6.6.15

DIGA ''SIM'' ÀS DROGAS


CORPO EM EVIDÊNCIA (1993) é um dos melhores piores filmes já feitos. E eu não sei por que tanta gente o odeia. Acho que ele foi vendido da maneira errada. Foi filmado ao mesmo tempo que ''Instinto selvagem'' e foi lançado um ano depois. Para muitos, o filme era um clone de ''Instinto selvagem''. Mas foi apenas coincidência. Ok, o plot é quase o mesmo, mulher sexy mata homem durante o sexo e depois dá em cima do detetive barra advogado. 
Michael Douglas era viciado em sexo, foi a primeira celebridade a assumir esse vício. E aí surgiram boatos de que as cenas de sexo de IS eram reais. Em CORPO EM EVIDÊNCIA, Madonna e Willem Dafoe dispensaram dublês de corpo, mas as cenas de nudez da cantora só foram vistas nas versões domésticas do filme, elas não foram exibidas no cinema.
É sexo de mais ou sexo de menos? Tirando as cenas picantes (só a sequência da cera de vela com champanhe já põe ''50 tons de cinza'' no chinelo), o filme tem sequências legais de tribunal. Com uma homo-revelação lá no final. 
Se trata de um thriller policial com toques de sexo, bem no estilo ''Instinto selvagem'' (é difícil não comparar), mas eu acho que muita gente só queria dar uma espiada na nudez da Madonna. 
Ela escolheu William Dafoe para o papel do advogado, ela recebeu um salário absurdo, ela teve permissão para improvisar nas cenas picantes, ela pode ter usado o filme para promover ainda mais o álbum ''Erótica'' e o livro ''Sex'', lançados no ano anterior, enquanto o filme ainda estava em produção. Será que é esse o maior problema do filme? Ele foi pré fabricado? É apenas mais um produto com a marca Madonna?
O filme tem alguns problemas é verdade, mas está longe de ser uma bomba. Eu só colocaria outro ator no lugar do Wiilem Dafoe, por conta das cenas de nudez. Ora, naquela época, a Madonna era doidinha pelo Antonio Banderas. E por que não?













FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: body of evidence
ANO: 1993
PAÍSES: eua, alemanha
DURAÇÃO: 99 min (101 min na versão mais abusada)
DIRETOR: Uli Edel (Cristiane F)
ELENCO: Madonna, Willem Dafoe e Joe Mantegna
PRÊMIOS: framboesa de ouro de pior atriz.

3 comentários:

Anónimo disse...

Alê, você tem Filmow?

Rafael Caribé disse...

Já que era um guitlyn pleasure assumido e caça-niquel de Instinto Selvagem, deveria ter escalado um ator mais galante no papel principal. Mesmo que não tenha nada contra o Dafoe no geral (curti sua bunda em Anticristo, inclusive). Ps. Deixar 50 Tons no chinelo não é lá tarefa das mais difíceis rsrsrs Parece que o povo nunca viu nada dos anos 80-90 nem mesmo pornochanchada. Crepúsculo com sexo burocrático supostamente sado-maso. Isso é que é sexy atualmente? Marlon Brandon em Uma Rua Chamada Pecado nem transava no filme e já era sexualmente mais impactante.

ALESSANDRO SKYWALKER disse...

outra rede social?
não consigo arrumar tempo nem pro facebook ...