19.9.16

DÊ UMA CHANCE PARA ...


Olha só pra isso. Críticas negativas quando o filme estreou em 2012. Depois li outras barbaridades quando saiu o dvd. E o blu-ray veio recheado, com três finais alternativos (que, na verdade, não são grande coisa) e uma versão estendida. E ainda assim, muita gente não curtiu GUERRA É GUERRA! e eu gostaria de saber qual é o problema. 

Metade filme de ação metade comédia romântica, isso te incomoda? O filme é uma diversão inofensiva, a trama parece ter saído de uma sessão da tarde dos anos 1980. O diretor McG pelo menos parou de usar aquele efeito ''pseudo matrix'' que a gente via a cada cinco minutos nos filmes das Panteras. E o elenco é adorável, Reese Witherspoon se sente em casa em qualquer CR. Chris Pine é o bonitão cafajeste e Tom Hardy é o bonitão sensível e romântico. Ambos são agentes secretos e ambos estão apaixonados pela mesma mulher.
A melhor amiga de Reese fica com as melhores piadas do filme, enquanto a moça tenta escolher com qual dos dois caras ela vai namorar a sério. E eles usam recursos da CIA para sabotarem um ao outro, colocando em risco uma amizade de longa data.

Dois momentos legais, eu passei o filme todo torcendo pelo Tom Hardy, ele faz mais o meu tipo. E Reese comenta que as mãos do Chris Pine são pequenas demais, como de um T-Rex, eu ri muito com isso. Beleza, meu namorado também tem mãos de T-Rex, aprendi a gostar.

2 comentários:

TJ disse...

Anselmo com mão de T-Rex? Esperando a postagem 2.000 da marcação homens para ver o Anselmo pelado. Como foi prometido para os leitores em 12 de setembro de 2014 - VOCÊ É TÃO FUCKING HOT, ANDY COHEN

Anónimo disse...

Huahuahuahuahua. Mãos de T-Rex. É verdade: a gente gosta da maioria das características de quem a gente namora, e o que não gosta aprende a gostar. Huummm, curto filmes assim. Vou conferir esse.