12.5.16

CHP CULT


Você não pode chamar IMENSIDÃO AZUL de ''aventura'', ''drama'' ou ''romance''. É um daqueles raros filmes que não se encaixam num gênero específico. Você pergunta - esse filme é sobre o quê? - bem, IMENSIDÃO AZUL é um filme muito lindo, e ... é isso.
Pra mim, se trata do melhor filme de Luc Besson, que escreveu e também dirigiu. Lançado em 1988, o filme nos mostra dois garotos que adoram mergulhar, Jacques e Enzo. Depois que o pai de Jacques morre, durante um mergulho, os dois meninos se separam. Eles voltam a se encontrar na idade adulta. Jacques, o bonitinho Jean-Marc Barr, ainda pratica mergulho. O rapaz é metade golfinho, passa longos minutos no mar gelado numa boa. Enzo (Jean Reno) também continua mergulhando. Os dois ainda são amigos, mas se tornam rivais em competições de mergulho.
O filme tem belas cenas sub aquáticas. É indicado para quem curte o mar e também golfinhos. É quase mágico. O filme tem dois finais, a edição norte americana traz um final estendido, mais feliz. O final da edição original, francesa, é mais bonito, é misterioso e apaixonante.
O filme também tem três versões, uma com 168 minutos, outra com 132 minutos e outra com 118 minutos. 

Sem comentários: