26.11.16

DIGA ''SIM'' ÀS DROGAS


MIL SÉCULOS ANTES DE CRISTO (1966) é o retrato de uma época. Hollywood está pouco ligando para História, biologia, ciências no geral, o filme está aí para entreter, não para ensinar. Estamos no ''começo da vida'' no planeta (segundo o narrador), humanos trogloditas, do tipo que arrastam mulheres pelo cabelo, dividem espaço com iguanas gigantes e dinossauros famintos.

Acompanhamos o pobre Tumak, um cara que desafiou o líder da tribo, seu pai, e perdeu. Sem casa, ele atravessa meio mundo fugindo de monstros escamosos. O rapaz é salvo pela tribo de Loana (Rachel Welch pagando o maior mico). Essa tribo é formada por pessoas loiras que são bem mais inteligentes que a tribo de Tumak. O rapaz se depara com a mais alta tecnologia da época: roupas costuradas e lanças com pontas de pedra afiada. Tumak resolve voltar para casa, com uma lança hi tech, para desafiar o pai e seu irmão cretino.

Certo, o filme tem um pouco de história para contar, mas é muito pouco para 90 minutos. Então temos várias cenas com animais de stop motion lutando. Essa é a melhor coisa do filme. Todos os bonecos foram criados e animados por Ray Harryhausen, o mago do stop motion. No fim das contas, a trama não vale muita coisa porque, no final, um vulcão explode e mata muita gente. O estúdio queria impressionar e acabou perdendo a chance de fazer algo um pouco mais divertido.

 










Sem comentários: