3.1.15

GUIA DO TERROR


Eu amo esse filme, um dos melhores filmes de monstro que já vi, e olha que é um filme de 2006. Os melhores filmes de monstros estão num passado distante. O que torna O HOSPEDEIRO diferente e atraente, é o fato do filme não seguir as famosas regras norte americanas. Nessa produção sul coreana, o bicho feioso não leva 30 ou 40 minutos para aparecer na tela, e ele já aparece de corpo inteiro, em plena luz do dia, e no meio de uma multidão apavorada. A criatura tem fome e não perde tempo fazendo suspense num canto escuro. Isso dá ao filme um aspecto mais realista.
No centro da trama temos uma família comum, que vende frutos do mar num parque. O monstro foi criado acidentalmente por um, olha só, norte americano que trabalha na cidade e que não liga para as normas de higiene. Lição de moral, nunca jogue produtos químicos no esgoto.
A criatura surge do rio e a cidade entra em pânico. O governo consegue isolar o local, mas os membros da pequena família precisam driblar os militares, entrar na zona de quarentena e resgatar uma menina, a filha do protagonista. O monstro a pegou, mas ela conseguiu evitar ser devorada. E ela tem que ser resgatada rapidinho. O governo norte americano ofereceu ajuda, porém, eles vão soltar na cidade um perigoso artefato chamado Agente Amarelo. E por conta disso, os cidadãos coreanos começam a protestar. Ou seja, tem política, e também comédia, drama e terror.














FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: gwoemul
ANO: 2006
PAÍS: coreia do sul
DURAÇÃO: 119 min
DIRETOR: Joon-ho Bong
ELENCO: Kang-ho Song, Hie-bong Byeon e Hae-il Park.

Sem comentários: