4.12.14

CHP CLASSIC


Eu nunca fui muito fã do DUMBO porque, quando o vi pela primeira vez, eu esperava ver algo maior. Eu era pequeno, mas já conseguia reconhecer aquelas sequências que só estavam lá para aumentar a duração do filme, ''Dumbo'' poderia ser um curta metragem fácil fácil.
A história é bem rasa, então existe essa necessidade de ficar enrolando um pouco. Antes de ''Dumbo'', ''Branca de neve'' e ''Pinóquio'' conseguiram passar dos 80 minutos. Mesmo enrolando, ''Dumbo'' quase não passa de 60 minutos. Aquela sequência onde o Dumbo fica bêbado dura um tempão e parece mais uma viagem no ácido, não serve para as crianças de hoje. Sim, muita coisa mudou desde 1941, e os corvos agora são chamados de racistas.
O filme pode até ser um tédio nesses momentos onde a trama deixa de avançar, mas há muitas cenas marcantes na trama principal. A história de Dumbo e de sua mãe e o preconceito barra bullying dos outros elefantes, isso poderia ter sido esticado. Essas cenas são poucas mas são fortes, seria muita maldade fazer o elefantinho sofrer tanto. 
Uma dessas sequências fazem o filme valer uma espiada (alguém ainda não viu?), o momento em que Dumbo visita sua mãe presa derruba qualquer marmanjo.













FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: Dumbo
ANO: 1941
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 64 min
DIRETORES: Samuel Armstrong, Norman Ferguson, Wilfred Jackson, Bill Roberts, Ben Sharpsteen e John Elliotte.
ELENCO DE VOZES: Sterling Holloway, Edward Brophy e James Baskett.
PRÊMIOS: Oscar de melhor trilha musical.

Sem comentários: