25.1.15

dvd/blu-ray - MAZE RUNNER: CORRER OU MORRER


Ok, resolvi dar uma chance para outro filme de ''super-adolescentes-do-futuro-quero-ser-o-novo-jogos-vorazes-baseado-num-livro-infanto-juvenil''. E acabei gostando do tal MAZE RUNNER. Com um pouco de ''Lost'', ''Resident evil'' (os games) e ''O segredo da cabana'', o filme tem segredos suficientes para manter você de olhos pregados na tela por um bom tempo. Não importa se as poucas respostas, dadas no final, não foram muito satisfatórias (na verdade, achei alguns trechos bem forçados), isso não prejudica muito o restante do filme. Embora a trama seja boa, a apresentação deixa um pouco a desejar, o filme tem potencial mas parece que quer evitar uma classificação +18 a todo custo. Poderia ter dado mais atenção aos personagens e aos diálogos, criando um clima bem mais tenso.


- É o senhor das moscas?


Um rapaz bonitinho desperta num elevador de carga sem memória alguma. Ele vai parar numa clareira onde vivem outros garotos desmemoriados. Há um bosque e um pequeno rio no local, mas tudo está cercado por gigantescos muros de pedra. A cada mês, o elevador deixa suprimentos e um novo garoto no local. Durante o dia, uma porta fica aberta, e o labirinto que cerca a clareira pode ser explorado. Durante a noite, ele é habitado por criaturas tecnorgânicas. Em pouco tempo, o rapaz se lembra que seu nome é Thomas, e decide explorar o labirinto, mesmo colocando em risco a segurança dos outros, para descobrir o que diabos está acontecendo. Nem tudo é explicado no final, há um gancho para a parte 2. ''Maze Runner: prova de fogo'' deverá estrear em setembro e, que pena, vai trazer o mesmo diretor do primeiro filme.
Então, o meu placar agora é esse: Jogos Vorazes: zero, outros: dois.











FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: the maze runner
ANO: 2014
PAÍSES: eua, canadá, reino unido
DURAÇÃO: 113 min
DIRETOR: Wes Ball
ELENCO: Dylan O'Brien, Aml Ameen, Ki Hong Lee, Blake Cooper, Thomas Brodie- Sangster, Will Poulter e Kaya Scodelario.

3 comentários:

Francisco Almeida disse...

Também curti, só o melodrama no final cagou o filme e aquele menino gordinho/fofinho liquidou o clima de hostilidade do local. Seria um ótimo filme se tivesse sido bem conduzido. Faltou mostrar sangue em meio a tantas mortes que ocorreram.

Anselmo disse...

Bom filme, mas ainda gosto mais de jogos vorazes. Agora Divergente não tem razão pra existir.

Fernando F. disse...

'Prova de fogo' é o meu livro favorito. Conseguiu dar a maioria das respostas do primeiro livro/filme, sem ser mais do mesmo. Só resolvi ler os livros quando soube que a Kaya iria fazer a Teresa, sou fã dela desde 'skins'(obrigado Inglaterra, pelas melhores séries adolescentes que já vi, Skins e My mad fat diary). Fico feliz que vc tenha gostado Alessandro, mas ainda acho que vc deveria dar outra chance pra jogos vorazes. Vc pode baixar pela internet, ver na Tv à cabo ou no netflix. Acho que sua opinião iria mudar e se não mudasse, seria só mais um filme ruim na lista dos que vc já assistiu.