31/10/2012

LISTA DE COMPRAS - NOVEMBRO

MAGIC MIKE
O blu norte americano já foi lançado, escapou de minhas mãos na última segunda, mas vou fazer uma encomenda em breve.


BATMAN - O CAVALEIRO DAS TREVAS RESSURGE
E vai ter para todos os bolsos, simples, duplo e uma caixa com a trilogia reunida.


W.E - O ROMANCE DO SÉCULO
Sim, é o filme da Madonna. Talvez tenha alguns problemas na direção, mas é a trama que atrapalha mais. O filme conta duas histórias, a segunda (nos dias atuais) nem faz sentido, deveria ter ficado apenas no tal romance do século.


UM MÉTODO PERIGOSO
É um filme interessante que também vale a pena pelo elenco. Viggo, Fassbender e Keira. Viggo quase levou um Globo de ouro, mas o Oscar nem quis saber desse filme.


MOTOQUEIRO FANTASMA - ESPÍRITO DE VINGANÇA
Me fez gostar mais ainda do primeiro filme. Por favor Nic, já chega.


DIÁRIO DE UM JORNALISTA BÊBADO
Outra decepção, e a culpa não é do Johnny Depp, bem, talvez um pouquinho.


VALENTE
Ah, e por falar em decepções. Crianças miúdas vão gostar do filme.


A SEPARAÇÃO
Vencedor do último Oscar de melhor filme estrangeiro (Irã), um filme cuja trama prende você, mas tem um final...

O ESPETACULAR HOMEM ARANHA
Não é aquele filme do Aranha, é apenas mais um filme do Aranha, mas é legalzinho.

DRIVE

DRIVE passou batido pelo Oscar, merecia mais. O filme tem aquele jeitão cult. E é um "2 em 1", o que incomoda um pouco, alguém é baleado e o filme muda de cara ficando beeeem violento em seguida. Antes disso, havia espaço para o romance. Os diálogos são poucos, Ryan Gosling quase não abre a boca. A trilha musical é legal, adorei "a real hero". E acabei gostando muito mais do final do filme do que do final do livro, no qual o filme foi baseado. Metade romance metade policial, DRIVE tem um certo charme, assim como seu protagonista silencioso. Toda vez que ele dá um sorriso para Carey Mulligan, minhas pernas viram gelatina. A moça também está espetacular, falando pouco, nesse filme o pessoal se comunica apenas com o olhar.

OLÁ VIZINHO

Como no livro, o personagem de Ryan não tem um nome, ele é apenas o Motorista. Durante o dia, ele trabalha como dublê em Roliúdi, dirigindo e capotando carros, e também numa oficina mecânica. Durante a noite, ele ajuda criminosos a fugirem da polícia. Ele é o cara que espera no carro, após o assalto ele pisa no acelerador. O Motorista conhece muito bem as ruas e usa um radio da polícia para se guiar. Consegue fugir de viaturas e de helicópteros. Num belo dia, ele encontra sua vizinha Irene e o filho dela. Um pseudo namoro começa. Mas o marido de Irene está deixando a prisão e vai voltar para casa em breve. O cara está devendo muita grana para pessoas perigosas, e, para garantir a segurança de Irene e de seu filho, o Motorista oferece seus serviços. Quando a barra fica pesada demais, ele mostra seu verdadeiro eu e, seja bem vindo à segunda metade do filme, bem diferente da primeira. Infelizmente, o blu não tem extra algum, nada de nada.











VEJA TAMBÉM: Jackie Brown, Velozes e furiosos, Cães de aluguel, Vida Bandida, Onde os fracos não têm vez, Matador de aluguel.

30/10/2012

chp apresenta


ESPECIAL 
DE DIA DAS BRUXAS
 (ANO 5)

Postagem anual e obrigatória no blog desde seu primeiro Halloween em 2008. Mas, desta vez, resolvi dar um descanso para o meu bonequinho do Jack Esqueleto, que sempre apareceu nessas edições de dia das bruxas. Também não vou recomendar filmes de terror como sempre faço. A cada nova edição de Halloween, fico imaginando se esta não será a última, porque não gosto de ficar me repetindo, então, se eu tiver uma ideia nova, faço uma nova edição. E até o momento fiz 4 edições de Halloween, todas diferentes. Este ano também será diferente.
LENDAS URBANAS,
mas não qualquer lenda urbana, são lendas da Era da internet. Lendas que estão se espalhando através de um click do mouse. 
Escolhi cinco histórias apavorantes que eu gostaria de ver na tela grande. Uma prova de que ainda existe material para novos filmes de terror, a gente não precisa ficar vendo sequências desnecessárias todo ano.
Agora, apague a luz.


CUJO
Uma mulher encontrou uma foto de um cão husky siberiano num disquete. O animal está sorrindo alegremente. Mas ela ficou louca e se matou. Dizem que essa imagem causa ataques epiléticos. Por quanto tempo você aguenta ficar olhando?


O RAKE
Os mais antigos relatos, sobre a aparição desta criatura, datam de 1691. Na web você encontra centenas deles, vindos de várias partes do mundo. Mas o que é que o Rake faz? Quase nada. Ele costuma ficar ao lado da sua cama, imóvel, apenas observando você durante o sono. Aos poucos, uma loucura vai tomando conta da sua mente. Para acabar com esse sofrimento, você vai ter que se matar. Em 2006, uma mulher acordou no meio da noite e pegou o Rake observando seu marido. O bicho não gosta de ser pego no flagra. Para se vingar, ele matou a filha do casal. Alguns anos depois, a mulher colocou um gravador em seu quarto, ela o ligava todas as noites antes de se deitar. Na terceira semana, ele gravou a voz do Rake. Ela nunca mais o viu, mas sabe que ele está em seu quarto, observando, enquanto ela dorme.


MIAU
Nem mesmo o gatinho da torrada escapou. Dizem que, se você ficar olhando para a animação do nyan cat durante 666 minutos e 6 segundos, vai ver o bichano se transformar. O rosto muda, o cenário muda, tudo fica mais obscuro e horripilante, surge o som de mulheres gritando e a frase "Conati sunt Nyan Cat" (meu latim não é lá essas coisas, mas "ossos sagrados"??). Um cara se enforcou no banheiro depois de ver tudo isso. Ele estava com marcas de arranhões na barriga, os arranhões formavam a frase  "Non est prospere in vita" e ele tinha unhas de gato nos bolsos.


E QUEM É ELA?
A origem da pintura tem várias versões, mas o desfecho da história é um só. Se você passar tempo demais olhando para a imagem, ela vai se mexer. Tem um video no youtubo, mas não dá para confiar. Se concentre apenas nesta imagem, até onde sei, ela não é um gif.


E NÓS TEMOS UM VIDEO MALDITO
Um video maldito não poderia ficar de fora. Ele mostra alguns trechos de um seriado infantil do início da década de 1970, o Candle Cove. O video, supostamente, traz mensagens subliminares. Se você sobreviveu ao video maldito do Pokemon, que eu mostrei no blog, então espero que sobreviva a este também. Se puder, dê um pause em 0:37, macabro... 

DIGA "SIM" ÀS DROGAS

Quando eu era bem pequeno, dizia para mim mesmo, esse filme deveria ganhar um Oscar. Cara, naquela idade, eu dava um Oscar pra cada filme... mas eu gostava muito de O IMPÉRIO DAS FORMIGAS. 
Não pensei duas vezes quando vi o dvd, esquecido num canto empoeirado de uma loja.
"Esta é a formiga, ela deve ser tratada com respeito, pois poderá ser, algum dia, a espécie dominante do planeta". E assim começava essa adaptação de um conto de H.G. Wells. 
Vemos um grupo de pessoas num litoral isolado pesquisando se vale a pena comprar um terreno no local. Mas ali no mar, alguns maus elementos estão jogando fora lixo nuclear. Um barril veio parar na costa e as formigas na praia resolveram nadar no liquido que está vazando. E agora temos formigas gigantes (claro, como se aquelas patinhas finas pudessem suportar um peso que...ah é Hollywood). E as formigas gigantes vão caçar e matar todos os humanos do pedaço.


O filme mostra dois tipos de formigas. Quando estão interagindo com os abre aspas atores fecha aspas, elas são marionetes. E a câmera se move feito louca para todos os lados durante o ataque, logo, você não vê maiores detalhes do bichinho de espuma.
As outras formigas são de verdade, aprisionadas atrás de um vidro (o vidro é bem visível). E elas também são péssimas em matéria de atuação, muitas formigas sobem no vidro (olha lá a formiga "pisando" no céu) quebrando o "efeito especial". Outras estão apenas passeando por miniaturas de casas. Quando precisam dividir uma tela com os atores, a película é colada com cuspe.
E as formigas gritam, e como gritam. Gritam quando atacam e quando são atacadas. E são gritos de mulher, e aí você fica na dúvida, foi a formiga ou foi uma das atrizes quem gritou?
A trama tem alguns furos, muitos clichês e é previsível também. Durante a fuga, o pessoal vai parar no pior lugar do mundo (quando se fala de uma infestação de formigas gigantes) eles entram numa usina de açúcar.
No final, a rainha formiga revela seu plano diabólico. Se você chegou até aqui, parabéns.

NÃO SEI SE QUERO VER ISSO

Então a Disney comprou a Lucasfilm por 4 bi e agora está prometendo um novo star wars para 2015. Mas "star wars episódio 7" não será o começo de uma nova trilogia, a Disney quer lançar novos filmes da saga até o fim dos tempos. Sem o império, sem Darth Vader, sem Yoda (talvez com descendentes da família Skywalker) esse sétimo filme vai precisar de MUITA ajuda.

COISAS QUE VOCÊ PRECISA APRENDER SOBRE A VIDA

OS SIMPSONS

BART: Sabe o que eu acho? Eu acho que o Gasparzinho é o fantasma do Riquinho.
LISA: É verdade, eles até se parecem.
BART: Como será que ele vai morrer?
LISA: Talvez perceba que a busca pelo dinheiro é uma coisa banal e resolva então se matar.

29/10/2012

REPLAY - O JAMES BOND DE DANIEL CRAIG

CASSINO ROYALE é um filme marcante na franquia de James Bond. Até pouco tempo atrás os direitos do livro, o primeiro no qual o personagem aparece, estavam em outras mãos. O livro ganhou um filme (feito para a tv) em 1954 e uma paródia em 1967. E, como se trata da primeira aparição do personagem, resolveram que este seria um filme de origem. Bond acabou de ser promovido, agora ele é um agente 00, ou seja, com permissão para matar, e M ainda não sabe se pode confiar nele. Bond, o primeiro loiro e o primeiro ator mais novo que a franquia de filmes, é truculento demais, atira primeiro e pergunta depois, ou tenta.
E, no que diz respeito aos momentos de ação, James Blondie deve agradecer a um certo Jason Bourne. 
QUANTUM OF SOLACE continua do ponto em que Cassino Royale parou. James procura vingança, e a Bondgirl de plantão também. A "saga de Vesper" termina nos minutos finais quando James finalmente aprende uma lição, se aproximando mais do Bond clássico. Mas a trama desse segundo filme é bem fraquinha.
Agora temos um Bond muito mais físico, que não se preocupa com estilo. Menos arrogante, poucas palavras, mais ação e pouco dependente das mirabolantes invenções do departamento Q.

007 - OPERAÇÃO SKYFALL

Num belo dia, alguém disse - é o melhor filme de James Bond até o momento. Na semana seguinte li que - apenas Javier Bardem salva o filme. Nhé, SKYFALL é mais ou menos isso. A história tem duas páginas, não decepciona nos momentos de ação, em vários momentos o filme está apenas enchendo linguiça, há inúmeras referências aos filmes clássicos (o personagem está completando 50 anos, é um filme comemorativo), e muitas piadinhas no estilo "duro de matar", que não combinam com o universo de James Bond. Na balança, metade do filme pode irritar os fãs, a outra metade cobre você com ouro. A MGM estava passando por maus bocados e quase perdeu os direitos do personagem, é verdade que SKYFALL surgiu em tempo recorde, mas não parece ser um filme feito às pressas, apenas a trama parece ter sido escrita em meia hora. A música tema pinta nos momentos heróicos, só para lembrar você que, esse filme, é um filme de James Bond (quase apagando da existência o novo estilo, que surgiu nos dois últimos filmes).
 
VAMOS COLOCAR UM SORRISO NESSE ROSTINHO, SR BOND

O filme começa com uma pequena aventura (dã, é 007), Bond está tentando recuperar uma lista roubada do MI6 com nomes de vários agentes secretos infiltrados. Ele se machuca e é dado como morto. Aí, entra a abertura, e Adele, finalmente ouvi a voz dessa zinha, achei que fosse muda (ainda falta ouvir a Amy Winehouse, outra muda para mim). M está na pior, perdeu a lista e seu melhor agente, o governo quer afastá-la do cargo. Quando o QG do MI6 é atacado, Bond resolve voltar dos mortos para ajudar M (agora ela tem seu próprio agente Coulson). Ela é o alvo do vilão. O vilão... bem, se os dois últimos filmes de James Bond beberam da fonte de Jason Bourne, SKYFALL é um Bátima de Nolan, é sério. Javier faz o tipo Coringa Ledger, ou tenta, e há muitas outras semelhanças no filme. Mas a tal da "polêmica" homocena, entre ele e Daniel Craig, é apenas uma brincadeira. Danny bate o recorde de cenas descamisadas ao mesmo tempo em que o filme bate o recorde de cenas comportadinhas, SIM, é um filme de James Bond e as mulheres foram esquecidas. O vilão também recebeu pouca atenção no final, foi decepcionante. Essa trilogia de Daniel Craig começou  com um filme de origem (Cassino royale) e este terceiro filme conecta a trilogia aos filmes clássicos, e isso fez o finalzinho valer a pena. Depois do filme, você fica pensando no estúpido título brasileiro, "operação" ? O cara que bolou esse título não viu o filme, não faz a menor ideia do significado de "skyfall"...










VEJA TAMBÉM: Controle absoluto, O cavaleiro das trevas, Só se vive duas vezes, Duro de matar 4.

27/10/2012

007 - OPERAÇÃO O CÉU ESTÁ CAINDO

Que bom que o novo 007 não está sendo exibido em 3D, às vezes é difícil encontrar uma cópia 2D por aí. O 3D chegou e a minha diversão está indo embora, ingresso mais caro, óculos incômodos e filmes dublados. Nesta segunda feira, supostamente, eu não deveria me preocupar com esse tipo de coisa. SKYFALL não é um filme em 3D. 
Mas, por algum motivo, para todo lado que eu olho, só dá cópias dubladas. É um filme de classificação +14, por que tantas cópias dubladas? É a preferência nacional? É o sindicato dos idosos com catarata? Ou adolescentes que não querem saber de ler nada quando estão longe da escola? (ah, Fortaleza Ceará).
Me lembro de ter lido em algum lugar que a culpa é de um certo presidente. O cara criou essa lei que está em vigor até hoje, todas as produções estrangeiras devem ser dubladas quando forem exibidas na tv (na época não existia o cabo, logo, esses canais escaparam). E por que isso? Bem, era muito mais fácil dublar os filmes do que combater o analfabetismo no país.  E agora muita gente se acostumou com a bendita dublagem.
Daniel Craig falando português? Não obrigado. 
Sessões legendadas existem, em horários complicados, no meio da tarde, e o filme tem 143 minutos. Ônibus, metrô, ônibus de volta para minha cidade e mais um ônibus de volta para o meu bairro. Vai estar escuro quando eu chegar em casa (e o bicho papão?), não gosto disso. 
E os outros lançamentos? Não vou ter tempo.
Semana passada vi um filme legendado. O sistema de som do cinema estava defeituoso, e o filme ficou no mono pré histórico abafado durante quase 40 minutos. E se fosse uma cópia dublada senhor presidente?

26/10/2012

ORIGINAL VS REMAKE

Em alguns momentos, HORROR EM AMITYVILLE (2005) parece ser um rápido resumo de TERROR EM AMITYVILLE (1979), só que mais explícito na hora de mostrar os fantasmas. Ou seja, é quase um remake desnecessário, pois está tudo lá (a mesma casa, a mesma família, o ano de 1974, etc). O remake, é claro, tem efeitos especiais superiores, mas o filme de 1979 investe no poder de sugestão e acaba sendo mais interessante. Ok, 1979, para os padrões de hoje, o filme não assusta ninguém. O único susto que levei foi quando o gato apareceu na janela (nessas horas, odeio gatos). Mas isso não quer dizer que o remake mete mais medo. O filme de 2005 prepara você para um susto o tempo todo, e quando pinta algo, são só pessoas maquiadas de zumbis. 
Logo, isso é tudo o que o remake tem a oferecer, o visual. A trama, como eu disse, é um resumo do filme de 1979 (o remake é 30 minutos mais curto), a transformação de George Lutz, de cara legal à maníaco, acontece rápido demais. 
Por outro lado, vemos um Ryan Reynolds semi nu em várias cenas. E barbudo. Ele está tentando imitar James Brolin? A polícia não se envolve na trama e temos apenas um padre, é um remake com um elenco bem pequeno. 
É como se o filme original precisasse de roupas novas. O remake poderia ter apelado para o poder de sugestão ou ter trazido a história para os dias de hoje, com algumas novidades. Remakes que não trazem novidades nos fazem pensar: é o mesmo filme, por que diabos fizeram o mesmo o filme?

ENQUANTO ISSO, LONGE DOS TENTÁCULOS DA REDE GLOBO

Os  homocaras norte americanos já estão fazendo a contagem regressiva. Will e Sonny vão fazer sexo, ou algo parecido. Em 2007, pintou o primeiro homobeijo numa novela norte americana, entre Luke e Noah em 'as the world turns'. Duzentos dias depois, eles se beijaram novamente (publiquei os dois videos aqui). E agora, os homopersonagens Will e Sonny, na novela 'days of our lives', vão protagonizar uma cena de sexo (ou algo parecido, hey, é uma novela) no capítulo que irá ao ar no dia 14 de novembro. 

Coitado desse povo, no que diz respeito a novelas, a Argentina está séculos à frente de todo mundo:

25/10/2012

chp apresenta


RESIDENT EVIL 

EDIÇÃO ESPECIAL


 "PARE, NÃO ABRA ESSA PORTA", disse o cara barbudo. Ficou maluco? A mansão está cheia de zumbis, não fico aqui nem mais um minuto. Quando não havia ninguém por perto, corri até a porta da frente e um cão zumbi tentou me morder. O que eu sabia sobre RESIDENT EVIL quando comprei o jogo em 1996? Nada! O gênero Survival horror estava fazendo sua estreia, jogar video game e, ao mesmo tempo, sentir medo, era novidade. E o bobão aqui resolveu seguir as regras, jogando com as luzes apagadas, madrugada adentro, de repente, um susto, e minha mãe bate na porta do quarto reclamando do barulho. Gritei como uma garotinha? Foi mal. Nunca antes estive dentro de um filme de terror, jogar é uma coisa, ver um filme é outra. É o seu pé que o zumbi agarrou, e não o pé de algum ator. Quando encontrei o último emblema para poder sair da casa, respirei aliviado. Mas não era o final do game, fui parar no quintal, e depois na casa de hóspedes e no subterrâneo e num lab secreto. Zumbis, Hunters, cães, aranhas gigantes, plantas carnívoras, vespas, tubarões, corvos, um verdadeiro terror. Mas também uma das melhores aventuras que já vivi num game. Tive que aprender tudo sozinho, dando voltas e mais voltas pela mansão (hoje consigo até desenhar a planta). Várias vezes me peguei tremendo de medo. Uma nova porta foi aberta, o ângulo da cena não te deixa ver muita coisa, fico parado, em silêncio, ouvindo. Surge um som rastejante, há um zumbi no quarto, em algum lugar...



 OS GAMES 
E OS FILMES ANIMADOS

 RESIDENT EVIL (1996)

No início, um pequeno filme com atores de carne e osso. Praticamente um filme B, com péssimas atuações. A história se passa em julho de 1998. Estranhas mortes, e desaparecimentos, estão ocorrendo na cidade de Racoon. A polícia local recebe a ajuda do esquadrão S.T.A.R.S. A equipe Bravo está vasculhando a região, mas todos eles desaparecem na floresta de Racoon. A equipe Alpha é enviada logo em seguida, para encontrar seus companheiros. Jill Valentine, Barry Burton, Chris Redfield e Albert Wesker encontram a mansão Spencer após serem atacados por cães esquisitos. A mansão esconde um laboratório secreto da Umbrella, uma empresa farmacêutica que, secretamente, produz armas biológicas. O perigoso T-vírus escapou e contaminou todos os funcionários (e os animais e plantas) do pedaço. Jill e Chris descobrem que Wesker trabalha para a Umbrella, e o cara está tentando limpar a bagunça na mansão. Para isso, ele precisa se livrar dos S.T.A.R.S também. O monstrengo Tyrant (um super soldado infectado pelo T-vírus) é o vilão final. Os heróis conseguem escapar da mansão com Rebecca Chambers, a última sobrevivente do time Bravo (sua história foi contada em "RE zero", um game de 2002).



 RESIDENT EVIL 2 (1998)

Dois meses depois, ratos levam o T-vírus até a cidade de Racoon.  É o primeiro dia de Leon Kennedy na força policial e quando ele chega na cidade, é o caos, zumbis para todo lado (e os nojentos Slickers também). Claire Redfield, a irmã de Chris, chega no mesmo dia, procurando por notícias sobre seu irmão. Juntos, eles precisam passar pela horda de zumbis e fugir da cidade antes que ela seja bombardeada. E você precisa jogar esse game 4 vezes! Jogando com Leon você encontra a misteriosa Ada Wong, e também a Claire em alguns momentos e lugares. Jogando com Claire, mesma história, mas do ponto de vista dela, encontrando Leon nos mesmos lugares. Claire vai dar cabo do chefão final, o terrível G-vírus (muita gosma e tentáculos). Jogue novamente, desta vez começando com a Claire. Você precisa proteger uma menina que tem a cura do G-vírus com ela, e um monstrengo tipo Frankenstein está atrás de vocês. Em seguida, jogando com Leon, entre no trem e deixe  a cidade antes da explosão. Mas o G-vírus está com você, no último vagão.



