16.5.15

DIGA ''SIM'' ÀS DROGAS


Ainda no clima de ''Mad Max'', que tal um futuro pós apocalíptico bem absurdo? HELL COMES TO FROGTOWN é um filme de 1988, tem um pouco de ação, de ficção científica e de comédia acidental (porque o filme é ridículo). 
Num futuro próximo, a raça humana está quase extinta. Um cara chamado Hell (corpão legal) fica famoso quando se descobre que ele é o único homem fértil do mundo. Uma corporação administrada por mulheres captura o pobre homem, que agora será obrigado a engravidar todas as mulheres, ainda férteis, do mundo para dar continuidade para nossa espécie. O pênis dele se torna propriedade do governo. Se ele não se comportar, um dispositivo preso no dito cujo lhe dará um choque elétrico. E se Hell tentar fugir, seu ''cinto de sem-castidade'' vai explodir.
Ao lado de uma cientista de óculos (ou seja, o clichê da mulher feia que na verdade é bonita) e de uma militar chamada Centinella (a mulher macho do filme, com cabeça raspada), Hell é levado até uma cidade habitada por mutantes. O líder da cidade tem um harém de mulheres humanas férteis. O trio vai tentar resgatar essas mulheres.
Esses mutantes são atores usando uma cabeça de sapo, as bocas se movem e os olhos também. Até que são bonitinhos. Mas as sapas são nojentas, com uma maquiagem bem grotesca.
Como é o sexo que move a trama, a cientista Spangle e a militar Centinella não perdem uma chance de tirar uma casquinha do pobre Hell, no caminho para a cidade dos sapos. Curiosamente, a batalha final entre Hell e o líder mutante acontece no mesmo rochedo onde o capitão Kirk enfrentou o homem lagarto. Um dos episódios mais amados de ''star trek''
O filme ganhou uma continuação em 1992 que foi lançada no Brasil com o título ''A VINGANÇA DOS SAPOS ASSASSINOS''. Todos os personagens estão de volta, mas os atores mudaram (e o Lou Ferrigno está entre eles). A continuação consegue ser pior que o filme original, porque quer ser levada a sério...












FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: idem
ANO: 1988
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 86 min
DIRETORES: Donald G. Jackson e R.J. Kizer
ELENCO: Roddy Piper, Cec Verrell, Brian Frank e Sandahl Bergman.

Sem comentários: