24.9.14

CHP CLASSIC


Essa é uma dobradinha Liz Taylor e Tennessee Williams. São duas peças do cara que foram transformadas em filmes que foram estrelados por Elizabeth Taylor. O tema? homocaras no armário. Seria um escândalo daqueles fazer um filme sobre isso em 1958/59. Mas essas duas produções conseguiram driblar a censura.

Em GATA EM TETO DE ZINCO QUENTE, Liz está casada com Paul Newman. O casamento está numa fase horrível, ela está sexualmente frustrada, não consegue levar o maridão pra cama. E isso a está deixando deprimida. Paul é um ex jogador de Football, com um pai dominador. O rapaz acaba de perder seu melhor amigo e agora passa cada minuto de seus dias enchendo a cara, para poder suportar a morte de Skipper
É claro que o filme não pode entrar em detalhes, a moça não aguenta mais ver o marido de porre e começa a juntar as peças do quebra cabeças. Tá na cara que seu marido e Skipper eram mais que amigos. Você vai ter que tentar pescar isso nas entrelinhas dos diálogos.












FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: cat on a hot tin roof
ANO: 1958
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 108 min
DIRETOR: Richard Brooks
ELENCO: Elizabeth Taylor, Paul Newman e Burl Ives
PRÊMIOS: indicado para 6 Oscars



Agora estamos em 1959 e a dobradinha vai tentar ser um pouco mais abusada. Em DE REPENTE, NO ÚLTIMO VERÃO, Katharine Hepburn entra em contato com um famoso cirurgião, Montgomery Clift, um cara que acabou de realizar uma bem sucedida lobotomia num hospital. A moça quer que ele faça uma lobotomia em sua sobrinha (Liz Taylor), que acaba de deixar um hospital psiquiátrico. O médico descobre que Liz teve um colapso nervoso após presenciar a morte de seu primo Sebastian. A coisa certa a se fazer é tentar recuperar sua memória. Com muito cuidado, o filme explica que Sebastian usava sua prima como isca para paquerar outros homens. Essa descoberta acaba sendo esquecida pelo público quando chegamos no clímax, a morte horrenda de Sebastian.
A ''Legião Católica da Decência'' forçou o roteirista do filme a cortar fora todas as referências homossexuais. Sebastian não tem rosto e nem voz nesse filme. O produtor discutiu bastante com Montgomery Clift, que estava sempre drogado ou bêbado, durante as filmagens. Katharine Hepburn acreditava que o produtor estava implicando com Clift porque o ator era homossexual. Dizem que, quando ela terminou de gravar suas cenas, ela cuspiu na cara do produtor supostamente homofóbico.













FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL: suddenly, last summer
ANO: 1959
PAÍS: eua
DURAÇÃO: 114 min
DIRETOR: Joseph L Mankiewcz
ELENCO: Elizabeth Taylor, Montgomery Clift e Katharine Hepburn
PRÊMIOS: indicado para 3 Oscars

Sem comentários: