8.12.14

POR ONDE ANDA ESSE FILME?


Quantas vezes já vi Colin Firth num homopapel? Quatro ou cinco vezes? APARTAMENTO ZERO é um filme de 1988, a homossexualidade neste filme é apenas sugestiva, mas tem algo lá sim. Colin vive num AP (é o apartamento número 10, mas o número 1 caiu) em Buenos Aires com sua mãe doente. Ele precisa cuidar dela o tempo todo, raramente sai de casa, tudo bem, ele não é muito social mesmo. O rapaz só dá as caras na rua quando quer pegar um cinema, e ele vê muito cinema, gasta uma fortuna comprando ingressos, e por conta disso, ele agora é obrigado a alugar um quarto no AP.
Aí ele conhece um cara bonitão chamado Jack, se sente atraído por ele logo de cara. Mas Jack tem um passado misterioso que incomoda bastante o pobre Colin. Ele começa a acreditar que Jack é um assassino ou um terrorista, e ele o trouxe para dentro de sua casa. A pegadinha do filme é essa, Jack é realmente um cara do mal ou Colin está ficando maluco. A mãe dele já está sofrendo de demência, será que isso é hereditário? O filme vai deixar você com essa dúvida por um bom tempo. Aí começam as mortes, algumas revelações e um final meio amargo. Mas, cara, que filmão, sinto saudades.


FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: apartment zero
ANO: 1988
PAÍSES: reino unido, argentina
DURAÇÃO: 124 min
DIRETOR: Martin Donovan
ELENCO: Hart Bochner, Colin Firth e Dora Bryan.

Sem comentários: