28.4.15

DÊ UMA CHANCE PARA ...


Para alguns, James Dean era homossexual, para outros era bissexual, e tem gente que prefere não tocar no assunto. Só mesmo um filme independente poderia falar sobre isso sem medo de sofrer algum tipo de boicote. JOSHUA TREE, 1951: A PORTRAIT OF JAMES DEAN é um filme de 2012 que nos mostra o ''James Dean gay'', sem medo de ''sujar'' a imagem do ídolo.
Na trama, vemos o rapaz chegando em Los Angeles e se matriculando numa escola para atores. Um colega de classe, sem nome no filme (o bonitão Dan Glenn), se torna seu companheiro de quarto, e aí os dois se tornam amantes (com direito a uma cena de sexo deliciosa). Jimmy tem contato com alguns homo-ricaços (Robert Gant, queer as folk, aparece nos minutos finais) e participa de muitas festinhas particulares. Dean só se tornou famoso quando trocou LA por niuiorqui, o filme só conta suas aventuras de antes da fama. 
O filme não é nenhuma grande produção, usa alguns truques para contornar o baixo orçamento, mas faz bonito, vale uma espiada.


FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: idem
ANO: 2012
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 93 min
DIRETOR: Matthew Mishory
ELENCO: James Preston, Dan Glenn, Clare Grant, Edward Singletary e Robert Gant.

Sem comentários: