17.12.15

livro - O MUNDO PERDIDO


Encontrei o livro num sebo por cinco pratas. Edição para crianças, traz alguns desenhos e eles são horríveis, nem dá pra acreditar que foram feitos por Ionit Zilberman. No canto superior direito de cada página, você vê um pterodáctilo. Ao virar as páginas rapidamente, o bicho bate as asas, mergulha e pega um peixe, isso é legal. Mas o texto não foi adaptado para crianças. Você sabe como são os ''biólogos'' de 100 anos atrás, eles adoram atirar nos animais, não têm o menor respeito pela natureza. E os britânicos são incrivelmente arrogantes. Se você não mora na Inglaterra, você não é civilizado. E assim começa essa aventura que se passa no ''Brasil''.

Na trama, quatro homens viajam até a Amazônia em busca de uma região desconhecida onde ainda existem dinossauros e homens macacos. O plano é convencer a comunidade científica com fotos e talvez com um troféu, uma cabeça de dino numa parede. Se os animais são lerdos e descerebrados, a culpa não é do autor, na época os paleontólogos pensavam desse modo. O grupo fica preso num platô, no meio de uma guerra entre os índios da Amazônia e os homens macacos. Se esse conflito vai levar os homens macacos à extinção, os caras nem ligam.

O livro de Arthur Conan Doyle (o criador de Sherlock Holmes) foi lançado em 1912 e virou filme em 1925 (o dvd já apareceu aqui no blog). No filme, os ''cientistas'' levam um dino até Londres, o bicho escapa e aterroriza a cidade. Pouco tempo depois, o filme ganhou uma nova versão (esse negócio de remake é antigo...). Em 1933, eles trocaram o dinossauro por um gorila gigante e o filme se chamou ''King Kong''.

O livro ganhou mais uma adaptação em 1960 (vale a pena pelos efeitos especiais divertidos) e o segundo ''Jurassic Park'' faz uma homenagem ao livro.










FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: the lost world
ANO: 1912
AUTOR: Arthur Conan Doyle
PÁGINAS: 184
EDITORA: novalexandria

Sem comentários: