6.2.15

em cartaz - O DESTINO DE JÚPITER


Parece que ''Matrix'' foi o ''Cidadão Kane'' dos irmãos Wachowski, quero dizer, eles nunca mais vão fazer algo tão legal. ''Speed Racer'' foi uma droga, ''A viagem'' conseguiu ser pior ainda. E agora, em O DESTINO DE JÚPITER, o dois voltaram a investir na ficção científica pesada com efeitos especiais incríveis, o filme é de se encher os olhos, os efeitos e os figurinos, um espetáculo visual. Mas, diferente de ''Matrix'', o filme escorrega no roteiro. Infelizmente, essa trama bobinha acaba prejudicando demais o filme. Sim, ele é divertido, parece uma espécie de ''Cinderela intergalática'', deveria ter investido mais nos vilões, intrigas palacianas são legais, poderia ter alguma reviravolta chocante, a trama tem potencial mas parece ser um resumo rápido de algo grande e intrincado demais para o cinema. Tão frustrante quanto tentar encaixar o livro Duna num filme de 90 minutos.


- Jar Jar Binks, preciso da sua ajuda.


Mila Kunis é Júpiter Jones (wow, começou bem), uma garota que deixou a Rússia com a família e que agora trabalha como doméstica nos isteites. Sua vida muda completamente quando o alien Channing Tatum aparece para protegê-la no estilo ''exterminador do futuro''. Júpiter é a nova rainha do universo e precisa se manter viva até ser coroada. O vilões, atuais herdeiros do império (entre eles está o Eddie Redmayne (a teoria de tudo), querem impedir a coroação. O planeta Terra é um planeta bastante cobiçado, e eles não querem abrir mão dele. Logo, Tatum precisa proteger a nova rainha dos caçadores de recompensas que estão aqui (supondo que você esteja lendo este blog no mesmo planeta que eu) tentando matá-la. No fim das contas, o personagem do Tatum parece ter sido o único personagem que recebeu algum tratamento especial quando a história foi escrita, o filme quase nem liga para os vilões. O público mais jovem vai gostar, é meio ''conto de fadas''.  













FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: Jupiter ascending
ANO: 2015
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 127 min
DIRETORES: Andy e Lana Wachowski
ELENCO: Channing Tatum, Mila Kunis, Sean Bean e Eddie Redmayne.
ESTREIA BR: dia 5 de fevereiro.

Um comentário:

João Felipe disse...

Ow, cê achou A viagem ruim? Esse filme tá subindo no meu top injustiçados.