li a reportagem) postando uma única imagem no alto da tela. Eu fiquei maluco, aquilo era um spoiler, agora eu já sabia o final do filme barra livro, e o filme nem havia estreado. Bem, aquilo acabou tirando toda a emoção do final do filme, ou talvez eu esteja apenas morto por dentro. O filme é dividido em dois atos, que são bem diferentes entre si. O primeiro é bem movimentado, o segundo se arrasta um pouco.



A trama começa em 1986. Saroo tem cinco anos (esse garotinho rouba o filme) e vive na Índia com a mãe e o irmão mais velho, Guddu, na maior pobreza. Um dia, ele o irmão se separam numa estação e Saroo dorme dentro de um trem. O trem não pega passageiros e não para nas estações, o menino passa vários dias lá dentro. Quando finalmente consegue escapar, ele está em outra cidade, do outro lado do país. Agora ele tem que viver nas ruas e, na Índia, as crianças de rua vivem num verdadeiro inferno (acontecem coisas horríveis com as crianças e eu agradeço ao filme por não entrar em detalhes). Alguns anos mais tarde, ele é adotado por um casal que vive na Tasmânia, Nicole Kidman e David Wenham.

O firefox não está respondendo


Aí o filme avança no tempo e vemos Dev Patel (bonitão) como Saroo. Ele resolve encontrar sua família indiana usando o Google Earth. Diferente de outros filmes com a mesma premissa, não vemos o cara pegando a estrada e fazendo perguntas. Ele só vai sair de casa quando tiver certeza de que encontrou o local certo. Logo, a segunda metade desta história se arrasta. Mas não é culpa do filme, ele é baseado numa história real.












FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: Lion
ANO: 2016
PAÍSES: australia, eua, reino unido
DURAÇÃO: 1h 58min
DIRETOR: Garth Davis
ELENCO: Dev Patel, Nicole Kidman, Rooney Mara, David Wenham e Sunny Pawar
ESTREIA BR: 16 de fevereiro de 2017
PRÊMIOS: indicado para 6 Oscars (melhor filme, ator coadjuvante (Patel), atriz coadjuvante (Kidman), roteiro adaptado, fotografia e trilha musical)


NA POLTRONA

10min - perdido
30min - garoto de rua
1 hora - Google Earth

Nenhum comentário: