27.9.14

DIGA ''SIM'' ÀS DROGAS


Bom, eu não conheço mitologia cristã, então não sei dizer se essa é uma versão fiel da história ou não. O ano é 300 d.c. e o imperador romano Diocleciano está uma fera porque alguém anda botando fogo em sua casa. Ele não confia em mais ninguém e, por causa de uma briga (ou algo parecido, momento confuso), ele expulsa do palácio o seu brinquedo erótico favorito, o cristão SEBASTIANE (que dá nome ao filme).
Sebastiane é enviado até um lugar distante onde ele deverá ser treinado como legionário. Mas ele não está a fim de lutar, se recusa a pegar em armas e fica o tempo todo fazendo poesias para o seu deus loiro e de olhos azuis (não sei dizer quem é o sujeito que aparece em suas visões, mas não é um Brad Pitt). O oficial romano, responsável pelo treinamento do grupo, não tolera esse tipo de comportamento e castiga Sebastiane várias vezes.
Os homens reclamam do duro treinamento, mas a gente quase não vê os caras treinando. O lugar parece ser uma colônia de férias, eles nadam no mar, tomam banho quente e uma sauna, eles brincam (até o limite físico da heterossexualidade, e depois vão além), e jogam frisbee (?!?!?!?!?). 
Um deles, o bonitinho Justin, está se apaixonando por Sebastiane (que não é grande coisa), mas o oficial romano também está apaixonado pelo cristão. Sebastiane se recusa a fazer sexo com o romano e o cara fica revoltado. 
Produção, baixo custo. Atores, fraquíssimos. Figurino de época relaxado e teor histórico (não dá pra perdoar o frisbee na praia), desprezível. Roteiro, duas páginas, não investe nos personagens, a gente não sabe quais são suas motivações.
Então? O filme pode ser salvo?
Sim !!! ''Sebastiane'' é um filme cheio de homens pelados, o tempo todo e a todo momento. Parece ser uma homenagem à beleza do corpo masculino (alguns atores se salvam nesse quesito). Essa é a razão de ser do filme, homens pelados e aventuras homossexuais. E aí você quase nem nota a trama fraquinha.
O filme é falado em latim e tem legendas em inglês na cópia original. Por isso as legendas em português ficam dentro de enormes retângulos opacos que escondem um pouco do filme.

FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: Sebastiane
ANO: 1976
PAÍS: reino unido
DURAÇÃO: 86 min
DIRETORES: Paul Humfress e Derek Jarman
ELENCO: Barney James, Neil Kennedy e Leonardo Treviglio.

3 comentários:

Pietro disse...

O filme é do tipo Emmanuele rsrsrrsrs é claro, feito para os homocaras.

Desconhecia esse filme, enfim, tenho algo para assistir na próxima quarta.

Anônimo disse...

Mas não se espante com o "frisbee", elementos intempestivos são um recurso estilístico do diretor, cujo maior problema mesmo é ser chato.
Prefiro logo um pornô, mas Jarman tinha os seus admiradores!

Fábio Alves disse...

Psiu, só faltou dizer que essa é a versão do diretor sobre a vida de São Sebastião, "protetor" dos gays e que, dizem, teve mesmo um caso com o Imperador Diocleciano (e teria caído em desagrado com este por preferir o amor de outro homem, sendo então mandado para o suplício das flechas).

Derek Jarman tem hora que eu adoro, tem hora que eu odeio. Mas ainda não vi esse filme para saber o que sentir sobre ele.