5.11.14

DÊ UMA CHANCE PARA ...


OSMOSE JONES é um filme que tem um sério problema. Os desavisados vão achar que se trata de uma animação feita para crianças. Ok, ele é bem educativo até certo ponto. Mas não dá pra ignorar o clima adulto, algumas piadas de teor sexual se tornaram memes na internet.
É um filme para quem cresceu nos anos 1980, meio ''Miami Vice'' meio ''Um tira da pesada'' meio ''48 horas''.
Bill Murray é Frank, o sujeito mais nojento do mundo (o filme também é bem nojento, os irmãos Farrelly adoram piadas nojentas), ele só come porcarias, para o desespero da filha de 10 anos, que já perdeu a mãe (porque ela só comia hambúrguer). Frank cuida dos animais em um zoo. Um dia, um chimpanzé rouba um ovo que Frank ia comer e o cara pega o ovo de volta, ele foi parar no chão após ter caído da boca do animal. Frank come o ovo e o vírus La Muerte Roja entra em seu corpo.
Aí começa a parte animada. Osmose Jones (Chris Rock) é uma célula branca que protege o corpo de Frank contra invasores. A ''cidade de Frank'' tem um prefeito preguiçoso (William Shatner), preocupado com a reeleição, tem crime organizado, pobreza, sujeira, e todos os problemas costumeiros de uma grande metrópole. Quando Frank ingere um comprimido, Jones ganha um parceiro, Drix. Eles precisam encontrar o vírus, que já tomou conta do submundo do crime, e salvar Frank da morte certa. 
Como se trata de uma homenagem ao gênero, o filme está cheio de clichês, é claro que Jones só vai resolver o caso após ter sido dispensado pelo chefe de polícia, e Drix é exatamente o oposto de Jones. Existem alguns easter eggs ao fundo que necessitam de um pause no dvd, jornais, revistas e anúncios, trazem algumas piadas não recomendadas para menores. Um espermatozoide num canto, homo-sugestões e assassinatos brutais.
OSMOSE JONES foi adaptado para a tv, um seriado com um clima bem mais light.

FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: osmosis jones
ANO: 2001
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 95 min
DIRETORES: Bobby e Peter Farrelly (quem vai ficar com Mary?)
ELENCO: Bill Murray, Chris Rock, Laurence Fishburne, David Hyde Pierce, Brandy, William Shatner, Ron Howard e Kid Rock.

2 comentários:

Anónimo disse...

Ai q postagem chata!

Anselmo disse...

O filme é bacana e o texto é bacana.