16.12.14

TUDO PARA FICAR COMigo ELE


1- TRÊS MOÇAS E UM PLANO

E quando convidei o Cleiton para ver um filme no fim de semana, outros dois amigos se convidaram automaticamente. Tudo bem, não gosto de multidões dentro do cinema, mas pode ser legal. A professora desistiu da vida há muito tempo, ela fica na dela e os alunos ficam só conversando. Três garotas ouviram a nossa conversa dentro da classe e se auto convidaram também. Ok, três meninas e quatro meninos então. Se fosse um encontro, a conta também não daria certo, porque dois dos meninos só querem saber de outros meninos.
Na verdade, nenhuma delas estava a fim de ver o filme. Leandra queria ficar comigo (correção, não existia ''ficar'' naquela época), suas amigas eram a equipe de apoio. Nos encontramos no cinema, compramos os ingressos e entramos na sala. A equipe de apoio já estava fazendo seu trabalho, elas afastaram os garotos para longe permitindo que Leandra se sentasse ao meu lado.
Mas havia uma falha nesse plano. Sentado do outro lado do Alessandro, estava o Cleiton (você tira a virgindade do cara e ele já começa a achar que vocês são marido e esposo). Antes do filme começar, a Leandra me disse que queria me contar uma coisa, mas eu teria que ir até o corredor com ela.
- Acabamos de sentar, eu choraminguei.
- É coisa rápida, vamos.
Uma vez fora da sala, ela me disse que queria me beijar.
Lição grátis: banque o adulto responsável e você desarma qualquer uma.
- A gente não é namorado, a gente nem se conhece direito, seria estranho. E eu não tenho tempo pra namorar, quando não estou na escola estou trabalhando, meus fins de semana são apertados (tudo mentira), a gente quase não se veria.
- Ah, tá bom - disse ela, assumindo seu tamanho de bolso.
Voltamos para a sala. Enquanto eu me maravilhava com o filme (O exterminador do futuro 2), rolava um blá blá blá entre o pessoal. Um dos garotos deu a volta até as poltronas de trás pra falar no meu ouvido.
- Ela deu pra você lá fora?
Levei alguns segundos pra entender a pergunta.
- Olha, eu disse, eu não sei o que você entende por sexo mas, te garanto, não costuma durar meio minuto.
O Cleiton também ouviu a fofoca, e estava disposto a se vingar.



2- SUSHI PARA TODOS

Meu lado esquerdo, Leandra tentando pegar na minha mão. Meu lado direito, Cleiton raspando sua perna na minha. Aí ela disse que queria ir ao banheiro, eu disse ''tudo bem'', e ela disse ''me mostra onde é'' e eu disse "à esquerda no corredor'' e ela disse ''me leva até lá, por favor''. 
Não acredito nisso, estou perdendo o melhor filme que já vi na minha vida (Jurassic Park, só daqui a dois anos). Só me levantei da poltrona porque, mentalmente, decidi voltar ao cinema, sozinho, no fim de semana seguinte. O Cleiton viu a gente saindo e foi atrás.
Eu apontei o banheiro para ela e aí o Cleiton apareceu e disse: 
- Já achou o banheiro? Eu e o Alessandro precisamos ir também.
Antes que eu dissesse alguma coisa, ele já estava me puxando pelo braço para dentro do WC masculino.
Ele queria satisfações. Não, eu não fiz sexo com ela, droga, não fiz nada, ela só queria um beijo. Não acredito que estou perdendo meu filme.
Aí ele me beijou, me puxou para dentro de um box e botou a mão dentro da minha calça.
Não sei quanto tempo se passou.
Saímos do WC e encontramos a Leandra sentada num banco no corredor. Voltamos para a sala e vimos o restante do filme.
Depois disso, a gente foi comer sushi. Eu nunca soube se a Leandra entrou, ou não, dentro do WC dos homens, e viu, ou ouviu, alguma coisa. Só sei que, do nada, ela jogou sushi no Cleiton e depois foi embora, atravessou toda a praça de alimentação em cinco segundos. As amigas correram atrás.
Na semana seguinte, na escola, haviam muitas teorias circulando, tentando explicar o ocorrido. A mais forte delas era: pobre Leandra, apaixonada pelo Cleiton e ele nem dá bola pra ela. Se tornaram o ''casal'' favorito nas piadinhas dentro da classe. Eles ficaram doidos de raiva. E eu nem ligava pra isso, eu tinha o Exterminador do futuro 2 e muito espaço dentro do cinema.


Senhoras e enrustidos, apresentando: 오렌지캬라멜

4 comentários:

Raul disse...

Deve ter sido um horror esse cinema!!! Cruzes!
Adoro suas estórias!

Léo disse...

Caramba nunca achei que veria um MV de k-pop por aqui :v Pobre garota... (mentira, ninguém aqui tem dó)

Anónimo disse...

Adoro suas Histórias(você daria um ótimo roteirista.) E adoro K-Pop também!!!!

Anselmo disse...

Ah o sexo oposto, já consegui me livrar algumas, mas poucas ainda conseguiram o que queriam.