23.11.14

dvd - THE NORMAL HEART


E aí pinta aquela velha história sobre gays + aids + anos 1980 e a gente torce o nariz. Essa história de novo? Sem pesquisar, sei que tenho uns seis filmes com esse tema e uma mini série também. Já deu o que tinha que dar não é? Depois surgiram os nomes dos atores, muita gente de peso e muitos atores assumidamente gays (e Brad Pitt é um dos produtores executivos). Depois o assunto era: Mark Ruffalo e Matt Bomer fazendo sexo. E aí, lá estava THE NORMAL HEART na capa de várias revistas. Caramba, é do Ryan Murphy, a gente tem que dar uma espiada nesse filme. Então tá, tem homem pelado e um pouquinho de nada de sexo, é um drama e não um filme erótico, ok? E apesar do elenco estelar e da impecável produção, o filme não traz nada de novo. Você pode juntar ''Filadélfia'' com ''Clube de compras Dallas'' e ''Meu querido companheiro'' e ''Angels in America'' e o raio que o parta e dizer que já viu de tudo. ''The normal heart'' tem um pouco de cada coisa.



A gente não se cansa desse gif


O filme, baseado numa peça, começa em 1981. Mark Ruffalo não é muito querido pela comunidade homossexual porque escreveu um livro retratando os gays como fúteis e como predadores sexuais. Logo de cara, Jonathan Groff fica doente e morre. Ninguém sabe exatamente o que está acontecendo. Surge o ''câncer gay''. A doutora Julia Roberts está muito a frente de seu tempo e tem muitas teorias estranhas. Ela acha que a epidemia está se espalhando através do contato sexual. É claro que a moça vira motivo de piada ao pedir que os gays parem de fazer sexo. Mark conhece Matt Bomer e os dois começam a namorar. Mark funda um grupo de ajuda para os gays após perceber que o prefeito de NY não está fazendo nada para lidar com essa epidemia (aparentemente, a doença só atinge homossexuais, quem liga para eles?). Mark passa o filme todo tendo ataques de fúria, seus amigos estão morrendo e muitos hospitais se recusam a internar os homocaras infectados. Há um momento tocante no final, e apenas no final. É um filme sobre a batalha pelo reconhecimento da aids como uma epidemia que deve ser levada a sério pelo governo. O presidente norte americano só tocou no assunto em 1984.













FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: idem
ANO: 2014
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 132 min
DIRETOR: Ryan Murphy
ELENCO: Mark Ruffalo, Jonathan Groff, Taylor Kitsch, BD Wong, Julia Roberts, Jim Parsons, Matt Bomer, Alfred Molina e Denis O'Hare.

1 comentário:

Rafael Caribé disse...

Verdade. Mas o filme tem momentos fortes e todo o elenco tem momentos para brilhar. Rufalo, Bomer, Roberts, Molina, Parson, td mundo super bem!