26.4.15

CHP CLASSIC


Recuperar um filme independente, e gay, dos anos 1960 não é fácil. Faltam alguns frames no dvd de FLESH, mas dá pra assistir. FLESH faz parte de uma série de quase dez filmes, consecutivos, que foram estrelados pelo muso gay da época Joe Dallesandro, produzidos por Andy Warhol e dirigidos por Paul Morrissey. Os caras adoravam o Joe, com vinte anos na época, ele era assumidamente bissexual (mas se casou 3 vezes, com mulheres) e tirava a roupa nos filmes sem hesitar. FLESH é uma espécie de celebração à nudez de Joe Dallesandro, ele começa o filme nu e termina o filme nu, não esconde nem a ereção.
O filme quase não tem história, ele foi escrito e filmado de um jeito pra ficar parecido com um vídeo caseiro barra documentário. Joe é um garoto de programa, ele precisa juntar 200 dólares para pagar o aborto da namorada de sua esposa. Ninguém no filme é apenas hétero ou apenas gay. Quando não está trabalhando nas ruas, Joe está conversando com amigos. A turma fica jogando conversa fora e alguns contam histórias pessoais. É como um vídeo caseiro, não tem jeito de filme. Apesar de tanta nudez, não há cenas de sexo.
FLESH faz parte de uma ''trilogia'', existe o filme TRASH (1970) e o filme HEAT (1972), mas cada um conta uma história diferente. HEAT por exemplo é uma paródia de ''crepúsculo dos deuses''.











FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: idem
ANO: 1968
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 89 min
DIRETOR: Paul Morrissey
ELENCO: Joe Dallesandro, Geraldine Smith e Patti D'Arbanville.

Sem comentários: