28.1.13

JOÃO E MARIA - CAÇADORES DE BRUXAS


Esse lance de contar uma nova e mais adulta versão de um conto de fadas já rendeu filmes legais e filmes imperdoáveis. Aqui temos uma história interessante, no papel. O filme ganhou vida, mas nasceu com deformações horríveis. Tudo aquilo que não se deve fazer e tudo aquilo que não queremos ver. Mas alguém em Roliúdi acredita que esse tipo de coisa é a receita perfeita para o sucesso. Já vimos isso antes, já aprendemos a lição, mas Holly não aprendeu nada ainda. E lá estão eles, Hansel e Gretel no áudio do filme, e João e Maria nas legendas (é claro que passei longe das cópias 3D dubladas), mas tem que ser assim, senão a criançada não vai... opa, esse não é um filme para crianças não. É infantil e bobinho em alguns momentos, e isso incomoda, mas também tem mulher pelada e muita violência. É um Mortal Kombat (o jogo, não aquele filme educadinho de 1995), cabeças explodem, pessoas são desmembradas e há muito muito sangue jorrando. O filme quer provar que foi feito para gente grande (com estômago) mas ofende um pouco o seu intelecto.


TREMAM DE MEDO, X-MEN, A FÊNIX NEGRA VOLTOU

E o filme até que começa legal. Ele mostra o conto original. João e Maria são abandonados pelo paizão sexy numa floresta, por algum motivo, e encontram uma casa feita de doces. Blá blá blá, bruxa vira churrasquinho. Pinta a abertura, que também é legal, a trilha musical dá um toque "Tim Burton" ao filme. E vamos parar no futuro, os garotos cresceram e se tornaram os melhores caçadores de bruxas do pedaço. É fácil, eles são imunes a feitiços, por algum motivo (você vai desvendar o mistério muuuuito antes do final), usam roupas e armas futuristas (nenhuma explicação, o filme é exagerado, só isso) tem insulina e, é claro, lutas no estilo Matrix. Sim, é esse tipo de filme. Famke Janssen é a super bruxa que pretende realizar um complicado feitiço para tornar todas as bruxas do mundo imunes ao fogo. João e Maria precisam deter a vilã, mas, eles ainda não sabem, toda a trama tem ligações com o passado dos dois. Como eu disse, a ideia não é ruim, o problema é a apresentação. O filme também tem algumas cenas fortes ao lado de cenas bobinhas, tem um troll nesse filme, ele é a cara do Ron Perlman (parece um boneco da oficina do Jim Henson) e nos faz lembrar da saga Crepúsculo (aquilo foi uma piada???). Se quiser correr o risco, procure por cópias 2D, aí você não vai lamentar tanto a grana perdida no ingresso.











EVITE TAMBÉM: O padre, Caça às bruxas, Van Helsing.

2 comentários:

ALESSANDRO SKYWALKER disse...

FICHA TÉCNICA

TITULO ORIGINAL: Hansel & Gretel, witch hunters
ANO: 2013
PAÍS: eua, alemanha
DURAÇÃO: 88 min
DIRETOR: Tommy Wirkola (zumbis na neve)
ELENCO: Jeremy Renner, Gemma Arterton, Famke Janssen, Pihla Viitala e Thomas Mann
DATA DE ESTREIA NO BRASIL: 25 de janeiro de 2013

Anderson Silva disse...

Olá,nossa adoro esse blog,só tem artigo bom,sempre que dá estou passando aqui,depois que meu amigo me recomendo nunca mais deixei de visitar,alguem sabe me falar se assim aqui é bom http://www.softwarecelularespiao.org ? abraços,assim que der eu volto pra comentar aqui no blog