27.11.14

DÊ UMA CHANCE PARA ...


Depois de assistir ''sob a pele'', fiquei com vontade de rever AQUI É O MEU LUGAR. Os dois filmes são bem parecidos. Um ritmo mais tranquilo, nenhuma pressa (e não é Sofia Coppola), poucos diálogos, você tira suas próprias conclusões porque os personagens não dizem o que pensam barra sentem o tempo todo. O filme foi ignorado pelo Oscar, estreou em 2011, passou pelo Brasil em 2012 e o dvd só apareceu por aqui em 2013, que descaso é esse? O filme é tão legal.
Sean Penn é um roqueiro na meia idade que está super entediado. Ele não se apresenta há anos, mas nunca tira a maquiagem pesada. Ele vive com a esposa numa mansão na Irlanda, onde ele ainda é famoso. Um dia, o cara recebe uma ligação dos isteites dizendo que seu pai, que ele não vê há 30 anos, está morrendo. Como o roqueiro tem medo de voar, ele pega um barco. A viagem vai ser demorada mas tudo bem, por conta de seu modo de vida ele se tornou a ovelha negra da família, ninguém vai recebê-lo de braços abertos.
Ao chegar na América, ele descobre que está atrasado, seu pai já morreu. Antes de voltar pra casa, ele faz uma descoberta. Seu velho esteve num campo nazista durante a segunda guerra e foi torturado por um nazi que ainda está vivo, ele passou seus últimos anos procurando o tal cara, que agora está escondido nos isteites. 
Sean resolve atravessar o país para encontrar esse homem, só assim seu pai poderá descansar em paz. O filme tem drama e comédia nas doses certas. Sean Penn, todo maquiado, nem precisa abrir a boca para nos fazer rir em alguns momentos. Seu estilo gótico faz dele um peixe fora d'água, ele vai cruzar com muitas pessoas diferentes durante sua jornada e vai ter tempo de sobra para refletir sobre sua vida.


FICHA TÉCNICA

TITULO ORIGINAL: this must be the place
ANO: 2011
PAÍSES: itália, frança e irlanda
DURAÇÃO: 118 min
DIRETOR: Paolo Sorrentino
ELENCO: Sean Penn, Frances McDormand, Judd Hirsch, Eve Hewson e Kerry Condon.

Sem comentários: