22.7.16

em cartaz - A LENDA DE TARZAN


Mega produções arriscadas, elas ainda existem. É fácil ver onde foi parar a grana do filme, ele é um espetáculo visual e tá cheio de animais digitais (acho que não vi nenhum animal de verdade no filme, tem até borboleta digital), e o herói ainda aparece, digitalmente, balançando nos cipós como num filme do Homem Aranha. E eu só conseguia pensar no David Yates. Seus filmes estão em algum lugar entre o bom e o ruim e raramente se trata de um lugar agradável, eu ainda tenho uma certa bronca dos últimos ''Harry Potter''. É verdade que esse Tarzan tem mais acertos que erros, mas eu ainda prefiro o filme do Christopher Lambert. O Tarzan de 2016, com sua força sobre humana (!?!) (até a Jane fala dele como se fosse um Superman), parece estar tentando competir com os atuais filmes de super heróis. Eu acho que algumas crianças vão curtir o filme.


- Estou sentindo uma cutucada.


A LENDA DE TARZAN tenta não ser um filme de origem. A trama começa na Europa. Tarzan, digo, John, está casado com Jane e já se adaptou a vida na cidade grande. Ele é uma celebridade. Aos poucos pintam os flashbacks, o naufrágio, a mãe gorila, o primeiro encontro com Jane, pouca novidade. Não demora muito, ele embarca de volta para o Congo para ajudar algumas tribos que estão sendo escravizadas por europeus malvados. Infelizmente, o personagem principal é justamente o único personagem do filme que não ganhou profundidade, nem diálogos memoráveis. Quem rouba a cena é a Jane (Margot Robbie) e o vilão Rom (Christoph Waltz, afiado como sempre), eles ganharam os melhores momentos do filme. E o Samuel L. Jackson surge como alívio cômico.
Jane precisa ser resgatada e Tarzan convoca leões, gorilas, crocodilos e solta uma manada de búfalos digitais em cima dos vilões (o clímax é exagerado mas foi muito legal). Algumas sequências de ação lembram ''piratas do Caribe'', como a batalha dentro do trem, são sequências que a gente não acha mais tããão legais assim.












FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: the legend of Tarzan
ANO: 2016
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 1h 50min
DIRETOR: David Yates
ELENCO: Alexander Skarsgard, Margot Robbie, Christoph Waltz, Djimon Hounsou e Samuel L Jackson.
ESTREIA BR: 21 de julho


NA POLTRONA
10 min - recrutado pelo Nick Fury
30 min - hakuna matata
1 hora - Lois Lane nas garras do vilão

Sem comentários: