20.6.15

POR ONDE ANDA ESSE FILME?


Ele passou pelo mix Brasil, mas nunca vi um dvd por aí. INTERIOR. LEATHER BAR. é um documentário de 2013 co-dirigido pelo James Franco. E é também uma produção meio que sem sentido algum.
Em 1980 foi lançado o polêmico ''Parceiros da noite'', onde vemos um detetive (Al Pacino) se infiltrando no ''sub mundo gay'' para encontrar um assassino. Ele finge ser gay e entra num bar de S&M. Reza a lenda que 40 minutos do filme foram cortados para evitar que a produção ganhasse uma classificação +18. O diretor William Friedkin admitiu que havia muitas cenas fortes de homossexo no filme, e que elas só foram cortadas porque não estavam ajudando na trama, não tinham nada a ver com os assassinatos.
Nesse documentário, James Franco está recriando esses 40 minutos perdidos por alguma razão. A United Artists destruiu as cenas originais na época, por isso o documentário tem que usar a imaginação, ou seja, são apenas homens fazendo sexo, certo? Então vamos apenas filmar homens fazendo sexo, é simples.
É isso aí, James Franco dirigindo cenas de sexo gay (explícito, diga-se de passagem). Mas o documentário é só um making of das tais cenas, isso é que não faz sentido. Elas foram filmadas e aonde foram parar?
Nesse doc com cara de extra de dvd, Franco defende o polêmico ''art porn''. Você pode dizer que é lindo e artístico ou pode dizer que é só sacanagem mesmo. Os 40 minutos perdidos foram filmados, mas nesse doc você só vai ver duas pequenas sequências finalizadas. O restante do filme acompanha um heteroamigo do Franco que está beeem nervoso por conta do homoconteúdo. Ele faz o papel do detetive, mas não faz cenas ousadas. James está apenas se divertindo, filmando as reações do amigo que é obrigado a ver dois homens fazendo sexo na sua frente.
Se a gente nem sequer chega a ver os famosos 40 minutos finalizados, qual é a razão de ser dessa produção?


FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: idem
ANO: 2013
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 60 min
DIRETORES:  James Franco e Travis Mathews
 

7 comentários:

Fernando F disse...

Alessandro, esse filme ta no netflix.

Anónimo disse...

tem na netflix

Anónimo disse...

Está no netflix

Luiz disse...

Tem ele completo no netflix.

ALESSANDRO SKYWALKER disse...

é verdade, tá no netflix, mas essa série de postagens procura por dvds nacionais.

Anónimo disse...

Acho que ele só quer instigar, querlevar a sociedade a um nível de pertubação que conflite a afirmação de heteronormatividade. Ou so quer sacanear com aqueles que se importam demais com a sexualidade alheia (ele adora deixar todos confuso com sua bi-relativa-sexualidade)

É como um trabalho de TCC ele usou uma base e divagou sobre seus pontos de vista sociais em cima do tema. Pra mim bateu em pontos ótimos que precisam ser revistos e precisam entrar na cabeça da sociedade moderna. Principalmente que o normal não é o certo. E o certo nem sempre é normal.

Como produção é bem ruim, mas como analise eu achei perfeita. Queria poder ler a ideia dele pra construção do roteiro.

Pietro disse...

Ta no netflix com qual nome? Este mesmo Interior. L Bar ou tem algo a mais/diferente?