1.12.15

GALERIA DO TERROR


Eu gostaria de poder fazer comparações, mas esse é um livro do Stephen King que eu ainda não encontrei. Se bobear, é apenas um conto. Acho isso porque o filme não tem muito conteúdo. Tem apenas 93 minutos de duração e enrola bastante.

CUJO é um adorável São Bernardo. Um dia, ele corre atrás de um coelho e acaba ficando com o focinho preso. Nesse momento, ele é mordido por um morcego. Cujo acaba contraindo raiva no pior sentido da palavra. O filme exagera demais, é como se fosse possessão demoníaca. Ele se torna um monstro assassino. De repente, está todo sujo de sangue. O bicho tenta matar seu dono, um garotinho chamado Brett, e encurrala o pivete e a mãe dele dentro de um carro.

Aí o filme fica interessante. Está fazendo o maior calor, a mãe e o garoto estão cozinhando dentro do carro, não podem nem abrir uma janela. É só tentar sair do carro que o cachorro aparece do nada. É a sequência mais legal do filme.

Quando eu era criança, o filme dava medo. Mas agora, consigo enxergar por baixo de toda aquela maquiagem de terror. O cachorro parece estar apenas brincando com os atores. Ele diz ''olá'' e os atores gritam. Ele deve ter ficado confuso.
















FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: idem
ANO: 1983
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 93 min
DIRETOR: Lewis Teague
ELENCO: Dee Wallace, Daniel Hugh Kelly e Danny Pintauro

Sem comentários: