30.8.15

livro - STAR WARS, KENOBI


É o melhor livro, do universo expandido, que já li. Sinto muito Timothy Zahn, mas eu adoro um faroeste. KENOBI poderia ser um western qualquer se não fosse ambientado em outro planeta. Tatooine virou o velho oeste, os fazendeiros de umidade são os cowboys e os Tuskens são os índios, eles até chamam os fazendeiros de ''colonos''.

A trama se passa logo após o final do episódio III. Obi Wan foi para Tatooine e entregou o bebê Luke para Owen Lars. Depois foi procurar um lugar para morar, não muito distante da fazenda dos Lars, sua missão é vigiar e proteger Luke.

Quem domina o livro é a dona de um famoso armazém local, Annileen. Ela toma conta dos negócios desde que o marido morreu e tem que criar dois filhos rebeldes. Como Obi Wan precisa de suprimentos, ele costuma dar as caras no local. Ele se apresenta como Ben e Annileen começa a se apaixonar por ele.
Os fazendeiros de umidade estão em guerra com os Tuskens. Assim como os índios, eles invadem propriedades e às vezes sequestram pessoas. O povo da areia ganhou sua própria mitologia nesse livro, suas vestimentas, seus costumes, sua religião, está tudo lá. E um deles, A'Yark, faz parte do elenco principal.

Ben dá uma de Superman barra Clark Kent quando os colonos estão em perigo. Ele tira proveito da escuridão, ou da névoa ou de qualquer outra coisa, para sacar seu sabre de luz e usar a Força. Depois volta a ser apenas Ben, o eremita, e ninguém desconfia de nada. Quando está sozinho, ele tenta se comunicar com seu antigo mestre, Qui-Gon, através de meditação. É legal ver como ele, aos poucos, deixa de ser o Obi Wan Ewan McGregor para se tornar o Obi Wan Alec Guinness.
O livro respeita não apenas os acontecimentos dos episódios II e III (amarrando algumas pontas) como também o seriado Clone Wars. E, é claro, tem também os acontecimentos futuros do episódio IV. O livro acaba ganhando um final tocante por conta disso.









FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: star wars, Kenobi
ANO: 2013
AUTOR: John Jackson Miller (star wars um novo amanhecer)
PÁGINAS: 522
EDITORA: aleph

1 comentário:

Gustavo disse...

Estou tentando terminar esse livro ainda esse ano.

Espero que consiga hahahaha! Até onde li, gostei bastante, tipo muito! Ben é Ben heheheh :)