18.11.15

DIGA ''SIM'' ÀS DROGAS


Seguindo o estilo de filmes como Sharknado, COWBOYS VS DINOSSAUROS tenta divertir o público com cenas absurdas, cheias de clichês. O filme coloca armas pesadas nas mãos de mulheres gostosas e frases de efeitos nas bocas dos homens machos de sangue frio. Ou seja, o filme não se leva a sério. E esse acaba sendo seu maior problema, porque ele não leva jeito para comédia. Não é uma droga que diverte por ser ruim.

Na trama, uma mina explode e dinossauros surgem das profundezas sem maiores explicações científicas. Aí eles começam a aterrorizar uma pequena cidade no interior do interior. E bota interior nisso - o que são aquelas coisas? - são dinossauros, sua mulher burra. Que pergunta besta.

Os efeitos especiais podem ser um tanto fraquinhos, mas poderiam ser salvos se a animação dos dinos fosse melhorzinha, eles se movimentam como se fossem bonecos num stop motion bem preguiçoso. E, para contornar o problema, e economizar grana, os bichos aparecem em cenas bem rápidas. E os humanos, bem, é aquela tal ''atuação de filme pornô'', entende?

O filme foi escrito pelo mesmo cara que criou ''Jurassic Attack'' e ''Poseidon Rex''. E ele escreve de dois a quatro filmes por ano, todos filmecos com monstros absurdos. Essa coisa virou moda em 2009 quando surgiu o primeiro Mega Shark (que ganhou seu quarto filme este ano), existem dezenas desses filmes por aí, mas poucos são realmente divertidos. COWBOYS VS DINOSSAUROS não traz nenhuma novidade, apenas revela que esse tipo de ''cinema'' já está mostrando sinais de cansaço.
 











Sem comentários: