2.5.16

CHP CULT


XANADU (1980) é brega, é ridículo, é um musical meia boca, Olivia Newton-John e Gene Kelly (seu último filme, coitado...) pagam o maior mico.
XANADU é amado por muitos gays, tem gente que adora as canções e nem liga para a trama bobinha, eu confesso, eu gosto de duas músicas, o filme é nonsense, tem disco music e patins, e é cult.

Na trama, um rapaz chamado Sonny vive de pintar capas de discos para anúncios. Ele odeia isso, ele quer pintar seus próprios quadros, mas não consegue fazer sua carreira de pintor decolar. Aí ele esbarra numa moça de patins (Olivia, trintona), ela lhe dá um beijo e depois desaparece. Mais tarde, ele a vê na capa de um disco e tenta descobrir sua identidade. Ao mesmo tempo ele se torna amigo de um músico aposentado (Gene Kelly, o cara tá velho mas ainda tem aquele sorriso que derrete minhas pernas), ele conheceu a misteriosa garota há muitos anos, ela fazia parte de sua antiga banda.
O nome dela é Kira, ela é uma das nove musas da mitologia grega, e ela adora andar por aí de patins. Kira e Sonny se apaixonam, tem até um musical animado, cortesia do cara que desenhou Dragon's lair (e vários outros filmes da Universal), só que Zeus não quer que Kira fique na Terra ao lado de um mortal.
Kelly (68 anos) até dá uns passos de dança, mas nada de saltos e rodopios. Algumas canções não empolgam, alguns números musicais são bem simplórios. O filme enche a boca para dizer que já entrou na década de 1980 (que massa), mas tem os dois pés na década de 1970 (tá russo).

1 comentário:

Marcelo Gaya disse...

Assumo meu lado brega...adoro Xanadu....tinha até fita cassete quando era adolescente...rsrsrs