 RESIDENT EVIL DEGENERAÇÃO (2008)

Sete anos após a destruição da cidade de Racoon, Leon e Claire voltam a se encontrar num aeroporto cheio de zumbis. A Umbrella já era, mas a Wilpharma, outra corporação farmacêutica, surge com os mesmos planos. Tentando se passar por salvadora da pátria, a Wilpharma promete uma cura para o G-vírus, mas um terrorista, em busca de vingança, pretende contar ao mundo a terrível verdade sobre a destruição da cidade de Racoon. Com o fim da Wilpharma, a Tricell coloca as mãos no vírus.



 RESIDENT EVIL 3 - NEMESIS (1999)

A trama se passa alguns dias antes do segundo jogo, antes da destruição da cidade. Jill ainda está no local. Ela se torna uma testemunha ocular da epidemia zumbi. E Jill precisa fugir de Racoon antes que o governo exploda tudo para conter a infestação. Ela terá a ajuda de Carlos Oliveira, um membro da Umbrella que está na cidade em busca de sobreviventes. Carlos resolve se tornar um dos mocinhos, ele ajuda Jill a enfrentar o terrível Nemesis, programado para matar membros do esquadrão S.T.A.R.S. E não adianta atirar no bichão, você só vai gastar munição, ele nunca morre. Nemesis persegue Jill derrubando portas e paredes, um susto atrás do outro. Decisões tomadas pelo jogador em alguns momentos podem mudar o final. Jill escapa da cidade, Carlos desaparece.


 RESIDENT EVIL CODE VERONICA (2000)

Três meses após a destruição de Racoon, Claire ainda está procurando pelo irmão Chris. A UmbrellaRockfort, onde vivem os fundadores da Umbrella, Alfred e Alexia Ashford. Em 1983 Alexia criou o vírus T-Veronica e injetou a droga e si mesma, ela ficou numa câmara criogênica por 15 anos e, agora que Claire está no pedaço, Alexia resolve dar uma voltinha pela ilha. Esqueça os zumbis, esse game está cheio de monstros deformados barra gosmentos barra esquisitos, uma nojeira só.


 RESIDENT EVIL 4 (2005)

Seis anos após Code Veronica (e Racoon City) encontramos Leon como um agente do governo. Ele é enviado para uma missão na Espanha para resgatar a filha do presidente americano. Leon bate de frente com uma seita chamada Los Iluminados que pretende infectar o mundo todo com um parasita chamado Las Plagas. Ada também está presente no jogo, trabalhando para Wesker, que quer reerguer a Umbrella. Wesker precisa de uma amostra do Las Plagas. Os bichos criados pelo parasita deixam o jogo com um clima sobre natural, com gigantes no estilo "senhor dos anéis". Destaque para o terrível Dr Salvador e sua moto serra.
CHUPADO DO FILME: Ada usa o mesmo vestido vermelho que Milla Jojô usou no primeiro filme. Leon encara um corredor com lasers, outra referência ao filme de 2002.


 RESIDENT EVIL CONDENAÇÃO (2012)

Agora Leon está no norte da Europa. O Las Plagas está sendo usado por rebeldes de um pequeno país numa guerra civil, mas até a presidente esconde algo. Wesker ainda quer botar as mãos no parasita e envia Ada até o local. Leon salva o dia novamente, mas Ada consegue pegar o Las Plagas, e resolve chantagear Wesker.


 RESIDENT EVIL 5 (2009)

Chris Redfield e Jill Valentine finalmente encontram Wesker, uma grande luta acontece. Wesker agora é um super cara, injetou um vírus da Umbrella em si mesmo. Ele derrota Chris e sequestra Jill, que passa por vários experimentos. Graças a um dispositivo (o P4) no peito de Jill, Wesker agora pode controlar a moça. Chris está na África enfrentando uma variação do Las Plagas ao lado de Sheva, sua companheira no BSAA (uma organização que luta contra o bioterrorismo). Ele descobre que Wesker e a Tricell estão envolvidos na criação do vírus Uroboros. Chris, Jill (de volta ao normal) e Sheva enfrentam um super Wesker e salvam o mundo novamente.


 RESIDENT EVIL 6 (2012)

Em junho de 2013, o presidente norte americano resolve tornar pública a verdadeira história por trás da destruição de Racoon City. Nesse momento, acontece um atentado bio terrorista e o presidente se transforma num zumbi. Seu amigo, Leon Kennedy, fica na dúvida se deve ou não matar o cara. Enquanto isso, Chris Redfield está em algum lugar na Ásia enfrentando uma infestação do C-vírus, e ele ainda vai dar de cara com Ada Wong, ou com o clone dela, uma Doppelgänger. Na Europa, acompanhamos o filho de Wesker, Jake Muller, que também cruza o caminho de Ada. Surge a Neo-Umbrella e uma nova vilã.



 OS FILMES


 RESIDENT EVIL - O HÓSPEDE MALDITO (2002)

Nada de Jill ou de Chris, nada de Wesker ou Barry, nem mesmo a mansão ganhou destaque. Paul W.S. Anderson caprichou na sua versão para o cinema de Mortal Kombat, digo, conseguiu ser fiel até certo ponto. Mas em RE, muita coisa ficou de fora. Temos a Umbrella, temos zumbis, Slickers e cachorros, e só assim podemos dizer que se trata de um RE. Uma tal de Alice, funcionária da Umbrella, é a protagonista. E boa parte da trama se passa no lab subterrâneo. Os zumbis não são um problema, a Rainha Vermelha sim. É quase um clone da franquia Alien. Lá no final, finalmente, um pouco mais de RE. Eric Mabius é encaminhado para o projeto Nemesis.
CHUPADO DO VIDEO GAME: Slickers e Dobermans zumbis.


 RESIDENT EVIL 2 - APOCALIPSE (2004)

Opa, melhorou um pouco, tem um monte de zumbis nesse filme. Jill Valentine finalmente aparece, e Carlos Oliveira também. Como se a franquia estivesse tentando compensar os fãs, referências aos jogos pipocam na tela o tempo todo. A abertura de Code Veronica está toda no filme. No final, Alice ganha super poderes, o prólogo se arrasta e enche o saco.
CHUPADO DO VIDEO GAME: Nemesis, Carlos Oliveira e seu amigo Nicholay, membros da familia Ashford, Jill usa a roupa de RE 3, a abertura de Code Veronica.


 RESIDENT EVIL 3 - A EXTINÇÃO (2007)

A epidemia de zumbis se espalhou pelo mundo. Milla Jojô cruza o deserto de Nevada ao lado de Carlos e de Claire Redfield, que recolhe sobreviventes pelo caminho. Wesker faz sua estreia, caçando Alice. Enquanto o grupo corre em direção a uma área segura, seguindo as transmissões do Arcadia. Alice se separa do grupo e encontra seus clones, uma cena legal num final legal.
CHUPADO DO VIDEO GAME: Carlos, Claire, Wesker, corvos.


 RESIDENT EVIL 4 - RECOMEÇO (2010)

Ainda é o meu RE favorito. Alice perdeu todos os seus poderes divinos nos primeiros minutos de filme e isso ajudou bastante. Os humanos estão cercados por milhões de zumbis, do lado de fora de uma prisão, bem no estilo "the walking dead". E eles precisam chegar até o Arcadia lá no porto. Chris Redfield finalmente faz sua estreia e Jill está de volta, no meio dos créditos finais.
CHUPADO DO VIDEO GAME: O cara do machado, Chris Redfield, Claire, Jill com o P4 no peito, Wesker infectado, cachorros, zumbis com bocas enormes.


 RESIDENT EVIL 5 - RETRIBUIÇÃO (2012)

Parece um remake do primeiro filme. O pessoal tem que atravessar um lab secreto comandado pela Rainha Vermelha. E muitos personagens mortos estão de volta, como clones. Tem um quê de "aliens o resgate" (precisamos levar a menina?) e os irmãos Redfield desapareceram no ar. O filme apenas prepara você para o capítulo final. Diferente dos últimos filmes, esse não tem cara de RE. Quando a Rain dois ponto zero se infectou para a batalha final, eu pensei: cara por favor, isso deveria ser um RE, espero que um olho enorme apareça no ombro dela, senão vou embora do cinema.
CHUPADO DO VIDEO GAME: Jill, Ada Wong, Leon, Barry Burton, Wesker, Carlos Oliveira, o cara do machado, golpes de raio X do game Mortal Kombat. E a abertura do filme (câmera lenta voltando para trás) é na verdade uma cópia do trailer do jogo "dead island", um jogo com zumbis.


RESULTADO DA ENQUETE - DANÇANDO NO POSTE

Vou fundar minha própria organização terrorista, onde fica a sede do Blogger? Vou explodir o local. Depois de dois dias, a enquete não apenas travou como também apagou mais de 60 votos. Como é que eu vou fazer as enquetes de fim de ano agora? Minutos antes do incidente, anotei mentalmente os quatro caras mais votados. Esses são os strippers que você quer ver em Magic Mike 2:



24/10/2012

DICAS PARA ARRUMAR UMA NAMORADA

Whatta fuck? Que nome se dá para isso? Necrofilia? Por algum motivo, mulheres adoram vampiros e lobisomens, gorilas gigantes e alienígenas. Se você é um cara normal, vai acabar ficando tão sozinho quanto o Monstro da lagoa negra, pôxa vida, até o monstro de Frankenstein tem alguém. E agora, prepare-se para 2013, vamos ver um "crepúsculo" com zumbis. E isso não é uma paródia.
SANGUE QUENTE conta a história de amor de uma moça e um rapaz zumbi, durante um apocalipse zumbi. A mocinha vai mexer com o coração do zumbi fazendo o morto vivo passar por uma transformação (humanos são amigos, não comida). Juntos, eles terão que enfrentar o general John Malkovich, que quer destruir todos os zumbis. 
O filme é dirigido por Jonathan Levine (50%, com Joseph Gordon Levitt) e Dave Franco também está no elenco.
Agora vamos arrumar alguém para o pobre Monstro da lagoa negra.

DÊ UMA CHANCE PARA...

Eu gostaria de saber, por que tanta gente odeia esse filme? Fãs de Jennifer Aniston talvez? É um filme de espiões barra comédia barra CR, e é divertido. E aí você vai dizer, bah, pegaram o Brad Pitt e a Angelina Jolie e tal, e essa é a isca. Ok, temos sexo (moderado, para garantir uma classificação PG 13) e poucas roupas, mas a trama não é fraquinha, não é exatamente um filme do tipo "unidos só para lucrar". SR & SRA SMITH tem muitas cenas de ação, é uma "comédia romântica de ação", como "guerra é guerra" (mas tem muito mais ação). Os personagens principais são quase super heróis, e o filme abusa da sensualidade de ambos. Quer mais? 
Ponto fraco, Angelina descobre a verdade sobre seu marido quando vê o cara urinando no deserto. Nada é explicado, e ela não reage de acordo. Pitt pelo menos teve um momento "boca aberta", quando descobriu a verdade sobre sua esposa. No final, o clímax se arrasta num mega tiroteio que cansa a beleza de qualquer um. Não é um clímax legal.
Melhor momento, Brad e Jolie, roupas de baixo, perseguição de carros, tiros e explosões e Air Supply, tudo ao mesmo tempo, enquanto ambos estão sendo sinceros, um com o outro, pela primeira vez, e os diálogos são divertidos.

MILLENNIUM 3 - A RAINHA DO CASTELO DE AR

Assim que comprei o dvd, passei por uma outra loja e vi o mesmo filme em blu, e os outros dois também. Típico. Qualquer dia pinta um box com a trilogia dentro. Não posso ficar bravo, não tenho o poder de ver o futuro (ainda não), então vou ser feliz com meus 3 dvds comprados separadamente. MILLENNIUM 3 é o final da trilogia (dã), amarra pontas soltas na base do blá blá blá, com pouca ação. Como no filme anterior, Mikael é apenas um coadjuvante boboca, o filme é todo da Lisbeth. Certo, o cara não é nenhum Jason Bourne ou Ethan Hunt, publica uma revista investigativa, mas nunca viu um filme de espionagem na vida. Comete tantos erros bobos no começo do filme, como pode ser tão idiota e lerdo? Felizmente, ele recebe a ajuda de muitas pessoas. Enquanto isso, o cérebro de Lisbeth funciona na velocidade de um super computador.

ROUPA DE TRIBUNAL

O terceiro filme começa no exato momento em que o segundo filme terminou. Então não perdemos nada. O julgamento de Lisbeth já está marcado. Mikael precisa publicar toda a história, na próxima edição da revista, para salvar a pele de Lisbeth. Mas a poderosa organização secreta, que protegia Zalachenko, está promovendo uma mega queima de arquivo para se safar. E, para isso,  Lisbeth precisa morrer o quanto antes. Um vilão do filme anterior volta para acertar as contas e surgem novas revelações sobre o passado de Lisbeth. O filme tem um ritmo legal, fica mais lento quando o julgamento começa, mas são cenas necessárias à trama. E depois disso, vem a batalha final. No geral, não é tão movimentado quanto o capítulo dois, como eu disse, é um filme que amarra as pontas soltas na base do blá blá blá.










VEJA TAMBÉM: Millennium 1 e 2, O sol é para todos, Corpo em evidência, Zodíaco, As duas faces de um crime.