30.11.15

A ÚLTIMA REUNIÃO DE FAMÍLIA ANTES DO APOCALIPSE


O ano de 2015 está sendo um ano memorável pro meu namorado, e a família dele também não vai se esquecer deste ano tão cedo. A gente marcou de se encontrar e a mãe do Anselmo ficou preocupada. Então ele teve que sair do armário. Vez ou outra, ele foi obrigado a conversar com os pais sobre sexo. Momentos constrangedores rolaram soltos pela casa do Anselmo durante o ano todo. Eu não queria arrumar confusão, eu queria que os pais dele estivessem cientes de que iria rolar homossexo no quarto do Anselmo durante a minha estadia, homossexo na casa deles. Eu precisava saber se eles estavam ok com isso. Logo, o Anselmo passou o ano todo traumatizando os pais, não vou entrar em detalhes, só posso dizer que ele passou muita vergonha.

Aqui em casa, reina a regra do ''seja gay lá fora, nunca embaixo do meu teto''. Meu pai entrou aqui hoje para ver os filhotinhos da Nina. Eles estavam brincando pelo chão enquanto eu estava mudando alguns dvds de lugar. Aí o meu pai bateu o olho no box da primeira temporada de Arrow. Eu nem reparei nisso. Mais tarde minha mãe apareceu e disse que o velho estava furioso.

- Ele disse que você tem um filme pornô com homens.

Eu não tenho não.
(mentira, tenho um monte, mas estão escondidos)
- Não sei o que ele viu, não tenho nada do tipo.

Aí o cara entrou de cabeça baixa e apontou pro box na mesinha.

- Esse é o Arqueiro Verde, eu disse, é um seriado de tv.

- Por que ele tá sem camisa?

- Sei lá. Pra aumentar o ibope.

(ah, eu adoro essa casa. Em momentos como esse, tenho meu pai sempre gritando e minha mãe sempre chorando)

Mostrei as outras duas caixas pra ele, segunda e terceira temporadas. Elas têm um poster mais educadinho. Aí ele olhou no verso do box e se convenceu. Ainda não contei pra ninguém aqui que o Anselmo vai passar a virada de ano na minha casa. Vai rolar homossexo? Ah sim, todos os dias. Por mais incrível que pareça, vamos ter muito mais privacidade aqui, onde nunca rolam papos constrangedores de teor sexual no estilo ''American pie''.
Não foi nada legal colocar uma toalha na cintura e atravessar o pequeno corredor até o banheiro dando de cara com a mãe do Anselmo (que parece estar sempre de prontidão na porta). 

- Bom dia 
(tradução: ele está nu, com certeza fez sexo com o meu filhinho)

- Bom dia
(tradução: olha só, é o esperma do seu filho aqui na minha coxa)

6 comentários:

Anselmo disse...

Ano incrível esse.
Só fiz o que que deveria ter feito e por você faria tudo de novo. Quis ter um pouco de cautela, afinal "gente sou gay" e "meu namorado vem passar uns dias aqui" poderia ser um pouco demais pra eles, não quero ser responsável pelo infarto de ninguém kkk, mas quem diria, tá todo mundo vivo e minha mãe adorou você!

Ultimo chefe de fase: O pai do Alessandro. Release the Kraken!

Homem, Homossexual e Pai disse...

Parabens pelo post, parabens pelas conquistas, não é fácil ser gay quando se mora com os pais, mas pelo jeito vcs estão conseguindo mostrar para a familia que nãoé um bicho de sete cabeças! Eu fiquei rindo com muitas passagens do seu texto mas especialmente o dialogo final! rsrsrs bom 2016 para vcs!

Anónimo disse...

ahahhahh Eu to besta com a reação do seu pai por conta de um box com cara descamisado. Onde ele estava na época de banheira do Gugu??? =O

Adoro a Dona Selmona ♥

Angelo disse...

Morrendo de rir com as histórias!!!
Parabéns aos dois. Já morei com minha sogra 2 anos, sempre temos ótimas coisas para contar.
Depois que morarem juntos e sozinhos a coisa melhora.
Boa Sorte aos dois,
Ps.: Podem compartilhar mais histórias como essas.

Anónimo disse...

Suas histórias são tão engraçadas que poderiam virar um seriado. Às vezes é até difícil acreditar que elas não são MESMO um seriado de TV.

ALESSANDRO SKYWALKER disse...

buuu, todo mundo adora rir das minhas desgraças, snif